Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante nunesnunes

Trabalho Dependente + Recibos Verdes .

4 publicações neste tópico

Bom dia,

Venho colocar a seguinte questão a quem de certo está mais dentro do assunto que eu e poderá ajudar :

Tendo em conta um ordenado mensal por Conta de Outrem de 510€ base e ganhar mensalmente até mais 100€ a Recibos Verdes ,  :blank:

O que tenho de ter em conta a pagar mensalmente e anualmente de IRS e S. Social ou outros?  ???

Ultrapasso escalão de IRS anual e tenho de pagar ?

Isto tendo em conta que não tenho despesas de maior ao logo do ano.

Os artigos 'on-line' não são claros a meu ver ou não estou a ve-los de forma correcta...  :-\

Cumprimentos e dês de já agradecido,

Nunes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Os artigos 'on-line' não são claros a meu ver ou não estou a ve-los de forma correcta...  :-\
Que artigos estás a ver? Foste às fontes oficiais?

http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/informacao_fiscal/codigos_tributarios/cirs_rep/index_irs.htm

http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

Se disseres quais são as tuas dúvidas é mais fácil responder-te...

Admitindo que já estás a fazer descontos pela atividade por conta de outrem ficas isenta de descontar pela parte de trabalhador independente. Mesmo que não fosse o caso terias sempre o primeiro ano de isenção.

Quanto ao IRS, com esse volume de negócios, não terás de fazer retenção na fonte quando passas recibo. Admitindo que estás no regime simplificado e que se trata da prestação de serviços, terás de pagar imposto sobre 75% do dinheiro que fizeres (artigo 31º do CIRS). Com esses valores, provavelmente continuas no primeiro escalão, o que significa que terás de pagar 14,5% de imposto sobre esses 75%. Mas se subires de escalão, também só quer dizer que o que estiver acima dos 7000€ de rendimento coletável será tributado a 28,5%.

Esses cálculos são feitos quando meteres a declaração de IRS e só nessa altura vais saber se tens imposto a pagar ou se, ainda assim, consegues ter direito a reembolso (duvido, dado que provavelmente não fazes grandes retenções na fonte nem tens despesas a meter). Se tiveres imposto a pagar, o fisco pode começar a enviar notificações para efetuares pagamentos por conta - uma espécie de adiantamento de imposto, a pagar em alturas específicas - isso não vai alterar o imposto a pagar porque depois abates esses pagamentos na declaração de IRS... mas preocupas-te com isso quando lá chegares, ainda deve levar uns 2 anos, pelo menos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A duvida e que não sei calcular ou chegar aos valores para calculo dos escaloes...

Se ate agora recebia, como dependente, 14 X 510€ = 7140€ , e não pagava nem recebia nada ao final do ano de IRS ,

Juntando 80€ mensais, a recibos verdes, ou seja 11 X 80€ = 880 € ,

Dá um total de 7140€ + 880€ = 8020€ , que ganhei na totalidade do ano,

Como chego aos valores para calculo de escalao e depois com esses valores o que desconta...

Isto sem despesas a apresentar,

Neste exemplo em que escalão estava e o que pagava ?

E mudando o valor dos recibos mensais para 100€ como ficava ?

É que não quero ter a supresa de comecar com um extra a recibos verdes ganhar esses 880€ (ou 1100€ caso foce 100€ mensais) mas depois descontarem-me metade do valor para IRS ao final do ano e andei a trabalhar para aquecer e mais valia estar quieto..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
É que não quero ter a supresa de comecar com um extra a recibos verdes ganhar esses 880€ (ou 1100€ caso foce 100€ mensais) mas depois descontarem-me metade do valor para IRS ao final do ano e andei a trabalhar para aquecer e mais valia estar quieto..
Se não queres os 440€ diz qual é o trabalho e fico eu com ele :P

Nunca ficarias sem metade do dinheiro - o grosso do dinheiro vai ser taxado, 14,5% e apenas uma pequena percentagem poderá ser a 28,5% (isso se chegares ao segundo escalão, o que duvido): http://www.economias.pt/escaloes-de-irs-2015/

Embora as regras de cálculo do imposto estejam diferentes este ano, não mudaram assim tanto. Podes sempre ir ao simulador das Finanças, preencher o anexo B com os valores que esperas vir a ganhar e já te dá uma ideia do tamanho do "tombo".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0