Roger

IVA

4 publicações neste tópico

Boa tarde!

Caros contribuintes como devem saber a inserção de facturas no e-faturas termina este domingo (15/2/2015).

Queria saber o IVA:

no caso de rendas é que tenho recibo mas sem discriminar essa taxa.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não tens de te preocupar com isso relativamente aos recibos do ano passado (que são aqueles cujo prazo para inserir termina esta semana).

Só tens de te preocupar com os recibos deste ano. Daqui, das duas uma: ou o senhorio tem atividade aberta, e passa recibos que vão parar diretamente ao eFatura (e têm que entrar até ao fim do mês seguinte); ou é um senhorio particular, com um volume de negócios pequeno e passa recibos que depois tem de comunicar manualmente (neste caso, salvo erro, só tem de o declarar em Janeiro do próximo ano).

Sendo arrendamento para habitação, creio que está isento de IVA.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora algum site/ link onde se possa consultar o iva de todos os bens/serviços.

Por exemplo:

pago quotas a ordem profissional; tenho a declaração dos pagamentos mas sem discriminado IVA;

o pagamento de uma portagem com multa;

uma taxa moderadora e serviço hospitalar;

Já agora este iva do e-factura tem o retorno de 15% certo? Ou seja tudo o que é isento é indiferente inserir.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora algum site/ link onde se possa consultar o iva de todos os bens/serviços.

Tenta consultar o Código do IVA: tens duas listas anexas com a descrição dos produtos sujeitos às taxas reduzidas e intermédia e ainda vários artigos sobre a isenção.

Já agora este iva do e-factura tem o retorno de 15% certo? Ou seja tudo o que é isento é indiferente inserir.
A dedução sobre o IVA dos hoteis, restaurantes, cabeleireiros e mecânicos, sim, são 15% sobre o IVA pago.

No entanto, a partir do início deste ano, todas as faturas que venham a ser deduzidas no IRS terão de constar no eFatura (ex: saúde, educação, despesas familiares). E nestas a dedução é sobre o valor total e não apenas sobre o IVA, pelo que o facto de serem isentos ou não é indiferente... à partida compensa sempre teres lá tanto quanto possível (a maior exceção são talvez as despesas familiares em que rapidamente se atinge o teto da dedução - a partir do momento em que juntares cerca de 700€ nestas despesas deixa de fazer diferença).

Em qualquer caso podes esperar que seja o comerciante a inserir as faturas. Só se não o fizer até ao fim do mês seguinte é que precisas de as inserir tu manualmente (e nesse caso deves guardar contigo a fatura).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead