sendas

Empresário em nome individual

6 publicações neste tópico

Viva

Se me registar como empresário em nome individual mas não tiver vendas, tenho de pagar algum tipo de imposto ?

Posso efetuar compras como se fosse uma empresa (sem pagar IVA ?)

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Deverá registar-se como ENI (Empresa em Nome Individual) em regime simplificado, pois até 10.000€ de facturação anual não terá que contribuir para a Segurança Social, no entanto também não poderá deduzir o imposto - IVA.

Caso tenha uma facturação anual superior a 10.000€, então poderá deduzir o IVA, mas terá que ter contabilidade organizada. E aí só não paga Segurança Social no primeiro ano, pois está isento, mas paga a partir daí.

No entanto, se já descontou para a SS não terá qualquer isenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Deverá registar-se como ENI (Empresa em Nome Individual) em regime simplificado, pois até 10.000€ de facturação anual não terá que contribuir para a Segurança Social, no entanto também não poderá deduzir o imposto - IVA.

Caso tenha uma facturação anual superior a 10.000€, então poderá deduzir o IVA, mas terá que ter contabilidade organizada. E aí só não paga Segurança Social no primeiro ano, pois está isento, mas paga a partir daí.

No entanto, se já descontou para a SS não terá qualquer isenção.

O limite para pedir a isenção de contribuição para a SS é de 2515,32€: http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

Mesmo ganhando menos de 10.000€ pode deduzir o IVA, desde que esteja no regime de IVA e o cobre aos seus clientes. Não se é obrigado a estar no regime de IVA faturando menos de 10.000€, mas nada impede que se possa optar por essa via.

E creio que não é preciso estar no regime de contabilidade organizada para deduzir o IVA. Mas alguém que me corrija se estiver enganado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
O limite para pedir a isenção de contribuição para a SS é de 2515,32€: http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

Mesmo ganhando menos de 10.000€ pode deduzir o IVA, desde que esteja no regime de IVA e o cobre aos seus clientes. Não se é obrigado a estar no regime de IVA faturando menos de 10.000€, mas nada impede que se possa optar por essa via.

E creio que não é preciso estar no regime de contabilidade organizada para deduzir o IVA. Mas alguém que me corrija se estiver enganado.

Obrigado Paulo.

Esqueci-me dessa informação do limite da contribuição à Segurança Social.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva

Se me registar como empresário em nome individual mas não tiver vendas, tenho de pagar algum tipo de imposto ?

Posso efetuar compras como se fosse uma empresa (sem pagar IVA ?)

Obrigado

sim pode, no entanto se não tiver um trabalho por conta de outrem poderá ter que fazer descontos para a segurança social. Existe três possibilidade de isenção das contribuições para a segurança social para os trabalhadores independentes/recibos verdes/empresários em nome individual que são três nomes para a mesma coisa.

1. se já fizerem descontos para a segurança social como trabalhadores por conta de outrem podem pedir a isenção das contribuições relativas aos outros rendimentos

2. se tiverem apenas essa actividade independente podem pedir 1 ano de isenção na primeira fez que abrem a actividade.

3. se os rendimentos forem inferiores a 2515,31€ Como o pauloaguia disse.

Em relação às compras sem iva, não é tão linear. O iva paga-o sempre na altura da compra. Depois o IVA dos produtos quem vende o e IVA dos produtos indespensáveis à sua actividade podem ser recuperados. Como tempos que dar ao estado o iva dos produtos que vendemos, acaba-se por fazer o acerto na altura da declaração periódica do IVA.

Numa situação normal em que a empresa tem vendas o valor do IVA das vendas é geralmente superior ao IVA que deduzimos das compras e dos produtos indespensáveis à actividade. Pode haver alturas de investimentos ou de compras de produtos para stocks que isso não se passa mas nessas situações o normal é ficamos com esse valor em conta corrente nas finanças para as proximas declarações de IVA.

No entanto se não existem vendas e é deduzido IVA de compras, vai aumentando o tal valor do IVA em conta corrente nas finanças.

Quanto o valor do IVA na tal conta corrente das finanças é positivo podemos pedir o seu reembolso, mas não é um processo automático, alem da burocracia se o valor for elevado temos um fiscal das finanças a ver as nossas contas ao pormenor para ver se está tudo certo. Por isso é que o normal é ficar o valor em conta corrente e faz-se os acertos no futuro para evitar estas chatisses.

Agora pense na sua ideia, uma actividade profissional sem vendas apenas para receber o IVA de algumas compras é estranho, porque se não existem vendas como vai comprovar que esse IVA é idenspensável à sua actividade?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A 23/05/2015 at 11:15, pauloaguia disse:

O limite para pedir a isenção de contribuição para a SS é de 2515,32€: http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

 

Mesmo ganhando menos de 10.000€ pode deduzir o IVA, desde que esteja no regime de IVA e o cobre aos seus clientes. Não se é obrigado a estar no regime de IVA faturando menos de 10.000€, mas nada impede que se possa optar por essa via.

 

E creio que não é preciso estar no regime de contabilidade organizada para deduzir o IVA. Mas alguém que me corrija se estiver enganado.

estes 10,000 constam so o que entra na conta, ou e deduzido as despezas a este valor ?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead