Dav7

Raize - empréstimos coletivos


63 publicações neste tópico

Vim ao fórum procurar por tópicos sobre esta plataforma portuguesa mas como não encontrei decidi abrir este.

 

Gostava de saber se mais alguém daqui já experimentou esta forma de investir, emprestando dinheiro a empresas com juros fixados por nós.

 

Para quem não conhece recomendo leitura deste artigo.

 

Eu gostei muito da ideia e mal acabei de visitar o site para saber mais, decidi que tinha de entrar e participar por isso já fiz o meu primeiro empréstimo numa empresa de transportes.

 

Qual é a vossa opinião sobre a Raize?

Editado por Dav7
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostei do conceito. Quase que como um investimento por obrigações sem as taxas de manutenção e guarda de titulos que o bancos nos obrigam a pagar.

Já que estou interessado vou dar uma vista de olhos ao site da Raize e ver se me torno membro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostei do conceito. Quase que como um investimento por obrigações sem as taxas de manutenção e guarda de titulos que o bancos nos obrigam a pagar.

Já que estou interessado vou dar uma vista de olhos ao site da Raize e ver se me torno membro.

É isso mesmo, ganha o investidor, ganham as empresas e ganha o país!

Este conceito movimenta milhões no Reino Unido e EUA, cá em Portugal só agora está a arrancar.

Já agora, o Raize tem um programa de referências, podes ganhar comissões se indicares amigos para o site!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu já estou inscrito a algum tempo, mas nunca cheguei a fazer uma transf. 

A ideia parece-me muito boa, mas eu considero um pouco arriscado.

Seria interessante a Raizer apresentar resultados de sucesso e de insucesso. Por exemplo apresentar um relatório semestral sobre os vários indicadores de interesse para um investidor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Confesso que não conhecia este projecto, mas depois de visitar a página fiquei com a ideia que as empresas que ali pedem empréstimos encontram-se numa das seguintes condições:

1º - No sector bancário não conseguem taxas de juro tão baixas;

2º - Não se encontram com resultados positivos suficientes para o sector bancário aceitar emprestar dinheiro(acredito que esta seja a maioria das empresas).

Apenas pela minha análise e sem experiência alguma, parece-me que os investimentos aqui feitos possam ser de algum(elevado)risco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E se a empresa falir, que é o mais normal nas startups?

É mais provável as empresas em leilão falirem que a Raize, mas de qualquer maneira há sempre algum risco tal como noutros investimentos.

O que sei é que o modelo já foi testado e continua a ser viável lá fora, enquanto houverem empresas interessadas em entrar na Raize não vão existir problemas de saldo!

Seria interessante a Raizer apresentar resultados de sucesso e de insucesso. Por exemplo apresentar um relatório semestral sobre os vários indicadores de interesse para um investidor.

É uma ideia, mas como só este ano começaram a aceitar membros, e os planos duram 12 meses, ainda é cedo para apresentar resultados.

Mas podes sempre ver o dinheiro que cada empresa tem conseguido, os juros que tem pago, na nossa página de perfil até temos vários dados estatísticos sobre os nossos investimentos!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu gostei muito da ideia e mal acabei de visitar o site para saber mais, decidi que tinha de entrar e participar por isso já fiz o meu primeiro empréstimo numa empresa de transportes.

Então em que é que ficamos ??? Mal visitou o site decidiu aderir ao negócio, agora fala como parte integrante da empresa.

É uma maneira de tentar influenciar possíveis investidores.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então em que é que ficamos ??? Mal visitou o site decidiu aderir ao negócio, agora fala como parte integrante da empresa.

É uma maneira de tentar influenciar possíveis investidores.

Se ele diz na "nossa página de perfil" tem de dizer "os nossos investimentos".

Se dissesse "na minha página de perfil" diria "os meus investimentos".

É este pormenor da íngua portuguesa que te está a fazer confusão? :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se ele diz na "nossa página de perfil" tem de dizer "os nossos investimentos".

Se dissesse "na minha página de perfil" diria "os meus investimentos".

É este pormenor da íngua portuguesa que te está a fazer confusão? :)

Quem me conhece sabe bem que eu não pertenço à empresa nem conheço ninguém de lá, queria mesmo falar na página de perfil que cada membro tem. Até posso mostrar um print da minha para provar que já fiz um investimento:

PyFfaTn.png

só quero é ver aqueles valores subirem nos próximos meses :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu percebi bem o Português o problema é que eu tenho o pensamento formatado sobre este tipo de investimentos, logo só pensei no lado negativo, pelo que peço desculpas ao Dav7, pelo julgamento que fiz.

Quanto ao tipo de negócio, se calhar a empresa em questão, para transmitir alguma segurança aos investidores, só deveria cobrar a sua comissão após a liquidação  dos empréstimos por parte dos devedores.

Com isto não quero dizer que eles não acompanhem os investidores no caso de falharem os pagamentos, mas deste modo transmitiam um sinal de confiança no seu produto, o que levaria as pessoas a investir.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma vez que não é uma Instituiçõe de crédito ou sociedade financeira não se encontra sob a alçada do BP correcto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu percebi bem o Português o problema é que eu tenho o pensamento formatado sobre este tipo de investimentos, logo só pensei no lado negativo, pelo que peço desculpas ao Dav7, pelo julgamento que fiz.

Quanto ao tipo de negócio, se calhar a empresa em questão, para transmitir alguma segurança aos investidores, só deveria cobrar a sua comissão após a liquidação  dos empréstimos por parte dos devedores.

Com isto não quero dizer que eles não acompanhem os investidores no caso de falharem os pagamentos, mas deste modo transmitiam um sinal de confiança no seu produto, o que levaria as pessoas a investir.

Não faz mal, eu compreendo o teu comentário :)

Quanto à tua sugestão, temos de pensar que mais vale uma ou outra empresa falhar e só afetar os membros que nela investiram, que falhar a Raize e afetar TODOS os membros da plataforma, por isso receberem a sua comissão atempadamente.

Mas acho que estas respostas da FAQ demonstram que tudo está pensado para apoiar os membros:

Que garantia é que os investidores têm de que as empresas vão pagar?

Todo o processo de investimento na Raize foi desenhado para minimizar o risco para o investidor. Quando investe na Raize, o investidor sabe sempre que:

  • As empresas incumpridoras ficam de fora: empresas que estiverem em incumprimento no sistema não podem participar;
  • A Raize analisa cada empresa antes de esta pedir um financiamento e apenas permite pedidos de financiamento que cumpram critérios mínimos de conforto creditício;
  • As empresas estão marcadas de A a C para identificar empresas com perfil de risco mais elevado;
  • A Raize gere todo o processo de recuperação no caso de uma empresa não pagar recorrendo, se necessário, a escritórios especializados em recuperação de crédito;
  • Em alguns casos, o representante legal de uma empresa pode decidir oferecer uma garantia pessoal para tentar obter melhores condições dos investidores.

O que acontece se uma empresa não pagar?

Através de uma seleção cuidadosa e criteriosa de empresas, a Raize espera reduzir ao máximo o número de empresas que entram em incumprimento na plataforma. Mas, se tal vier a acontecer, a Raize tratará de gerir todo o processo de recuperação em nome dos investidores procurando recuperar o valor máximo dos montantes em dívida. Tratamos também de manter os investidores ao corrente ao longo de todo o processo.

Em termos práticos, empresas em incumprimento ou que estejam em risco serão acompanhadas de perto pela Raize e, se necessário, por escritórios de recuperação especializados que, em conjunto com a Raize, procurarão recuperar o máximo de valor dos montantes em dívida pelas vias judiciais e extra-judiciais. Empresas que entrem em incumprimento estarão ainda sujeitas a juros de mora e poderão perder o acesso à plataforma Raize para financiamentos futuros.

Uma vez que não é uma Instituiçõe de crédito ou sociedade financeira não se encontra sob a alçada do BP correcto?

Não sou muito entendido nessa matéria mas penso que o modelo de negócio foge "às garras" do BP.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mais um leilão aberto no Raize, desta vez com taxa indicativa de 8.67%. Mas tenham atenção que tem risco "C".

