Maria Costa

IMI - Aplicação dos valores reavaliados

8 publicações neste tópico

Boa tarde,

Em janeiro fiz um pedido de reavaliação do meu apartamento, sendo que o valor tributário baixou consideravelmente (de 199 000€ para 146 000€).

Recebi a notificação passados apenas cerca de 15 dias, ou seja, inicio de fevereiro.

Qual não é o meu espanto quando ontem recebo a carta do IMI para pagar com os valores exatamente iguais!!!

Ora, tendo em conta que comprei a casa em 2006, e que os fatores que levaram à alteração dos valores não foram causados por mim (foi a desvalorização dos terrenos e taxas), não seriam as finanças obrigadas a atualizar? Tenho que pagar os valores do ano anterior, mesmo assim? E se eu não pedi-se a avaliação ficaria a pagar mais toda a vida? As reavaliações serão apenas obrigatórias quando é para aumentar o IMI?

Gostaria de saber se existe alguma maneira de eu requerer que o pagamento já seja atualizado este ano, uma vez que, na minha ópinião, eu pagava a mais porque as finanças não fizeram o seu trabalho que era proceder pelo menos às atualizações das taxas.

Muito Obrigada,

Maria Costa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A carta que você recebeu é relativa ao pagamento do IMI do ano 2014. Esses valores não podem ser alterados, uma vez que o pedido da reavaliação do imóvel foi feita este ano.

Portanto, em 2016 é que vai receber o aviso de pagamento da taxa do IMI com os valores reavaliados, referentes ao ano de 2015.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se tivesses pedido a reavaliação antes do fim do ano, provavelmente a notificação já vinha com os novos valores...

O que conta para efeitos de IMI é a situação do imóvel no dia 31 de Dezembro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A minha sogra recebeu a carta para pagar o imi e ficou espantada. Ainda é possível reclamar o valor da avaliação para o próximo ano mesmo que não o tenha feito para este ano?

Quais os montantes que terá que ter em conta?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A minha sogra recebeu a carta para pagar o imi e ficou espantada.
Porque...?

Sabem o que pode ter estado na base desse espanto? Mudou alguma coisa recentemente? E, se sim, porque esperavam outro valor?

Ainda é possível reclamar o valor da avaliação para o próximo ano mesmo que não o tenha feito para este ano?

Quais os montantes que terá que ter em conta?

O IMI é calculado com base na taxa escolhida pelo município para esse imposto e no valor patrimonial do imóvel.

Este último, por sua vez, é calculado com base numa série de fatores, mas segundo uma fórmula de cálculo bem definida. Podem simular o cálculo no portal das finanças: https://zonamentopf.portaldasfinancas.gov.pt/SIGIMI/default.jsp

Caso a última avaliação (cuja data podem consultar na caderneta predial) tenha já mais de 3 anos podem pedir a reavaliação do valor do prédio, sim. Reavaliações feitas até ao fim deste ano entram para o cálculo do IMI a pagar no próximo ano, é verdade.

Hoje apareceu nas notícias indicação que o governo pretende rever o valor dos coeficientes de localização por todo o país. Pode valer a pena esperar algum tempo para ver se essa operação vai estar pronta ainda este ano, a tempo de entrar em linha de conta para uma eventual revisão. A menos, claro, que como as associações do sector pretendem, essa alteração seja automática.

http://www.dinheirovivo.pt/economia/interior.aspx?content_id=4507827&page=-1

Mas como ainda faltam uns meses até ao fim do ano, não se perde nada em aguardar algum tempo antes de pedir a reavaliação. Vai estando atento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Entretanto, pode dirigir-se a uma repartição de finanças e averiguar se há razão para ficar espantada com valor do IMI que recebeu para pagar!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O espanto , o Fim da cláusula de salvaguarda .

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O espanto , o Fim da cláusula de salvaguarda .

Tem a possibilidade de pedir uma nova avaliação, com efeitos na redução do IMI para o próximo ano, preenchendo o modelo 1 com a ajuda da caderneta predial, em duplicado, e efetuar a sua entrega na repartição de finanças da localidade do imóvel.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor