Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante Gostavo Salomão

Trabalhador dependente e recibos verdes

4 publicações neste tópico

Muito boa noite a todos,

Gostaria de vós pedir ajuda num seguinte assunto:

Neste momento encontro-me a trabalhar como trabalhador dependente (Sem recibos verdes),

até aqui tudo bem. Recentemente uma parceira dessa mesma empresa pediu-me para me colectar e começar a passar

recibos verdes de um serviço extra que vou começar a efetuar à empresa em questão,

sendo este valor, um valor reduzido, cerca de 45€.

É compensatório estar-me a colectar neste caso, ou seria mais vantajoso de alguma forma receber esse mesmo valor junto com o ordenado que recebo? Sendo que se for assim, irei subir de escalão a nível de IRS.

Obrigado desde já.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Gostaria de vós pedir ajuda num seguinte assunto:

Neste momento encontro-me a trabalhar como trabalhador dependente (Sem recibos verdes),

até aqui tudo bem. Recentemente uma parceira dessa mesma empresa pediu-me para me colectar e começar a passar

recibos verdes de um serviço extra que vou começar a efetuar à empresa em questão,

sendo este valor, um valor reduzido, cerca de 45€.

É compensatório estar-me a colectar neste caso, ou seria mais vantajoso de alguma forma receber esse mesmo valor junto com o ordenado que recebo? Sendo que se for assim, irei subir de escalão a nível de IRS.

Se sobes de escalão de uma forma quase de certeza sobes da outra.

Para a empresa é mais complicado aumentar-te porque isso implica ter de passar a pagar mais SS por ti também (para te pagar mais 45€, tem de desembolsar mais uns 10€ para a SS). Além disso, dificilmente depois te pode baixar o salário quando a tarefa terminar. Do teu ponto de vista, não ganhas os 45€ completos (pois há descontos para a SS e IRS - se subires a taxa de retenção na fonte, no limite podes até ganhar menos, mas essas contas depois são acertadas quando meteres a declaração de IRS).

Pagando via recibos verdes a empresa só desembolsa os 45€, mais nada. No imediato tu também ficas com os 45€ pois não sofrem retenção na fonte - só vais pagar o imposto no ano seguinte, quando meteres a declaração de IRS (daí dizer que se sobes de escalão de uma forma, sobes da outra - pese embora o facto de, se estiveres no regime simplificado, só seres tributado sobre 70% do valor, portanto há uma ligeira hipótese de não subires de escalão neste caso quando subirias no outro). Como já estás a descontar pela atividade por conta de outrem, não tens de descontar para a SS sobre a tua atividade independente. Tenho ideia, no entanto, que havia algumas restrições para os casos em que a empresa que pagava o salário por conta de outrem era a mesma que pagava o serviço enquanto trabalhador independente - vale a pena informares-te junto da SS se ainda é o caso.

Por tudo isto, eu acho que é preferível para ambas as partes a opção de te pagarem à parte... único eventual inconveniente é que, ao não descontares para a SS sobre esses 45€, numa eventual situação de subsídio de desemprego ou de doença, a prestação será calculada só em função do teu salário base...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Paulo pela ajuda.

Só fiquei aqui com uma dúvida,

nós entretantos andei a fazer umas pesquisas e encontrei este site: http://www.joaopimentel.eu/Home/works/prest-seg-social-trab-independente, que diz que se passar um recibo mensal de 45€, que vou ter de descontar 124,09€/mês, já que neste caso entro para o escalão inferior, ou seja os 419,22. Neste caso também se aplica esse valor?

O caso é que neste momento tenho andado a receber sempre no reembolso do IRS, será que assim irei deixar de ter esse beneficio?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
nós entretantos andei a fazer umas pesquisas e encontrei este site: http://www.joaopimentel.eu/Home/works/prest-seg-social-trab-independente, que diz que se passar um recibo mensal de 45€, que vou ter de descontar 124,09€/mês, já que neste caso entro para o escalão inferior, ou seja os 419,22. Neste caso também se aplica esse valor?
Como estás a descontar por conta de outrem, tens direito a isenção pela atividade como trabalhador independente: http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

O caso é que neste momento tenho andado a receber sempre no reembolso do IRS, será que assim irei deixar de ter esse beneficio?
Como vais pagar o imposto sobre os 45€ só no ano seguinte, ao meteres a declaração, vais receber menos, naturalmente. Eventualmente, se o reembolso tradicionalmente é baixo, até podes ter imposto a pagar.

Agora, isso não é um benefício - é a devolução do imposto que foste pagando a mais ao longo do ano. Se recebes mais dinheiro, vais pagar mais imposto. Se retiveste o mesmo vlaor na fonte e vais pagar mais imposto há menos a receber. São contas simples de somar e subtrair :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0