Visitante bruno .

faturas 2014

21 publicações neste tópico

Boa noite

tive a verificar no meu portal das finanças que todas as minhas faturas de 2014 de farmácia e de consultas medicas foram registadas pelo comerciante no sector de atividade "OUTROS".

Estas faturas  não deviam ter sido registadas no sector de atividade "SAUDE" ?

O que devo fazer ?

cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em 2014 só entram as faturas referentes a reparação de automóveis, reparação de motociclos, cabeleireiros e restauração/alojamento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

entao as faturas de medicamentosde 6% iva e as faturas de consultas medicas nao entram em 2014?

nos anos anteriores sempre entraram ?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

entao as faturas de medicamentosde 6% iva e as faturas de consultas medicas nao entram em 2014?

nos anos anteriores sempre entraram ?

As faturas de saúde de 2014 entram para o IRS. O que não é necessário é que estas estejam no e-fatura. Só a partir de 2015 é que isso é necessário

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ok

entao mas nao sera melhor eu entrar no meu Portal das finanças e corrigir o setor de actividade e mudar  essas faturas para o setor actividade "Saude" ?

cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No ano passado o sector saúde não era um dos sectores disponíveis no e-Fatura porque essa plataforma ainda não era usada para essas deduções.

Duvido que consigas alterar, mas mesmo que consigas não é necessário...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então e em relação às facturas de farmácia que vamos obtendo este ano (com a data de 2015).

Sabe-se que só contam as facturas da farmácia com 6%. Por exemplo vitaminas que tenham 23% não entram.

Se eu comprar um medicamento com 6% e umas vitaminas com 23% tudo junto (mesma factura), no portal das finanças vai aparecer o valor total pertencendo à saúde?

É que só o medicamento é que pode ser contabilizado, as vitaminas não.

Tenho que pedir a factura em separado (uma factura para medicamento e outra factura para as vitaminas) e depois manualmente tenho q ir ao portal das finanças colocar a factura das vitaminas (23%) na categoria OUTROS?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Outra questão em relação às facturas de 2014.

As facturas da Wells (para-farmácia do continente) de 2014 aparecem no portal das financas no estado "pendentes". É preciso alterar isso para outra categoria?

Nota: refiro-me às facturas de 2014.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em principio sim.

Deverá colocar em outras.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho pendentes faturas do Lidl e nas opções de classificação não aparece a de Supermercados.

Porque será?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho pendentes faturas do Lidl e nas opções de classificação não aparece a de Supermercados.

Porque o eFatura não tem essa categoria. Mete em outros.
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para o ano de 2015 temos mesmo  de separar facturas no e - factura ou elas são automaticamente separadas por sectores?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para o ano de 2015 temos mesmo  de separar facturas no e - factura ou elas são automaticamente separadas por sectores?

Tal como em 2014, se o comerciante só tem um setor de atividade, a fatura é automaticamente classificada. Se o comerciante tiver vários setores de atividade, cabe ao contribuinte classificá-la na categoria correta.
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se for ao supermercado vai para a categoria correspondente tal como se for ao hospital?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então e em relação às facturas de farmácia que vamos obtendo este ano (com a data de 2015).

Sabe-se que só contam as facturas da farmácia com 6%. Por exemplo vitaminas que tenham 23% não entram.

Se eu comprar um medicamento com 6% e umas vitaminas com 23% tudo junto (mesma factura), no portal das finanças vai aparecer o valor total pertencendo à saúde?

É que só o medicamento é que pode ser contabilizado, as vitaminas não.

Tenho que pedir a factura em separado (uma factura para medicamento e outra factura para as vitaminas) e depois manualmente tenho q ir ao portal das finanças colocar a factura das vitaminas (23%) na categoria OUTROS?

Por via das dúvidas eu pediria a fatura separada, da mesma forma que se faz quando, por exemplo, se vai ao supermercado comprar material escolar e mercearias... (de qualquer forma, podes sempre questionar as Finanças quanto ao procedimento mais correto)

Quanto ao ter que mover manualmente para outros, não sei se será preciso. A partir do momento em que as faturas com IVA a 23% não são dedutíveis, eu esperaria que isso fosse automaticamente parar à categoria Outros. Ou, se não for, que não sejam consideradas ao ser feito o preenchimento automático do IRS no próximo ano...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se for ao supermercado vai para a categoria correspondente tal como se for ao hospital?

Há muitos supermercados que têm várias categorias (por exemplo, vendem medicamentos ou têm um café lá dentro). Por esse motivo, é frequente que essas faturas tenham de ser classificadas manualmente.

Agora, a minha dúvida é, se não forem classificadas até à data prevista no ano seguinte (supostamente meados de Fevereiro), se serão automaticamente consideradas como despesas familiares...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois essa é a questão que complica.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

as minhas facturas de 2014 do dentista, farmácia e até consultas no hospital da amadora aparecem como outros, quando tento alterar para saúde não me deixa alterar porque o "emitente não tem CAE na classe indicada". O que posso fazer para alterar as facturas? Estou preocupada pois só em dentista são mais de 1000 euros. Estas despesas não vão entrar como despesas de saúde no IRS?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
as minhas facturas de 2014 do dentista, farmácia e até consultas no hospital da amadora aparecem como outros, quando tento alterar para saúde não me deixa alterar porque o "emitente não tem CAE na classe indicada". O que posso fazer para alterar as facturas? Estou preocupada pois só em dentista são mais de 1000 euros. Estas despesas não vão entrar como despesas de saúde no IRS?
Em 2014 as despesas não eram classificáveis como saúde.

Só a partir deste ano as deduções têm obrigatoriamente que estar no eFatura - no declaração sobre o ano passado ainda é preciso guardar os comprovativos todos e as despesas são metidas manualmente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Relativamente a 2014 só são registadas as faturas referentes a restauração, cabeleireiros, oficinas de automóveis e de motos. As despesas de saúde continuam a ser contabilizadas para efeitos de IRS nos moldes dos anos anteriores.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite

tive a verificar no meu portal das finanças que todas as minhas faturas de 2014 de farmácia e de consultas medicas foram registadas pelo comerciante no sector de atividade "OUTROS".

Estas faturas  não deviam ter sido registadas no sector de atividade "SAUDE" ?

O que devo fazer ?

cumprimentos

l

Boa noite

tive a verificar no meu portal das finanças que todas as minhas faturas de 2014 de farmácia e de consultas medicas foram registadas pelo comerciante no sector de atividade "OUTROS".

Estas faturas  não deviam ter sido registadas no sector de atividade "SAUDE" ?

O que devo fazer ?

cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead