Visitante Xiribiti

Esclarecimento

2 publicações neste tópico

Boa tarde.

Permitam-me um enquadramento da situação.

Sou casada (2º casamento) em regime de comunhão de adquiridos. Não há filhos comuns. Há filhos das relações anteriores.

Vivo no estrangeiro com o meu marido, onde possuímos uma empresa que, graças a Deus, factura muito bem. Acontece que tudo que se lucra o meu marido remete tudo para Portugal para os seus filhos, que se limitam a gastar, a comprar, casas, carros, fazer férias....

A minha questão é: não há forma das Inspecção Geral de Finanças controlar estas situações e obrigar as pessoas a pagar impostos sobre rendimentos recebidos?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Transmissões da pais para filhos não estão sujeitos a impostos. Não é considerado um "rendimento" no mesmo sentido em o dinheiro que provém de trabalho ou investimentos.

Não sei se por o pai viver noutro país poderá adicionar complexidade à situação, mas em princípio acho que não.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor