Visitante MarianaPereira

IRS com os pais ou sozinha

8 publicações neste tópico

Bom dia. Tenho uma dúvida acerca do IRS.

No ano passado comecei a trabalhar. Apesar de nunca ter vivido com os meus pais (vivo com os meus tios desde que nasci), sempre estive registada na SS, etc, como a viver em casa dos meus pais, o que lhes permitia beneficiar de rendimentos para IRS, etc, uma vez que as minhas propinas da faculdade, etc, eram dedutíveis nos rendimentos deles. Este ano mudei a minha morada para casa dos meus tios pois pretendo fazer o IRS sozinha. Acontece que os meus pais têm recibos do pagamento das minhas propinas do ano passado, e afirmam que como no ano passado ainda estava agregada a eles, esses rendimentos são dedutíveis por causa da morada antiga.

Podem explicar-me como funciona? Se meter o IRS juntamente com os meus pais, não poderei meter o IRS sozinha, correto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fazendo o IRS sozinha, apenas você pode deduzir essas despesas, não os seus pais.

Se a 31 de Dezembro de 2014 tiver feito 26 anos ou obtido 7000€ em rendimentos de trabalho, não pode mesmo entrar como dependente dos seus pais e tem de fazer o IRS sozinha.

Se nenhuma destas condições lhe for aplicável, pode optar por fazer o IRS respeitante a 2014 como dependente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que conta para efeitos de IRS é a morada fiscal no dia 31 de Dezembro. Se só mudaste a morada fiscal este ano, ainda estavas a morar com os teus pais para efeitos do IRS do ano passado.

Agora, se podes ou não ser incluída como dependente na declaração dos teus pais já vai depender de quanto ganhaste o ano passado:

Artigo 13.º

Sujeito passivo

3 - O agregado familiar é constituído por:

a) Os cônjuges não separados judicialmente de pessoas e bens e os seus dependentes;

B) Cada um dos cônjuges ou ex-cônjuges, respectivamente, nos casos de separação judicial de pessoas e bens ou de declaração de nulidade, anulação ou dissolução do casamento, e os dependentes a seu cargo;

c) O pai ou a mãe solteiros e os dependentes a seu cargo;

d) O adoptante solteiro e os dependentes a seu cargo.

4 - Para efeitos do disposto no número anterior, e desde que devidamente identificados pelo número fiscal de contribuinte na declaração de rendimentos, consideram-se dependentes:

a) Os filhos, adoptados e enteados, menores não emancipados, bem como os menores sob tutela;

B) Os filhos, adoptados e enteados, maiores, bem como aqueles que até à maioridade estiveram sujeitos à tutela de qualquer dos sujeitos a quem incumbe a direcção do agregado familiar, que, não tendo mais de 25 anos nem auferindo anualmente rendimentos superiores ao valor da retribuição mínima mensal garantida, tenham frequentado no ano a que o imposto respeita o 11.º ou 12.º anos de escolaridade, estabelecimento de ensino médio ou superior;

E, naturalmente, ninguém é obrigado a declarar dependentes.

Façam bem as contas - se os teus rendimentos realmente são baixos, pode não compensar meter sozinha, sobretudo se as despesas forem altas - precisas de rendimentos altos para ter onde deduzir despesas altas.

Façam a simulação de meteres uma declaração separada da dos teus pais e a simulação de meterem tudo junto e vejam qual o cenário mais vantajoso. Depois, podes combinar com os teus pais, eles entregarem-te a parte do reembolso de IRS que corresponderia a ti. Mas admitindo que foram eles que pagaram as despesas com a faculdade e não tu, diria que essa conta já está mais que saldada...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A questão é precisamente essa: eles nunca me pagaram nada, sempre foram os meus tios quem pagou, daí achar injusto ainda ficarem com as minhas despesas todas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A bola está no seu campo. Mesmo que possa ser considerada dependente, a decisão é sempre sua sobre se quer fazer IRS sozinha ou com os seus pais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A questão é precisamente essa: eles nunca me pagaram nada, sempre foram os meus tios quem pagou, daí achar injusto ainda ficarem com as minhas despesas todas.

Se realmente queres meter o IRS sozinha, como és maior, nada te impede. Se o fizeres antes dos teus pais, eles terão um alerta quando tentarem subemeter a declaração deles.

Se o fizeres depois, serás tu a ter dificuldades em fazê-lo - é que não podes constar simultaneamente como titular e como dependente dos teus pais...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom Dia,

Fiz 36 anos a 35 de Dezembro de 2014, nao trabalho, posso declarar o IRS com os meus pais ou terei de o fazer sozinha?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Fiz 36 anos a 35 de Dezembro de 2014, nao trabalho, posso declarar o IRS com os meus pais ou terei de o fazer sozinha?
E como te sentes por ser a única pessoa no mundo a fazer anos nesse dia? ;D

O código do IRS diz que o que conta é a situação no dia 31 de Dezembro do ano a que o imposto diz respeito. Eu acho que nas Finanças não vão acreditar que é possível fazer anos depois dessa data, portanto diria que já não te vão aceitar como dependente dos teus pais, não.

Mas, já agora, se não tens rendimentos, nem precisas de entregar a declaração...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead