BeatrizSF

Fiador de um imóvel que irá ser penhorado pelas finanças - possíveis cenários?

4 publicações neste tópico

Boa Noite:

Desde já gostaria de agradecer qualquer e toda a ajuda e informação que me possam disponibilizar.

Fui fiadora há cerca de 10 anos atrás de um crédito imobiliário para uma irmã.

A minha irmã está agora com problemas com as finanças e com uma dívida que não vai ter condições para pagar. O passo seguinte das Finanças deverá ser a penhora dos bens incluindo o apartamento para o qual fui fiadora.

Após ler o código eu sei que a hipoteca da casa tem prioridade sobre a dívida das finanças. Porém as minhas questões são outras:

- no sentido pratico como os bancos normalmente reagem ( trata-se do BCP) quando são informados pelas finanças sobre a penhora? Aguardam a venda do imovel ou accionam o pedido de pagamento do empréstimo ao fiador? Parece-me que o contracto de fiador inclui a tal cláusula de exclusão do benéfico de vender o apartamento antes...

- se o banco tentar fazer com que eu pague o valor antes da venda do apartamento quais são as minhas possibilidades? Isto porque irá existir uma venda que reverterá para o banco. Posso recusar pagar até o imóvel ser vendido e pagar apenas a possível diferenca?

- na pior das hipóteses e se o banco tentar que eu pague o valor, é normal que aceite um plano de pagamentos ou irá tentar o valor na íntegra? Logicamente que não terei esse valor é a alternativa será eles hipotecarem a minha casa para a qual tenho um empréstimo no mesmo banco....

- pensei também aceitar o crédito da minha irmã e fazer a passagem da casa para meu nome, antes da penhora ser accionada. O que acham? Posso ter problemas por agir de má fe?

Toda a ajuda , conselhos e informação serão bem vindos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bem, falta muito informação

para já qual o valor da divida. Se for uma divida de 20.000 ou 30.000 provavelmente as finanças vão penhorar o salário. Se for uma divida de 200.000 ou 300.000 provavelmente vão-lhe atrás da casa.

Você foi fiadora do empréstimo ao banco, por isso não tem nada a ver com a divida ás finanças. Só será chamada à responsabilidade se a sua irmã começar a falhar com a prestação ao banco. O que poderá acontecer se as finanças lhe penhoram o salário.

se as finanças forem atras da casa, o banco terá prioridade, isto é. Se as finanças arranjarem um comprador para a casa por 100.000 e a sua irmã ainda dever ao banco 60.000. Primeiro o banco recebe os 60.000. Depois as finança recebem a parte deles e se sobrar alguma coisa fica a sua irmã com o restante.

Mas como disse falta muita informação para aconcelhar, o valor da divida, se ela trabalha ou não, etc, etc

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Paulo:

Obrigada pela sua resposta.

Infelizmente, e tambem porque nao me encontro em territorio nacional, muitas das informacoes nao tenho...

A divida (pelo que sei) sao cerca de 40'000 Euros. A minha irma tem uma actividade comercial, e tambem pelo que sei (atravez do seu advogado) as negociacoes para pagamento da divida em prestacoes nao esta a funcionar.

Assim preve-se que a penhora dos bens (incluindo o imovel do qual sou fiadora) seja o proximo passo.

Ontem, atravez de um colega que tambem trabalha no ramo bancario foi-me dito que o seguinte pode acontecer:

- Quando o banco e informado pelas financas que existe uma penhora sobre o imovel, o banco paga a divida as financas e executa a casa. Disseram-me tambem que assim - o valor em divida seria o cumulativo da divida as financas + restante em falta do emprestimo. Tambem me disseram que eu seria reponsavel por este valor se a minha irma nao o pagar. Eu nao consigo acreditar, porque e tal como disse, eu apenas sou fiadora pelo emprestimo bancario e nao por possiveis dividas cumulativas no imovel. 

Qual e a vossa experiencia?

E tambem outra questao - em practica o banco espera pela venda da casa pelas financas ou exige desde logo o pagameneto do valor em falta do emprestimo ao fiador? Embora eu ja esteja conformada que irei pagar a possivel diferenca entre o valor de venda do imovel e o valor em falta do credito, pagar a totalidade do emprestimo e algo impossivel.

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obviamente o teu limite de responsabilidade vai até ao montante em dívida no crédito habitação.

As dívidas da tua irmã são a soma das duas coisas mas tu só és responsável por uma... mesmo que o banco decida assumir a dívida às Finanças isso é entre o banco e a tua irmã, tu não foste tida nem achada, não te podem imputar essa responsabilidade.

Cada caso é um caso, mas normalmente o banco vende primeiro a casa e só depois exige o resto. No entretanto, há todo o interesse em ir pagando as prestações na medida do possível para evitar que o capital em dívida aumente com os juros.

No teu lugar eu entrava em contacto diretamente com o banco (de preferência por escrito), apresentando-te como fiadora do empréstimo, indicando os dados necessários para identificação do mesmo e pedindo informação sobre os vários cenários possíveis caso as Finanças avancem efetivamente com a penhora do imóvel.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead