Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
cribeiro24

CH após divórcio: Não retiraram ainda o meu nome da antiga conta!

4 publicações neste tópico

Boa noite.

Já não é a 1ª vez que venho pedir algumas orientações e devo agradecer a todos os que me elucidaram aquando do meu 1º contacto ao fórum.

Muito obrigada por um fórum que nos esclarece. ;)

E infelizmente preciso de ajuda novamente.........

Após divórcio já detenho uma nova conta para onde foi transferido o crédito habitação (fiquei com o mesmo na totalidade). Contudo a antiga conta, onde constam dois titulares, eu e o meu ex-marido ainda não está liquidada (por questões a ele imputadas..como cheques devolvidos...etc....) e o meu pedido de remoção de Titular já foi feito (segundo minuta do banco) em Janeiro.  :o

CONTUDO AINDA ESTOU PRESENTE NESSA CONTA, QUE DE BOA NÃO TEM NADA. O meu nome no Banco de Portugal já constou mas após eu me ter lá dirigido e ter sido imputada culpa a quem de direito fiquei ilibada. CONTUDO.......

Neste contexto, e como detinha em Janeiro uma prestação de 755€ de casa (já inclui seguros) para uma dívida de 119000€ inicial (à 5 anos) e agora devo 110750€, resolvi renegociar o crédito (COMO E MUITO BEM AQUI ME ACONSELHARAM).

No início de Fevereiro renegociei o spread (pediram domiciliação de ordenado, 3 débitos directos, PPR e seguro de carro) e alarguei o prazo do empréstimo. Conclusão: disse o gerente que de 755€ mÊs ficaria a rondar os 460/70€. Muito bom!!!

Disseram claro que no mês de fevereiro ainda não iria sentir a mudança mas que em Março Já!

Contudo no fim de Fev. de 755€ passei a pagar 583€ (sem seguros). Fui ao banco e disseram que foi a baixa das taxas de juro (porque tinham cancelado o 1º emprestimo em Janeiro e aberto o novo na nova conta em Fev.).  Tudo bem: questionei do novo valor. Não me sabem dizer/garantir para quando acontecerá os tais 470€ de prestação.  SOCORRO!

Para piorar!  ACTUALMENTE POR QUESTÕES GRAVES DE CANCELAMENTO DE BENEFÍCIOS DE IMI (DEVIDO AO MEU EX-MARIDO) vou ser obrigada a pagar dois anos de IMI, um deles sem possibilidade de fazeamento e também  detenho uma dívida de condomínio deixada toda para mim!!! de 1000 e tal euros.

Para piorar ainda mais o meu carro (de 1998) avariou e, após o mecânico o arranjar muitas vezes...(e muitos gastos)..aconselhou-me a troca de carro!!

Lá fui pedir crédito pessoal ao meu Banco BPI, bem como perguntar sobre a baixa da prestação pedida. (renegociada).

Pedi crédito para carro semi-novo, mais condomínio, mais IMI, mais IMT. Conclusão rondaria um valor de 13000€. Fizeram o pedido com os mesmos fiadores do crèdito Habitação. Contudo salientaram para a idade dos fiadores rondar os 65 anos. mas disseram que numa semana ou duas já sabiam a resposta. ???

Pois fui lá esta semana e:

1-Verifiquei que o meu nome ainda está nas duas contas;

2- Ainda não tinham resposta para me dar do crédito pessoal;

3- Tinha havido uma falha   >:( (palavra do gerente) e que os seguros do crédito habitação cairam na conta antiga...e não na minha conta actual!! Tive de pagar e calar;

4-não sei o que fazer e acho que lhes convém que esteja em ambas as contas e que isso me "lixa" em pedir qualquer crédito em qualquer lado!!!!!bem como para transferir!!

5- adorava transferir o crédito para outro banco mas assim....com o meu nome numa conta destas..sou um risco???? QUE ACHAM???

pARA PIORAR...TOU DESEPERADA PORQUE REALMENTE VOU PAGAR AS DESPESAS DO CARRO E FICO SEM CAPACIDADE PARA O IMI E A PRESTAÇÃO DA CASA ESTE MêS. ESTOU A PENSAR PEDIR....EM DESESPERO..NUMA FINANCEIRA 3000€ (JÁ INCLUINDO 1000 E 500€ PARA UMA POSSÍVEL TRANSFERÊNCIA....QUE CHEGUEI A VER NA cgd E NA CAIXA GALICIA..SOU ASSOCIADA deco...). Para ajudar o pai do meu filho não paga a pensão de alimentos desde novembro....... :'(

E se for a tribunal ninguém quer saber quanto devo...mas se ele detém contrato...e desconta...senão não vão ao seu ordenado!!

Opiniões??? :-X

e ajuda??

Já fiz o crédito do carro na financeira do stand.....mas o senhor do stand até tá com medo que venha não aprovado..Devido a estas chatices no BPI..... e na pior da hipóteses não sei que faça.

Devo ir ao Banco de Portugal? :-[

Devo reclamar? e enviar carta cópia ao B.Portugal?

P.S. Esta pressa do carro é porque estou sem suporte familiar e o meu filho tem creche a 15km de casa.. e estou numa zona do algarve com uma """""excelente rede de transportes públicos"""""""". Tem si ouma amiga que me tem trazido o meu filho de vez em quando para casa...porque o mecânico avisou para não esforçar muito......... Para não ter de trocar uma vela incandescente (que ébarata))))))))

Obrigada e desculpem ser tão extenso...... :o   Desculpem...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já não é a 1ª vez que venho pedir algumas orientações e devo agradecer a todos os que me elucidaram aquando do meu 1º contacto ao fórum.

E, no entanto, esta e´ a tua primeira mensagem ???

Contudo no fim de Fev. de 755€ passei a pagar 583€ (sem seguros). Fui ao banco e disseram que foi a baixa das taxas de juro (porque tinham cancelado o 1º emprestimo em Janeiro e aberto o novo na nova conta em Fev.).  Tudo bem: questionei do novo valor. Não me sabem dizer/garantir para quando acontecerá os tais 470€ de prestação.  SOCORRO!

Pensa assim - pelo menos poupaste 200€ na prestaçao de Fevereiro. A actualizaçao sera na proxima revisao da taxa (provavelmente 3 meses ou 6 meses consoante a Euribor a que estiver indexada).

Se sempre vao ser os tais 470 depende dos dados do credito, podes desde ja simular isso nos simuladores disponiveis no blog. Mas atençao - assim que as taxas voltarem a subir vais voltar a ter valores bem mais altos, prepara-te desde ja´...

Para piorar!  ACTUALMENTE POR QUESTÕES GRAVES DE CANCELAMENTO DE BENEFÍCIOS DE IMI (DEVIDO AO MEU EX-MARIDO) vou ser obrigada a pagar dois anos de IMI, um deles sem possibilidade de fazeamento e também  detenho uma dívida de condomínio deixada toda para mim!!! de 1000 e tal euros.

Desculpa a franqueza mas nao percebo como e´ que alguem deixa chegar uma divida de condominio a 1000€?  >:( Isso e´, quase de certeza, mais de 1 ano de divida. E, se no caso do IMI, ainda concebo que nao tenhas tido qualquer culpa por apanhar com isso de repente, no caso do condominio estas a colher o que semeaste (pois se o teu marido nao pagou, a verdade e´ que tu tambem nao e a responsabilidade era dos 2). Seja como for, tenta la´ negociar com o condominio o pagamento da divida em varias fracçoes (por exemplo, 100€ ou 200€ de cada vez). Certamente o que lhes interessa e´ que  o dinheiro acabe por ir ter com eles, mesmo que demore mais algum tempo...

Lá fui pedir crédito pessoal ao meu Banco BPI, bem como perguntar sobre a baixa da prestação pedida. (renegociada).

Pedi crédito para carro semi-novo, mais condomínio, mais IMI, mais IMT. Conclusão rondaria um valor de 13000€. Fizeram o pedido com os mesmos fiadores do crèdito Habitação. Contudo salientaram para a idade dos fiadores rondar os 65 anos. mas disseram que numa semana ou duas já sabiam a resposta. ???

Primeiro alerta - se estas `a rasca de dinheiro para IMEDIATAMENTE qualquer processo de constituiçao de novos creditos (cartoes de credito inclusive). A menos que tenhas a certeza absoluta de ver entrar bastante dinheiro fresco na tua conta em breve (mais sobre isto la para o fim).

E antes de ir bater `as portas dos bancos e financeiras, tenta primeiro bater `as portas de familiares ou amigos - praticam taxas mais em conta e sao mais compreensivos em caso de dificuldade temporaria em restituir o dinheiro ;)

Pois fui lá esta semana e:

1-Verifiquei que o meu nome ainda está nas duas contas;

2- Ainda não tinham resposta para me dar do crédito pessoal;

3- Tinha havido uma falha   >:( (palavra do gerente) e que os seguros do crédito habitação cairam na conta antiga...e não na minha conta actual!! Tive de pagar e calar;

4-não sei o que fazer e acho que lhes convém que esteja em ambas as contas e que isso me "lixa" em pedir qualquer crédito em qualquer lado!!!!!bem como para transferir!!

5- adorava transferir o crédito para outro banco mas assim....com o meu nome numa conta destas..sou um risco???? QUE ACHAM???

Naquilo que for responsabilidade do banco, ha´ que começar a insistir e apertar com eles. Por exemplo, qual e´ a justificaçao para ainda estares como titular da outra conta? Que fizeram eles para se redimir da tal falha?

Começa a usar o livro de reclamaçoes caso se justifique, sobretudo se as tais falhas acabam por ter custos para ti. Cada reclamaçao deixada no livro e´ obrigatoriamente apreciada pelo Banco de Portugal.

pARA PIORAR...TOU DESEPERADA PORQUE REALMENTE VOU PAGAR AS DESPESAS DO CARRO E FICO SEM CAPACIDADE PARA O IMI E A PRESTAÇÃO DA CASA ESTE MêS. ESTOU A PENSAR PEDIR....EM DESESPERO..NUMA FINANCEIRA 3000€ (JÁ INCLUINDO 1000 E 500€ PARA UMA POSSÍVEL TRANSFERÊNCIA....QUE CHEGUEI A VER NA cgd E NA CAIXA GALICIA..SOU ASSOCIADA deco...). Para ajudar o pai do meu filho não paga a pensão de alimentos desde novembro....... :'(

E se for a tribunal ninguém quer saber quanto devo...mas se ele detém contrato...e desconta...senão não vão ao seu ordenado!!

Mais uma vez, pedir mais creditos nao te vai ajudar. Sobretudo em financeiras que cobram taxas de algumas dezenas de pontos percentuais. Se o banco nao te empresta dinheiro ha´ que perceber o porque. E se e´ por acharem que nao consegues pagar emprestimos a taxas baixas como as que eles praticam (pelo menos quando comparados com a maior parte das financeiras), imagina como vais conseguir pagar a taxas mais altas!!

Transferir o emprestimo para outro banco so vale a pena se efectivamente fores ficar com melhores condiçoes - confirma isso antes de te meteres em mais despesas, assim como quais os custos que terias com a transferencia quer no novo banco quer no actual. De qualquer forma talvez valesse a pena um corte radical com o banco actual antes que venhas a ter mais problemas por causa das faltas do teu ex-marido - mas so´ se isso nao ficar demasiado caro.

Quanto `a pensao de alimentos, o teu marido esta´ a trabalhar? E´ que senao vais ter dificuldades em conseguir seja o que for dele - tambem ha que ser razoavel, quem nao tem rendimento nao o pode distribuir. Caso esteja empregado acho que o tribunal pode tomar diligencias para que esse dinheiro te seja automaticamente entregue, sem passar pela conta ele... mas isso e´ melhor saberes junto de um advogado (tenta o apoio juridico da SS ou da DECO, ja´ que es socia).

P.S. Esta pressa do carro é porque estou sem suporte familiar e o meu filho tem creche a 15km de casa.. e estou numa zona do algarve com uma """""excelente rede de transportes públicos"""""""". Tem si ouma amiga que me tem trazido o meu filho de vez em quando para casa...porque o mecânico avisou para não esforçar muito......... Para não ter de trocar uma vela incandescente (que ébarata))))))))

Uma vela e´ seguramente mais barata que um carro inteiro. Se trocando uma vela da para aguentar o carro mais algum tempo, porque arcar com mais uma despesa grande (carro novo) quando podes simplesmente pagar uma peça? Agora acho que me perdi... (espero que pelo menos o carro que tens em mente seja um usado, mais barato)

Nao consegues por o teu filho mais perto de casa? Noutra creche ou mesmo com uma pessoa amiga/familiar ou numa ama? Mesmo que seja um pouco mais caro, pode compensar a diferença do combustivel... E imagino que aquelas aspas `a volta da "excelente rede de transportes publicos" fossem um sinal de ironia. Mas o autocarro so passa a cada 1h ou 2h ou nao tens mesmo transporte? E´ que uma coisa e´ ser comodista outra e´ nao ter mesmo alternativa. E nao serias a primeira pessoa que se levanta antes das 6h00 por causa de ter que apanhar o transporte publico, no primeiro caso... Procura saber como e´ que os vizinhos fazem com os filhos deles.

Nao conheço a tua situaçao financeira toda. Mas, despesas imprevistas `a parte, ja´ pensaste se nao estaras a viver um pouco acima das tuas posses? Quer dizer, tens a certeza que precisas de uma casa de 120.000€ para ti e o teu filho? Sobretudo se estas com tantas dificuldades para a pagar?

Sera´ que nao tens uma serie de despesas superfluas? Por exemplo, tens tv-cabo? E´ assim tao necessaria? Dizes que es associada da DECO, estas a tirar proveito do dinheiro que pagas por isso? (por muito meritoria que seja a associaçao - se pagas mais do que o que recebes de volta, neste momento nao vale a pena) Certamente arranjas mais exemplos de despesas em que podes cortar...

Ve tambem se consegues outras fontes de rendimento. Por exemplo, visto que estas sozinha, passa o teu filho para o teu quarto e arrenda o outro quarto... entao se conseguires arrendar a turistas, `a semana, rende muito mais. Ou entao vende algumas tralhas que tenhas por casa e ja nao precises. Ou faz serviço de baby sitting para a vizinhança - em que eles e´ que deixam o filho em tua casa, assim nem precisas de sair e ate´ arranjas companheiros de brincadeiras para o teu filho. Ha´ imensas coisas que se podem fazer para ganhar mais algum, `as vezes basta estar atento (e ter um pouco de sorte tambem, e´ certo).

Faz uma lista das despesas que tens mesmo que pagar e dos teus rendimentos. Certifica-te que nao te esqueces de nada nas despesas, mesmo que nao sejam regulares (as dividas atrasadas, os creditos para pagar, os impostos, as contas da agua, luz e condominio, a revisao e seguro do carro, a creche do teu filho, as idas ao medico, comida, roupa, etc). Usa um daqueles calendarios grandes, de planificaçao, para anotar a data de cada despesa e anota ao longo de cada mes as despesas que nao tem data certa (compras de supermercado, ou de roupa, por exemplo). Relativamente `as dividas em atraso, tenta renegociar o pagamento em prestaçoes se possivel, sobretudo das maiores. Certifica-te que em cada mes o dinheiro que ganhas chega para pagar tudo ou, quando muito, consegues suportar a despesa com o dinheiro que te va sobrar no mes seguinte (mas nao te esqueças depois de descontar no rendimento desse mes e refazer a conta respectiva novamente) - nesses casos podes pedir o dinheiro emprestado durante alguns dias junto de familiares ou amigos, enquanto nao chega o vencimento do mes seguinte... quando muito recorrer ao cartao de credito mas so´ tendo a CERTEZA ABSOLUTA de que consegues pagar tudo quando vier a conta no mes seguinte... senao e´ pior a emenda que o soneto - alias, se achas desde ja que nao consegues garantir isso mais vale cancelar todos os CC, caso tenhas algum.

Se, finalmente, chegares `a conclusao que nao consegues suportar tudo, vende a casa e, com o dinheiro, compra uma mais barata ou muda-te para uma casa alugada ate´ conseguires voltar a estabilizar a tua situaçao antes de pensar em comprar casa novamente.

`As vezes mais vale parar e recomeçar com uma folha limpa, do que andar anos a fio com uma espada suspensa sobre a cabeça... Mas se calhar consegues resolver tudo mudando apenas algumas coisas na tua vida.

Boa sorte :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Paulo

Apesar de o meu comentário ser off-topico queria só dizer que:

É de louvar a tua atitude... isto sim, é serviço público.. :D

Faz falta gente como tu na governação desde pais....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nada a dizer... Só te desejo Boa Sorte...

O Pauloaguia já disse tudo... Boa resposta...

cumprimentos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0