PBBGZjo.jpg

Mesmo assim investi 25€ nesta empresa e pedi taxa de 8.9%, se for aceite será muito bom!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou a gostar muito. recomendo. obrigado pela dica.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

alguém tem investido na plataforma?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não existe qualquer garantia em que se a empresa não nos pagar que exista um processo por parte RAIZE para reaver o que nos é devido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que acontece se uma empresa não pagar?

(...), se tal vier a acontecer, a Raize tratará de gerir todo o processo de recuperação em nome dos investidores procurando recuperar o valor máximo dos montantes em dívida. Tratamos também de manter os investidores ao corrente ao longo de todo o processo.

Em termos práticos, empresas em incumprimento ou que estejam em risco serão acompanhadas de perto pela Raize e, se necessário, por escritórios de recuperação especializados que, em conjunto com a Raize, procurarão recuperar o máximo de valor dos montantes em dívida pelas vias judiciais e extra-judiciais.

Isto é o que mencionam no site, vale o que vale, eu investi os 20€ que eles ofereceram em Agosto para "experimentar".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isto é o que mencionam no site, vale o que vale, eu investi os 20€ que eles ofereceram em Agosto para "experimentar".

Sim vale o que vale...
Faz-me lembrar o conceito do peertopeer que era empréstimos de pessoas para pessoas(
Bastante conhecidos em U.K.).
O problema, no meu ponto de vista, é que essa empresa preocupam-se em ter empresas para que os investidores invistam e não na preocupação de ter empresas de qualidade.. Reparem no seguinte, como é que uma empresa tem classificação de A se o capital da empresa é o menor do que o empréstimo que pedem ou até mesmo do tipo de sociedade da empresa em que em casa de falência so vai contra os bens da empresa e não sobre os bens dos donos da empresa...  Aí sim seria classificado nivel A (minha opinião). Outro ponto, e que nenhuma da empresa tem um fiador mas continuam com classe A e B, para mim isso não faz sentido como investidor, pois o risco associado é muito maior do que a Reize considera, logo eu fico de fora.

O conceito é BOM, tem é de ser melhorado no sentido de garantias para os investidores caso contrário só irá atrair curiosos sem bases sólidas de investimentos onde investem pequenas quantias, quando poderiam alcançar grandes investidores com montantes muito superiores, mas claro é preciso mais garantias por parte de quem pede o empréstimo. O que acontece quando pedes um empréstimo a uma Cofidis entre outras...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Compreendo Vanocas, como penso que serão pioneiros em portugal e como tem corrido bem ate agora diria que se vão deixar no modelo actual sem essas garantias que sim concordo que se forem implantadas será uma mais valia para os grandes investidores... entretanto para o mês já devo começar a receber uns cêntimos que o empréstimo foi aprovado, "vamos indo e vamos vendo".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou inscrito e até ao momento não tive qualquer problema

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já realizaste empréstimos e recebeste/levantaste?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um referido meu voltou a investir em grande na Raize, depositou 5.000€ na plataforma e vai empresta-lo a várias empresas.

Para já conseguiu uma taxa de 12% ao ano numa das empresas!

xsvdIlZ.jpg

Isto é que é acreditar para lucrar!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A mim parece-me, para já, uma vez que é tudo recente, uma loucura investir 5k, acho mesmo que a maioria anda a investir os 25€ e pronto lol, não quer dizer que no futuro não se torne em algo mais concreto mas para já não existe garantias de nada, ninguém garante que a Contraste D Aromas pague os 12%, e se isso acontecer? a Raize apenas diz que vai acompanhar o processo de perto etc etc...

O conceito é bom, pode ser um excelente modelo de negócio para os 3 fundadores, mas parece-me arriscado, preferia comprar obrigações de empresas rating BBB com taxas de 7% ou 8% do que aqui, mesmo que haja algum problema ainda se pode recorrer de alguma forma do SII, agora na Raize...é para corajosos, eu não sou definitivamente lol.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como alguém paga 12% aqui se a COFIDIS faz por menos????
Não existe segurança para o investidor como referi no post a cima.
A ideia é BOA, mas sem garantias ninguém irá investir minimamente a sério ou então está estará a levar-se pelas emoções.

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead