Ramiro Costa

Fundos de Investimento do BANIF: recomendam?

27 publicações neste tópico

Como sabem, há muitos anos que tenho conta no Banif e esforço-me por manter-me no banco, mais por razões sentimentais do que guiado pela razão (isto da idade amolece-nos o coração...).

Bem, o certo é que tenho duas aplicações (DP) a vencerem-se no banco até ao final do ano. Dirigi-me hoje de manhã à dependência com que trabalho, aqui em Lx, para saber das condições de renovação dos tais DP e a informação que me deram - e que eu já estava à espera - é que a "melhor" taxa de juro que podem oferecer é... uma verdadeira bagatela! Anda à volta dos 1,3% brutos! Claro que é uma taxa que, de tão baixa, não me interessa verdadeiramente.

Ora quando lhes perguntei por alternativas, deram-me imediatamente como (única) resposta... Fundos de Investimento! E acrescentaram que tinham, neste momento, uma "campanha" (ao que chegamos... os bancos parecem supermercados!...) uma campanha dirigida ao "Banif Investimento Conservador" e ao "Banif Investimento Moderado". Confesso, nem perguntei de que é que constava esta "campanha", mas esta foi a única alternativa que me deram. Aconselharam-me a "rachar" ao meio o montante que tenho aplicado nos DP e dividi-lo por estes dois produtos.

Os amigos o que acham? Serão aplicações seguras e minimamente rentáveis?

Não sei se é da idade, mas esta área da aplicação das nossas economias até a meter-me cada vez mais confusão, dúvidas e ... perplexidade!

Sempre aprendi (e pratiquei!) que uma parte significativa das nossas poupanças deviam estar preservadas do "risco" e aplicadas em produtos seguros/garantidos. Por essa razão, reservei uma percentagem das minhas poupanças neste tipo de produtos (fundamentalmente, DP e fundos do Estado), procurando sempre diversificar nos bancos e nos produtos do Estado. Agora, o que eu reparo, é que há CADA VEZ MENOS produtos de baixo risco e de rendimento garantidos (sim, porque "dar" taxas destas, à volta do 1,3% brutos, aos DP é afugentar os clientes e dizer-lhes "vão para outro lado, que eu não quero o vosso dinheiro").

Daí eu perguntar-vos, amigos deste excelente Fórum, acham correto eu "desviar" economias que tinha aplicadas em DP para as colocar agora nestes produtos do Banif? Serão, como dizem os funcionários da Banif, de risco semelhante mas que vão propiciar, potencialmente, ganhos superiores. (eu sei que, em Fundos, nada é garantido, mas...). O que acham os amigos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A razão dos bancos estarem a oferecer depósitos a prazo tão baixos é porque estão obrigados a seguir a taxa diretora do Banco Central Europeu que está em 0,05%!!! Assim, se os bancos oferecerem depósitos apartir de certa percentagem (0,05+X.... creio que o X é à volta de 1% ou 1% e pouco) começam a pagar multas...

Quanto a investimentos tem algumas opções:

- depósitos a prazo - fraca % de rendimento e por vezes abaixo da inflação;

- ações - compra um cabaz de ações (5 ou 6) europeias/americanas de empresas que conhece (coca-cola, visa, volkswagen, etc) e a longo prazo terá um retorno à volta dos 8% TANB;

- fundos de investimento - tem comissões de gestão e os rendimentos são variáveis (tal como nas ações), dependendo do que é composto o fundo. Geralmente deverá conseguir rendimentos ligeiramente inferiores aos investindo diretamente nas ações;

- obrigações - rendimento fixo com juros anuais/semestrais. Por exemplo, o Banif «oferece» obrigações de várias empresas, sendo algumas do próprio banco... nem sei se ainda têm umas a 7% do próprio banco. Têm também umas da Mota-Engil que se as comprar hoje e mantiver até ao 2019 obtem a volta de 4,4% TANB.

Se é um investidor que não gosta de correr riscos diria que deverá ter uma carteira assim estruturada:

- 60% obrigações (fazer estudo da viabilidade das empresas antes de investir);

- 20% ações ou fundos de investimento (caso tenha tempo ou não para analisar ações)

- 20% depositos a prazo (caso precise para uma urgência)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora... quanto aos 2 fundos referidos as rentabilidades a 4 anos são as seguintes:

- Banif Investimento Conservador - 2,77% (sendo que em 2013 rendeu 5%)

- Banif Investimento Moderado - 2,6% (sendo que em 2013 rendeu 7,59%)

Obrigado. Mas serão esses Fundos do Banif uma boa aplicação, a médio prazo? É que não me aconselharam mais nada!... Ou renovo os DP à taxa de 1,3% bruta (uma ridicularia!) ou então, como alternativa, sugeriram-me apenas estes 2 fundos do Banif...

Gosta de manter lá o dinheiro, mais pela tradição de já perto de 50 anos, mas... "amigos, amigos, negócios à parte"... Se os amigos me sugerirem uma aplicação melhor, que me permita "dormir descansado", não vou estar com mais sentimentalismos. O que acham?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

os ctps dão 4% em média nos cinco anos. não se pode levantar no 1 ano

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ou os certificados de aforro a 3.04%/ano

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem esta obrigação do petróleo (  ISIN XS0716979595 ) da Petrobrás, se comprar agora dá 6%/ano até 2022 e em euros e talvez seja um bom momento porque o petróleo está barato com tendençia para subir

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A razão dos bancos estarem a oferecer depósitos a prazo tão baixos é porque estão obrigados a seguir a taxa diretora do Banco Central Europeu que está em 0,05%!!! Assim, se os bancos oferecerem depósitos apartir de certa percentagem (0,05+X.... creio que o X é à volta de 1% ou 1% e pouco) começam a pagar multas...

Não pagam multas. Esses depósitos deixam é de contar para os rácios deles, o que para os bancos que têm rácios mais baixos (em teoria, mais vulneráveis) funciona como um forte incentivo a não abusar das taxas altas nos depósitos.

Esta questão das baixas taxas deve ser vista também de outra forma: é certo que há uns anos atrás havia taxas na casa dos 3%, 4% e mesmo 5%. Mas a inflação também andava mais próxima desses valores. Hoje em dia até está ligeiramente negativa! Se há uns anos atrás se considerava aceitável taxas de juro 1 ponto percentual acima do valor da inflação, diria que hoje em dia também se devia considerar - a valorização do dinheiro continua a ser esse 1% ao ano.

Não sei qual era o estado das taxas de juro no BANIF há uns anos atrás. Mas se se comparar o diferencial para o valor da inflação nessa altura (disponível no site do BCE, por exemplo) e o diferencial entre as taxas de juro e a inflação atuais, então já se pode com mais fundamento queixar se as taxas estão altas ou baixas...

Naturalmente que há outros investimentos que dão mais do que depósitos a prazo... isso já não é de agora.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem esta obrigação do petróleo (  ISIN XS0716979595 ) da Petrobrás, se comprar agora dá 6%/ano até 2022 e em euros e talvez seja um bom momento porque o petróleo está barato com tendençia para subir

Esses 6% são atractivos... É uma aplicação segura, essa da Petrobrás brasileira? Já tive experiências penalizadoras (no BPP do Dr. Rendeiro) e não quero, de forma alguma, repetir o calvário.

Será que no Banif me compram essa obrigação?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

qualquer banco pode comprar pode é ter comissões altas eu tenho comprado no Big e ultimamente no Invest com as melhores condições ainda que haja por aí umas corretoras novas com preços de saldo mas com pouca fiabilidade digo eu..............

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem esta obrigação do petróleo (  ISIN XS0716979595 ) da Petrobrás, se comprar agora dá 6%/ano até 2022 e em euros e talvez seja um bom momento porque o petróleo está barato com tendençia para subir

Isso assumindo que o preço baixo não se mantenha assim por bastante mais tempo, dando cabo da concorrência à Arábia Saudita, nomeadamente regiões com custos de exploração mais elevados (Brasil).

O que não quer dizer que não possa ser um bom investimento, agora não o considero muito seguro. Por alguma razão rende mais que os CTPM.

Esses fundos de investimento do Banif também me parecem fraquitos, já que ambos têm rentabilidades a quatro anos de 2.x%. Basta ir ao tópico dos fundos para encontrar fundos não muito agressivos que batem isso aos palmos.

Quanto a depósitos a prazo, esse do Banif é mesmo para esquecer. Invest ainda dá 3%, e vários bancos como o Activo, o Banco Privado Atlântico, o Privat Bank a dar de 2,25% para cima.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se não quer incorrer em grandes  "riscos", espere por novidades do banco Best no próximo mês de Janeiro a nivel de Depósitos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se não quer incorrer em grandes  "riscos", espere por novidades do banco Best no próximo mês de Janeiro a nivel de Depósitos.

Tem alguma "inside information" que queira partilhar connosco?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem alguma "inside information" que queira partilhar connosco?

A inside information foi o meu PFA, que me informou que em principio teriam a partir de Janeiro algumas campanhas nesse sentido com taxas interessantes, e como o Ramiro tem conta no Best pode esperar para ver o que vem daí.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas já agora e desenvolvendo o tema, embora DPs não seja o meu forte  ;D

Actualmente parece-me que os bancos só conseguem dar umas taxas melhores em 3 circunstâncias:

1º Para novos clientes e sempre para prazos curtos ( não costumam ser mais de 3 meses )

2º Para novos reforços de € nas contas ( nomeadamente em aplicações financeiras )

3º Em depósitos estruturados ( duais ), que não têm uma taxa fixa mas no fim do prazo podem dar uma taxa interessante atendendo á evolução de um activo subjacente.

Dito isto, e falando no Best, esse banco já tem uma grande taxa para novos clientes, portanto aquilo que me parece que venha a acontecer, será uma ou as duas hipóteses do fim, poderão voltar a fazer depósitos duais que me recordo que já o tinham feito há alguns anos, ou conforme os reforços que houver em aplicações financeiras.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A inside information foi o meu PFA, que me informou que em principio teriam a partir de Janeiro algumas campanhas nesse sentido com taxas interessantes, e como o Ramiro tem conta no Best pode esperar para ver o que vem daí.

Tenho conta no Best e tenho lá ainda "esquecida" uma aplicação no Bes Liquidez que, pelo que tenho acompanhado, também "esvaziou" de qualquer interesse. Portanto, talvez possa desmobilizar essas poupanças que se encontram no Liquidez e aplicá-las nesse novo produto do Best. No início do ano irei questionar o meu PFA sobre esse assunto. Obrigado.

Mas agora o que eu precisava é de uma solução para os 2 DP que se vencem estes dias no Banif. Se os Fundos de Investimento que me recomendaram "são fraquinhos", como aqui disseram, aconselham-me a retirar do Banif essas importânias e a colocá-las noutro lado?

Como eu disse aqui por diversas vezes, tenho uma ligação afetiva com banco (sou um "cliente-fundador", com um nº de conta muito baixo, já que era cliente da Caixa Económica do Funchal, isto há muitos anos, no tempo em que eu era ainda um jovem recém-licenciado a "esgravatar" trabalho) e, portanto, gostava de continuar com alguma actividade no banco. No entanto, se as alternativas que me apresentam são nulas e a concorrência apresenta melhores produtos, terei de colocar o "coração ao largo" e pensar em retirar do Banif as minhas aplicações.

Agora, só tenho de ver onde as vou colocar, já que não pretendo reforçar contas noutros bancos. Acho que aqui, como noutras situações, é importante a diversificação e se vamos meter todos os "ovos"/poupanças no mesmo "cesto"/banco, se as coisas dão para o torto... é uma desgraça! Assim, manda a precaução, julgo ser melhor - se tiver de sair do Banif - procurar outro banco e não aumentar posições em bancos onde já sou cliente. Ou será que estou a pensar mal?

======================================

VOTOS DE UM SANTO NATAL A TODOS OS AMIGOS DESTE FÓRUM

======================================

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Até 100 mil por pessoa e por banco não vejo que haja grande problema. SE forem mesmo depósitos a prazo e não produtos que tentam impingir como tal *ahem* BES *ahem*.

Logo desde que os reforços não impliquem passar acima desse patamar, eu não me preocuparia demasiado. Sobretudo porque as melhores taxas existem em bancos mais pequenos, que o FGD consegue cobrir em caso de as coisas irem para Sul.

Penso que o melhor é procurar as insituições com melhor oferta, independentemente de já ter conta lá ou não. Mas claro, como o David disse, novos clientes conseguem as melhores taxas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Até 100 mil por pessoa e por banco não vejo que haja grande problema. SE forem mesmo depósitos a prazo e não produtos que tentam impingir como tal *ahem* BES *ahem*.

Logo desde que os reforços não impliquem passar acima desse patamar, eu não me preocuparia demasiado. Sobretudo porque as melhores taxas existem em bancos mais pequenos, que o FGD consegue cobrir em caso de as coisas irem para Sul.

Penso que o melhor é procurar as insituições com melhor oferta, independentemente de já ter conta lá ou não. Mas claro, como o David disse, novos clientes conseguem as melhores taxas.

O problema é que essas taxas para "newcomers" aplicam-se a prazos muito curtos (3 meses?). É um verdadeiro "engana meninos". Passados esses 3 meses voltaria a ver-me na situação de ter que encontrar taxas mais competitivas, já que, estou certo, esses banco - depois de fidelizarem os clientes - irão oferecer pela renovação dos depósitos, novamente, taxas muito baixas, em linha com o mercado. Ou não será assim?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso não estava a falar desses de 3 meses. Estava a falar dos depósitos promocionais a 1 ano, como no Invest, Activo, Banco Privado Atlântico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso não estava a falar desses de 3 meses. Estava a falar dos depósitos promocionais a 1 ano, como no Invest, Activo, Banco Privado Atlântico.

Dos bancos que refere, tenho conta apenas no ActivoBank e foi criada com o único objetivo de gerir uma carteira de fundos (não tenho lá outros interesses). Mas vou amanhã colocar-lhes a questão das taxas de DP. Vamos ver o que têm para oferecer. Obrigado.

P.S. Em vez de aplicar num DP, não seria (mais) razoável reforçar a carteira de fundos que tenho nesse banco? O que acham?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dos bancos que refere, tenho conta apenas no ActivoBank e foi criada com o único objetivo de gerir uma carteira de fundos (não tenho lá outros interesses). Mas vou amanhã colocar-lhes a questão das taxas de DP. Vamos ver o que têm para oferecer. Obrigado.

P.S. Em vez de aplicar num DP, não seria (mais) razoável reforçar a carteira de fundos que tenho nesse banco? O que acham?

Sugestão/pergunta: Porque não Certificados de Aforro ou Certificados do Tesouro Poupança Mais?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sugestão/pergunta: Porque não Certificados de Aforro ou Certificados do Tesouro Poupança Mais?

Obrigado pela resposta. Já tenho uma parcela das minhas poupanças nesses 2 produtos do Estado. Não sei se o cenário do "hair cut" já está totalmente afastado, mas entre reforçar novamente em Certificados do Estado ou em Fundos, talvez estes últimos deem uma maior rendibilidade, mas, claro, não são "certo nem seguros", como aliás quase tudo, actualmente, na finança...

Confesso, eu ficava mais tranquilo se constituísse um DP, aliás na senda das aplicações anteriores (estas poupanças estiveram aplicadas em DP que se vencem este mês), contudo as taxas que o Banif "oferece" são tão insignificantes (1,3% brutos) que me obrigam a ter que encontrar alternativas.

Vou pensar, neste fim de semana...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela resposta. Já tenho uma parcela das minhas poupanças nesses 2 produtos do Estado. Não sei se o cenário do "hair cut" já está totalmente afastado, mas entre reforçar novamente em Certificados do Estado ou em Fundos, talvez estes últimos deem uma maior rendibilidade, mas, claro, não são "certo nem seguros", como aliás quase tudo, actualmente, na finança...

Confesso, eu ficava mais tranquilo se constituísse um DP, aliás na senda das aplicações anteriores (estas poupanças estiveram aplicadas em DP que se vencem este mês), contudo as taxas que o Banif "oferece" são tão insignificantes (1,3% brutos) que me obrigam a ter que encontrar alternativas.

Vou pensar, neste fim de semana...

Outra sugestão: abrir conta no activobank e usufruir da taxa promocional nos depositos a prazo para novos clientes. 2,6% se for a 6 meses e 2,5% se for 1 ano.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Outra sugestão: abrir conta no activobank e usufruir da taxa promocional nos depositos a prazo para novos clientes. 2,6% se for a 6 meses e 2,5% se for 1 ano.

Mas eu já disse aqui que TENHO conta no Activobank...

Será que eles dão essa(s) taxa(s) também ao actuais clientes, quando se trata da entrada de dinheiro "novo"?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor