Ramiro Costa

O que fazer com (pequena) carteira de ações...

19 publicações neste tópico

Amigos,

Tenho num banco, há já alguns anos, uma pequena carteira de acções. Basicamente, foi sendo constituída ao longo das privatizações. As empresas são: BCP, PT, EDP e NOS. Eu ia como "pequeno investidor" e fui ficando com umas migalhas. Atualmente, a sua valorização não passa dos 15K.

Agora, o que me está a tolher é o facto do banco me cobrar 12€ por trimestre (portanto, quase 50€ por ano), para ter lá a carteira. Quer dizer, já não bastava a grande desvalorização que as ações têm tido, agora ainda tenho o banco "à perna" a rapar-me mais dinheiro.

Não sei bem o que fazer. O que acham? Vendo as acções e não penso mais nisso? Ou acham que as devo manter? O momento não é muito bom para vender acções, por não?

Já agora, sabem dizer-me se existe algum banco que não cobre dinheiro pelo depósito destes títulos? A haver, sabem se eu posso transferir para lá estas acções sem grandes custos?

Desde já agradeço um conselho.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, sabem dizer-me se existe algum banco que não cobre dinheiro pelo depósito destes títulos? A haver, sabem se eu posso transferir para lá estas acções sem grandes custos?

Não sei como é a transferência, depende do banco onde atualmente tem a carteira, mas o banco Invest não cobra pela custódia dos títulos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei como é a transferência, depende do banco onde atualmente tem a carteira, mas o banco Invest não cobra pela custódia dos títulos.

Agradeço. Tenho a carteira no Banif e, como disse, eles cobram 12€ trimestralmente. Ora, para uma carteira tão reduzida e tão pouco rentável (o valor destas acções portuguesas que tenho em carteira tem descido substancialmente), estes cerca de 50€ anuais pelo depósito da carteira no Banif agrava ainda mais a situação de perda.

É por esta razão que eu até estava disposto a vender estas acção e resolver, de vez, este assunto, contudo também compreendo que estas acçoes portuguesas estão tão, tão, tão desvalorizadas (veja-se o caso da PT), que faça com que não seja oportuno (ou nada lucrative) vender agora, neste momento de recessão bolsista, este pequeno lote de acções.

Eu posso telefonar para o Banif e perguntar quanto eles cobram pela transferência da carteira, mas antes convinha-me saber se há bancos que nada cobram em recebê-la. Por exemplo, o BIG ou o Best (bancos onde sou cliente) será que cobram pelo depósito das acções?

O melhor é eu "por-me em campo" e saber exactamente qual o valor das comissões de transferência e de custódia. Ou então vender mesmo as acções e suportar (mais) um rombo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muitos bancos/corretoras não cobram nada por depósitos de títulos. Best incluído. O que normalmente há sempre é comissões pelo banco onde estavam os títulos (neste caso o Banif).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muitos bancos/corretoras não cobram nada por depósitos de títulos. Best incluído. O que normalmente há sempre é comissões pelo banco onde estavam os títulos (neste caso o Banif).

Muito obrigado. Efectivamente, se o Best não cobra nada pelo depósito destas acções e como já tenho lá conta, o melhor mesmo será transferir esta pequena carteira de acções do Banif para o Best.

Ainda pensei em vendê-las (um pequeno lote de acções do BCP, PT, EDP e NOS) mas como, presentemente, o valor destas acções portuguesas anda muito, muito por baixo, creio que o que se será mais razoável é mesmo manter as acções enquanto estiverem tão desvalorizadas e tentar vendê-las apenas quando "arrebitarem". Não sei se esse dias estará próximo (duvido que esteja...), mas também vender ao desbarato também não me perece ser a melhor atitude. Não acham?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado. Efectivamente, se o Best não cobra nada pelo depósito destas acções e como já tenho lá conta, o melhor mesmo será transferir esta pequena carteira de acções do Banif para o Best.

Ainda pensei em vendê-las (um pequeno lote de acções do BCP, PT, EDP e NOS) mas como, presentemente, o valor destas acções portuguesas anda muito, muito por baixo, creio que o que se será mais razoável é mesmo manter as acções enquanto estiverem tão desvalorizadas e tentar vendê-las apenas quando "arrebitarem". Não sei se esse dias estará próximo (duvido que esteja...), mas também vender ao desbarato também não me perece ser a melhor atitude. Não acham?

No Best paga 6€ ou 5€ + IVA dependendo do tipo de conta, existe é a possibilidade de aderir ao Best Trading Pro onde não existe essas comissões, no entanto este serviço não aceita carteiras de titulos vindo de outro banco ou do próprio banco salvo erro, só aceita transferencias de dinheiro, portanto teria de vender os titulos e depois voltar a comprar no Best Trading Pro.

1º contacte o banco e fique a par do précário efectivo antes de tomar decisões.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No Best paga 6€ ou 5€ + IVA dependendo do tipo de conta, existe é a possibilidade de aderir ao Best Trading Pro onde não existe essas comissões, no entanto este serviço não aceita carteiras de titulos vindo de outro banco ou do próprio banco salvo erro, só aceita transferencias de dinheiro, portanto teria de vender os titulos e depois voltar a comprar no Best Trading Pro.

1º contacte o banco e fique a par do précário efectivo antes de tomar decisões.

Obrigado, David. Essa foi a "solução" que um funcionário do Best aqui do Marquês do Pombal me deu. Mas eu não tenho nenhum interesse específico em manter as acções. Só as tenho ainda - reconheço - por simples inércia, pois, como disse já, adquiri-as há bastante tempo, no momento das "privatizações". Foram ficando e... ainda as tenho (é pouca coisa, não chega presentemente aos 15K). O que me está a custar - para a lém da desvalorização acentuada que têm tido - são os encargos com o depósito das ditas.  São 12,30€ por trimestre. É dinheiro!

Isto só para dizer que essa sugestão de "dever e voltar a comprar" não me passa pela cabeça. Não tenho interesse nisso.

A solução em que pensei - para não estar a vender as ações agora, pois estão muito desvalorizadas - foi transferi-las do Banif (onde estão) para outro banco onde esse depósito fosse gratuito ou bem menos expressivo que os quase 50€ anuais que o Banif me cobra.

Ainda não consegui saber quanto terei de pagar ao Banif pela transferência deste pequeno lote de acções. Mas se forem valores avultados e se também não conseguir arranjar um banco que cobre taxas mais aceitáveis pela guarda da carteira, então equacionarei (mesmo) a venda das acções.

Primeiro, não tenho "perfil" para ser detentor de acções (tenho estas há vários anos e nunca fiz nada com elas); segundo, no estado estado que está a economia portuguesa, não vai ser durante a minha vida, infelizmente, que estas acções nacionais irão subir de cotação significativamente.

Portanto, ou efectuarei a transferência se os valores forem aceitáveis ou então... vendo as acções (necessariamente perdendo dinheiro, pois elas estão todas "pelas ruas da amargura"... então a PT e o BCP nem é bom falar!...). Enfim, este meu pobre país tem sido uma desgraça, por responsabilidade única de quem (des)governa... Nunca pensei ver isto chegar onde chegou. Uma vergonha, é o que é!

P.S. Quero felicitá-lo, David, pelo seu excelente trabalho neste fórum. Bem haja!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado  :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não quero abusar da amabilidade dos amigos, mas o que acham da oportunidade de eu vender, nestes próximos dias, esta minha pequena carteira de acções (BCP, PT, EDP e NOS)? A sua valorização actual não atinge os 15K.

Pelo que eu tenho lido e ouvido falar, as acções nacionais andam muito por baixo (então a PT e o BCP...) e eu não sei se para um pequeno investidor como eu, que pouco percebe destes meandros, faz sentido continuar a ter (há anos que tenho estas acções!...) esta carteira, que tem vindo a desvalorizar-se a olhos vistos. Para além disso, há o problema, como eu já referi aqui, dos custos com a "custódia dos títulos" que me leva por ano cerca de 50€.

Pergunto, fará sentido, financeiramente, manter estas acções (com os custos associados)? Há alguma perspectiva, pelo que se vai sabendo "nos corredores da Finança", destas empresas (BCP, PT, EDP e NOS) poderem recuperar e verem as suas acções subir?

No meu lugar, o que fariam?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não quero abusar da amabilidade dos amigos, mas o que acham da oportunidade de eu vender, nestes próximos dias, esta minha pequena carteira de acções (BCP, PT, EDP e NOS)? A sua valorização actual não atinge os 15K.

Pelo que eu tenho lido e ouvido falar, as acções nacionais andam muito por baixo (então a PT e o BCP...) e eu não sei se para um pequeno investidor como eu, que pouco percebe destes meandros, faz sentido continuar a ter (há anos que tenho estas acções!...) esta carteira, que tem vindo a desvalorizar-se a olhos vistos. Para além disso, há o problema, como eu já referi aqui, dos custos com a "custódia dos títulos" que me leva por ano cerca de 50€.

Pergunto, fará sentido, financeiramente, manter estas acções (com os custos associados)? Há alguma perspectiva, pelo que se vai sabendo "nos corredores da Finança", destas empresas (BCP, PT, EDP e NOS) poderem recuperar e verem as suas acções subir?

No meu lugar, o que fariam?

se ajuda, a semana passada entrei na nós sgps 200 papeis mas também é só para ver se paga o jantar de natal de familia...lol

pondere se acredita num quantative easing agressivo por parte do bce a curto medio prazo nesse caso seria de manter a carteira de acções , pondere bem, que pode bem acontecer isso...ou não ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se ajuda, a semana passada entrei na nós sgps 200 papeis mas também é só para ver se paga o jantar de natal de familia...lol

pondere se acredita num quantative easing agressivo por parte do bce a curto medio prazo nesse caso seria de manter a carteira de acções , pondere bem, que pode bem acontecer isso...ou não ;)

O amigo vai desculpar-me, mas essas designações como "quantative easing" passam-me completamente ao lado... Percebo pouco de termos financeiros, embora saiba ver/analisar muito bem quando as coisas estaão "a subir" e dão lucro ou quando descem a pique (como tem sido o caso) e dão prejuízo.

Felizmente, eu tenho a vida estabilizada (sempre tive uma vida de trabalho e já vou nos setenta e tais ...) e não preciso vender as acções por necessidade. O que me perturba é o facto desta carteira, que possou há vários anos, ser um autêntico "balão furado" (sempre a descer...) e ter que pagar, só por manter esta "pérola", cerca de 50€ anualmente áo banco (Banif) como custódia de títulos.

Posso manter as acções (também já as tenho há tantos anos...), agora custa-me ter que pagar (os tais cerca de 50€ de custódia) para assistir a este "afundamento" progressivo do valor desta pequena carteira. É masoquismo...

Os amigos deste fórum que têm acções, quanto pagam trimestralmente/anualmente pela custódia desses títulos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Posso manter as acções (também já as tenho há tantos anos...), agora custa-me ter que pagar (os tais cerca de 50€ de custódia) para assistir a este "afundamento" progressivo do valor desta pequena carteira. É masoquismo...

Os amigos deste fórum que têm acções, quanto pagam trimestralmente/anualmente pela custódia desses títulos?

Parece-me que o amigo Ramiro já respondeu a si próprio várias vezes ao longo do tópico: não está confortável com as acções, já "perdeu" mais do que queria perder, então acho que o melhor é vender e ficar descansado com isso. Ainda mais se o dinheiro não está a fazer falta, invista o que conseguir na venda num produto que o deixe mais confortável.

Eu, como já disse, pago 0€ por ter a minhas acções no Banco Invest. Se fosse para as deixar estar a ver se sobem alguma coisa, mudava-as imediatamente para o Invest (ou outro sem comissões de guarda) antes que caia mais uma comissão trimestral...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parece-me que o amigo Ramiro já respondeu a si próprio várias vezes ao longo do tópico: não está confortável com as acções, já "perdeu" mais do que queria perder, então acho que o melhor é vender e ficar descansado com isso. Ainda mais se o dinheiro não está a fazer falta, invista o que conseguir na venda num produto que o deixe mais confortável.

Eu, como já disse, pago 0€ por ter a minhas acções no Banco Invest. Se fosse para as deixar estar a ver se sobem alguma coisa, mudava-as imediatamente para o Invest (ou outro sem comissões de guarda) antes que caia mais uma comissão trimestral...

Tem toda a razão. O amigo dava para psicólogo...

O meu problema é que não tenho conta no Invest... Vou perguntar àqueles bancos (mais "leves") onde tenho conta (Best, Activo e Big) se algum deles não cobra nada pelo depósito da carteira de acções. Se encontrar algum e se o Banif não pedir muito dinheiro pela transferência, então efetuo essa troca.

Se, pelo contrário, vir muitas dificuldades e me exigirem pagamentos desproporcionados, então... bye-bye acções! Pelo que me tem acontecido ultimamente, ter que assumir "perdas" já começa a ser recorrente.

Não estou a gostar nada disto...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E o tal estruturado da Nokia?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E o tal estruturado da Nokia?

Esse já o "passei a patacas" com um grosso prejuízo. Estive 5 anos sem receber 1 centavo de rendimento e agora, no fim do período, só consegui reaver 92,5% do que investi há 5 anos atrás.

Nem quero pensar (mais) nisso, amigo David, que ainda me dá uma apoplexia...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parabéns pela decisão, pode se concluir que terá sido a correcta, a ver-se o estado das bolsas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parabéns pela decisão, pode se concluir que terá sido a correcta, a ver-se o estado das bolsas

Eu não acompanho as bolsas internacionais, mas quer a Nokia como a Gazprom sofreram, ao longo destes 5 anos, consideráveis descidas da cotação, o que fazia muito pouco provável que ambas, em simultâneo, conseguissem atingir, no final deste mês, 75% da cotação inicial (isso dá bem pra ver o que perderam...).

Nesta conformidade, e seguindo os conselhos de alguns amigos aqui do forum, resolvi vender. "Ponto final. Parágrafo". A partir daqui, deixei de pensar nisso.

Só um comentário. Fiquei um pouco decepcionado com a falta de alternativas que me apresentaram no Best para reaplicar a importância resultante da venda destas "notes". Só me apresentaram "fundos", e "fundos" e mais... "fundos"! São uma verdadeira praga, que "secou" toda e qualquer diversidade. Eu queria diversificar e a sugestão do PFA foi... "diversifique nos "fundos"!! (por setores, por regiões...).

Ora bolas!... Não era nisso que eu estava a pensar, naturalmente.

Vai daí, coloquei o dinheiro em produtos do Estado (fifty/fifty nos 2 mais conhecidos), só mesmo para "desenjoar" dos fundos. Daqui a nada, tinha todas as minhas economias nessas traquitanas e isso é coisa que eu não aprecio. que me desagrada. Gosto de variar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Neste momento o mundo inteiro anda à caça de rentabilidades elevadas, o que é complicado pois a maior parte dos activos tradicionais estão com valorizações elevadas, como por exemplo o mercado das obrigações (base para CLNs e algumas notas). Por esse motivo, penso que seja difícil para os bancos oferecem alternativas aliciantes, para além de "tentarmos a nossa sorte" com fundos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parece-me que o amigo Ramiro já respondeu a si próprio várias vezes ao longo do tópico: não está confortável com as acções, já "perdeu" mais do que queria perder, então acho que o melhor é vender e ficar descansado com isso. Ainda mais se o dinheiro não está a fazer falta, invista o que conseguir na venda num produto que o deixe mais confortável.

Eu, como já disse, pago 0€ por ter a minhas acções no Banco Invest. Se fosse para as deixar estar a ver se sobem alguma coisa, mudava-as imediatamente para o Invest (ou outro sem comissões de guarda) antes que caia mais uma comissão trimestral...

Será que ainda venho a tempo de dar um contributo em relação a esta questão?...

Sr. Ramiro se manteve essa carteira de acções durante tanto tempo (5 anos), provavelmente a mesma teve um objectivo?

O facto de pagar 50€ anuais, deve ficar menos pois recebe dividendos da EDP/PTC/NOS.

Não sabendo o custo de aquisição das mesmas, diria que deve estar a perder na PTC. A ganhar na NOS e provavelmente na EDP, se a isto juntar os dividendos, já diluiu o prejuízo.

Cuidado com o querer vender ao desbarato, mas como não costuma seguir a bolsa. Após as últimas semanas de desvalorizações enormes, é prováveel que esteja para breve um ressalto e o PSI20 vá à boleia.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor