valterduarte

Herança e sem €€€ para pagar imposto de selo - Ajuda

3 publicações neste tópico

Caros amigos, estou colocado numa situação que nem sei como me hei-de desenrascar.

A minha tia faleceu e como não tem filhos e nem irmãos, eu como sobrinho sou quem vai herdar os bens dela. Agora aqui começam os problemas.

Ela tem um apartamento na Parede, concelho de Cascais, que não tem pago IMI à 2 anos, e tem uma penhora de 500€ +/- para pagar às Finanças. O valor patrimonial do apartamento é de aproximadamente 40,000€ e fui informado que teria de pagar 10,8% de imposto de selo às Finanças por não ser descendente directo. E ela não deixou dinheiro.

A minha situação de momento é complicada, pois encontro-me sem dinheiro para poder liquidar esse imposto, apenas posso liquidar o IMI e fazer a habilitação de herdeiros e relação de bens.

O que poderei fazer? e o que me aconselham a fazer?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Assim de repente ocorrem-me 3 hipóteses:

- pedir os 4000€ emprestados e ir pagando de volta à medida das possibilidades. Se houver algum familiar ou amigo que te possa emprestar o dinheiro sem juros ou a juros baixos, tanto melhor...

- tentar negociar com as finanças um pagamento faseado do imposto de selo. Quase de certeza que a opção existe - as pessoas não costumam avisar quando vão morrer e nem toda a gente consegue sacar assim uns milhares de um mês para o outro... *

- renunciar à herança. Ficas sem o imóvel mas também não tens de pagar mais impostos por ele nem o condomínio nem a manutenção (obras). Se o imóvel fosse para ficar "encostado", se calhar sais a ganhar; se tencionavas vendê-lo ou arrendá-lo, por exemplo, talvez saias prejudicado.

* entretanto encontrei isto: http://www.deco.proteste.pt/familia-vida-privada/herancas/dicas/declarar-heranca-em-sete-questoes

Sempre que o valor do imposto de selo for superior a mil euros, o serviço de finanças irá proceder à sua cobrança em prestações. Podem ser até 10 prestações, com um mínimo de € 200 cada. A primeira, 2 meses após a notificação e, as restantes, de 6 em 6 meses. Se puder, pague a pronto, pois beneficia de uma redução de 0,5% sobre o valor das prestações, exceto da primeira. Para tal, avise o serviço de finanças até 15 dias após receber a notificação.

P.S: Não te esqueças que o IMI do ano passado também está quase para ser pago - as notificações para paagmento já começaram a seguir...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A ideia seria alugar ou mesmo vender. Em aluguer é capaz de render 450€ mensais e em venda talvez uns 150.000€ Só que não tenho acesso ao apartamento para o ver, porque a minha tia faleceu no lar e ninguém sabe onde está a chave. :/

Assim de repente ocorrem-me 3 hipóteses:

- pedir os 4000€ emprestados e ir pagando de volta à medida das possibilidades. Se houver algum familiar ou amigo que te possa emprestar o dinheiro sem juros ou a juros baixos, tanto melhor...

- tentar negociar com as finanças um pagamento faseado do imposto de selo. Quase de certeza que a opção existe - as pessoas não costumam avisar quando vão morrer e nem toda a gente consegue sacar assim uns milhares de um mês para o outro...

- renunciar à herança. Ficas sem o imóvel mas também não tens de pagar mais impostos por ele nem o condomínio nem a manutenção (obras). Se o imóvel fosse para ficar "encostado", se calhar sais a ganhar; se tencionavas vendê-lo ou arrendá-lo, por exemplo, talvez saias prejudicado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead