Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante Raquel Silva

Dívida Zon (NOS)

5 publicações neste tópico

Boa tarde,

Venho por este meio expor uma situação incómoda.

Tentei este ano colocar os serviços da operadora ZON na minha residência em meu nome e foi-me negada a prestação de serviços em meu nome. Essa recusa era resultante de uma antiga dívida à mesma operadora respeitante a umas facturas do ano de 2007 quando eu residia numa outra morada, facturas essas que eu desconhecia pois não era eu que efectuava o pagamento desse serviço e julgava estar tudo saldado.

Indignada com o sucedido, resolvi contactar a mesma operadora e foram-me facultados os dados para proceder ao pagamento pois tal situação já se encontrava no Banco Nacional de Injunções.

A minha questão é se é possível a operadora vir cobrar pagamento referente a 2007 sendo que nunca entrou em contacto comigo anteriormente. Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não entrou em contacto ou não recebeste o contacto - é diferente.

Provavelmente a dívida já prescreveu. No entanto, nenhuma operadora é obrigada a aceitar clientes - sobretudo quando têm um histórico de não pagamento... Se a dívida efetivamente existe é pagá-la e pronto (não sei se consegues esclarecer as coisas com quem efetuava o pagamento nessa altura?). Se não é legítima, então contesta-a (podes começar por tentar invocar a prescrição, por exemplo). Pode ser que havendo um pouco de luta eles deixem cair...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Pauloaguia,

Antes de mais, obrigada pela sua resposta.

De facto, a operadora nunca entrou em contacto comigo para efectuar qualquer pagamento, pois o meu contacto deve encontrar-se na base de dados e nunca recebi nenhum telefonema nem nenhuma carta a notificar-me de tal situação.

É certo que nenhuma operadora é obrigada a aceitar clientes tendo em conta a situação existente, mas isso não é colocado em causa.

A minha questão é mesmo saber se poderei "esquecer" o assunto pois já prescreveu ou se devo entrar de novo em contacto com a operadora para efectuar o pagamento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A minha questão é mesmo saber se poderei "esquecer" o assunto pois já prescreveu ou se devo entrar de novo em contacto com a operadora para efectuar o pagamento.
Normalmente essa tática do "esquecer" dá mau resultado.

As coisas não se resolvem se ninguém fizer nada...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Pauloaguia,

"Esquecer" não deve ser entendido em sentido pejorativo.

Só pretendo saber se, de facto, a situação em causa prescreveu e se eu posso pedir essa mesma prescrição ou se sou obrigada, legalmente, a efectuar o pagamento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0