aaviador

Seguros do Crédito à Habitação - permanência obrigatória?

13 publicações neste tópico

Olá a todos.

Já sou um habituée do fórum, mas nunca me inscrevi.

Procurei por aqui, mas não encontrei a resposta a uma dúvida minha.

Tenho os meus seguros associados ao Banco onde fiz o meu crédito à habitação (MG).

Constato todos os anos que os seguros são cada vez mais elevados. Este ano tentei por cobro a esta situação e no banco disseram-me que tinha que pagar uma comissão de 100€ para poder mudar de seguradora.

Consultei a escritura pública e o contrato adicional e, verifiquei na cláusula nona, onde apenas refere que deverei dar conhecimento  e solicitar ao Montepio a referida alteração [alínea d)].

Anteriormente há uma cláusula muito genérica (quase uma norma em Branco, pois de tão abrangente que é tudo lá cabe dentro) que refere que as despesas de expediente, serviços prestados pela CEMG, comissões e outros encargos terão de ser suportadas por mim.

Há alguma legislação que proíba os Bancos de cobrar estas comissões?

Terei mesmo que pagar para escolher uma nova seguradora onde os riscos cobertos são os mesmos, mas cuja diferença vai além de 60 Euros?

Se me puderem elucidar agradeço, desde já,

Cumprimentos

aaviador

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eles ñ podem fazer isso! Alias uma coisa que eles normalmente colocam nos contratos é a bonificação no spread por fazer lá os seguros e qd tentamos alterar correm para nos penalizar no spread, já tive varias situações dessas com alguns clientes mas como a sua ainda ñ me tinha acontecido. Até pq grande parte das vezes mesmo assim com a alteração do spread compensa mudar de seguro normalmente qd já se tem mais de 35 anos a diferença é grande.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois mas eu tenho 35 anos e esta clásula é mesmo em branco.

O que poderei fazer para poder mudar de seguro?

Fazer uma queixa no livro de reclamações ou directamente no BdP???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já depois da entrada em vigor do Decreto-Lei n.º 171/2008 de 26 de Agosto alterei o meu seguro de vida no BPI, para outra seguradora (Victória Seguros) e o Banco não me cobrou qulaquer comissão, pela emissão da carta de desinteresse no seguro anterior.

Antes da entrada em vigor do diploma acima referida cobrava € 70,00 para emtir essa mesma carta.

Questiona o Monteipo através do HomeBanking com esta simples pergunta; existem custos sobre para que proceda à alteração da companhia seguradora, associada ao empréstimo xxxxxxx?

Na grande parte das vezes as dependência bancárias são geridas conforme se da quinta do gerente se tratasse.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se estiver essa situação prevista no preçário, talvez. Mas, não sei porquê, não me parece o tipo de coisas que ponham no preçário.

Acho que a melhor sugestão é a do hsfarao - faz-te de muito ocupado para ir ao balcão e pede a informação directamente aos serviços centrais do banco (EX: http://www.montepio.pt/v10/PT/jsp/montepio/phone24/contacto.jsp)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado a todos.

A situação é deveras estranha. Mandei um e-mail para o meu balcão com a informação que não me poderiam cobrar nada pois no preçário que existe na Net tal situação não está prevista.

A resposta que obtive foi que os preçários da Internet são apenas para as operações que se realizam na Internet. Ora, e eu não sou cego e sei ler, verifico que existe ali também mencionado os preçários que se praticam ao balcão e na Chave24.

Contactei a DECO, depois de ter colocado este post aqui e a resposta foi que me deveria seguir pelo meu contrato adicional. Sobre a dita cláusula aberta ou abusiva disseram não adiantaram mais nada de novo.

Envieei novo e-mail para o balcão, com conhecimento para a Provedoria do Cliente. Vou ficar a aguardar uma resposta e depois logo veremos onde isto vai dar.

Já depois da entrada em vigor do Decreto-Lei n.º 171/2008 de 26 de Agosto alterei o meu seguro de vida no BPI, para outra seguradora (Victória Seguros) e o Banco não me cobrou qulaquer comissão, pela emissão da carta de desinteresse no seguro anterior.

Mas este Dec.-Lei não se refere apenas às comissões pela extensão do contrato ou renegociação do spreed?

É que o Montepio levou-me 52,00€, quando o referido diploma ja estava em vigor. Foram tão arrogantes que me debitaram a referida quantia apenas com o descritivo "DESPESAS". Só passados cinco meses consegui que me devolvessem esta quantia.

Apresentei queixa no BdP e recebi uma carta em casa a dizer que tinham recebido do Montepio a resposta que o problema já tinha sido resolvido com o cliente. Absoluta mentira. Tive que ameaçar novamente o Montepio com outra queixa ao BdP.

Por este facto decidi retirar as minhas pequenas economias do Montepio e tudo o que diga respeito a dinheiro naquela instituição.

Por agora queria tirar também de lá os seguros, não só porque estou um pouco revoltado com toda esta situação, pois como sempre afirmei "quem manda no meu dinheiro sou eu" como pelo facto de na nova seguradora ser um seguro mais barato.

Ainda não mudei o crédito para outra instituição bancária porque está difícil obter o mesmo spreed que já tenho, ou seja, 0,4%.

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aconteceu-me algo parecido. Tenho o CH no BES e também tinha lá os respectivos seguros (casa e vida). Tinha também dois seguros automóveis noutra seguradora não relacionada com o banco. No início de 2008 apareceu-me uma outra seguradora com preços mais baixos para as mesmas coberturas, que me permitiriam poupar cerca de 300,00 €/ano no conjunto dos seguros (casa, vida e automóveis).

A nova seguradora tratou da papelada necessária para a transferência de todos os seguros e eu nem tive de me incomodar. Para mim, a história tinha acabado aqui.

Pouco tempo depois de tirar os seguros do BES, detectei um débito de 300,00 € na conta à ordem. Informaram-me ao balcão que era uma taxa devida pela alteração das condições contratuais, ou seja, por ter tirado de lá os seguros. Reclamei, aborreci-me, mas lá me devolveram o dinheiro.

Conclusão: tudo se resolveu a meu favor, embora tenha ficado sem perceber de que lado estava a razão do ponto de vista puramente legal. Lendo o meu contrato de CH, parece-me que a cobrança da taxa (ou uma eventual alteração do spread) até poderia ser legítima, embora os valores sejam discutíveis.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho novas notícias:

Contactei o Banco de Portugal e este diz-me que o Montepio não pode levar tal comissão. Como está escrito no meu contrato de crédito que tenho os seguros ali subscritos terei que efectuar uma alteração contratual. Aqui não me podem levar comissões. O mais engraçado é que esta alteração contratual só se efectua se ambas as partes estiverem de acordo em fazê-la. Resumindo temos uma pescadinha de rabo na boca.

Enviei mail para o Montepio já lá vão 6 dias e até agora nenhuma resposta. Hoje enviei novo e-mail dando-lhes um prazo de 3 dias para me responderam. Caso não obtenha resposta mudo de seguradora e mais nada.

Vou ficar a aguardar a resposta.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Algo de estranho se passou: ::)

Segui o conselho pauloaguia  e solicitei através dos novos canais (vulgo homebanking) informação sobre as comissões nas alterações dos seguros do empréstimo à habitação.

Não obtive resposta. Passados cinco dias insisti e eis que a resposta chegou hoje com o seguinte teor:

Estimado Cliente,

Agradecemos, novamente, o seu contacto, pedindo desculpa pela demora na resposta.

No seguimento da sua mensagem, vimos informar que a Transferência de Seguros associados ao seu Crédito

Habitação para outra Instituição, não tem qualquer comissão associada.

Encontramo-nos disponíveis para prestar os esclarecimentos que considere necessários.

Com os melhores cumprimentos,

Montepio,

Departamento de Canais.

Acontece que uma funcionária, do meu balcão gestor, enviou-me uma carta onde é referido que por cada seguro cobram 100€, ou seja, 200€ pelo Multi-risco e Seguro de Vida.

E agora que fazer perante esta contradição?

Contudo já andei a fazer sondagens noutros bancos e encontrei no BBVA algumas condições razoáveis, tendo apenas o senão de ter que subscrever cartão de crédito (2 primeiros anos gratuitos  e depois anuidade de 24€) e os seguros obrigatórios, que acabam por ficam mais caros ainda que no Montepio. Mas o spreed aplicável é de 0,35. O prazo do empréstimo é o mesmo e pagam todas as despesas inerentes à transferência, escritura e registos e comissão de amortização ao Montepio (crédito que falta amortizar X 0,5%).

Acham que é boa ideia mudar o empréstimo para o BBVA? Ou insistir com o Montepio para mudar de seguradora a custo zero face à informação contraditória que eles forneceram??

Que impressão têm do BBVA e como costumam ser tratar os clientes, nomeadamente ao nível da transparência?

Obrigado pela vossa atenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ola aaviador,

Acho que há ainda outra opçao, a de solicitar a mudança de conta para outra agencia montepio, pode ser que aí haja mais algum profissionalismo, já que os funcionários também sao outros. Assim poderia poupar muitas chatices e com sorte, na altura da revisao do credito compensavam com uma baixa do spread pelo transtorno que lhe causaram. ;D

Isto e só uma opinião de quem ainda pouco percebe...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Algo de estranho se passou: ::)

Segui o conselho pauloaguia  e solicitei através dos novos canais (vulgo homebanking) informação sobre as comissões nas alterações dos seguros do empréstimo à habitação.

Não obtive resposta. Passados cinco dias insisti e eis que a resposta chegou hoje com o seguinte teor:

Estimado Cliente,

Agradecemos, novamente, o seu contacto, pedindo desculpa pela demora na resposta.

No seguimento da sua mensagem, vimos informar que a Transferência de Seguros associados ao seu Crédito

Habitação para outra Instituição, não tem qualquer comissão associada.

Encontramo-nos disponíveis para prestar os esclarecimentos que considere necessários.

Com os melhores cumprimentos,

Montepio,

Departamento de Canais.

Acontece que uma funcionária, do meu balcão gestor, enviou-me uma carta onde é referido que por cada seguro cobram 100€, ou seja, 200€ pelo Multi-risco e Seguro de Vida.

E agora que fazer perante esta contradição?

Pelo menos tens as duas respostas por escrito, da´ para continuar o "joguinho" ;) (partindo do principio que em ambos os casos fizeste a mesma pergunta, claro)

Responde a esse mail referindo a contradiçao com a carta que te enviaram do balcao e perguntando qual das respostas e´ afinal a valida?

Faz o mesmo para o balcao referindo a resposta do homebanking e faz a mesma pergunta.

De posse dessas duas informaçoes contraditorias ate´ da´ ideia que no balcao estao a tentar meter dinheiro ao bolso em proveito proprio e nao em proveito do banco... como sera´ que eles vao reagir?

Contudo já andei a fazer sondagens noutros bancos e encontrei no BBVA algumas condições razoáveis, tendo apenas o senão de ter que subscrever cartão de crédito (2 primeiros anos gratuitos  e depois anuidade de 24€) e os seguros obrigatórios, que acabam por ficam mais caros ainda que no Montepio. Mas o spreed aplicável é de 0,35. O prazo do empréstimo é o mesmo e pagam todas as despesas inerentes à transferência, escritura e registos e comissão de amortização ao Montepio (crédito que falta amortizar X 0,5%).

Acham que é boa ideia mudar o empréstimo para o BBVA? Ou insistir com o Montepio para mudar de seguradora a custo zero face à informação contraditória que eles forneceram??

Que impressão têm do BBVA e como costumam ser tratar os clientes, nomeadamente ao nível da transparência?

Nao trabalho com nenhum dos bancos. Mas, como diz FDMA, o nome do banco nem sempre diz tudo sobre a forma como os clientes vao ser tratados - de uns balcoes para os outros as pessoas mudam e uma parte significativa da relaçao com os clientes nestes casos e´ feita por essas pessoas, portanto tanto podes ter sorte como nao.

Como pelos vistos tens uns elementos mais caros e outros mais baratos, e a TAE ja leva em conta outros elementos passados nao vai facilitar a comparaçao faz o seguinte:

* Usando os simuladores do blog (nomeadamente o mapa de juros) para calcular quanto ainda te falta pagar de juros ao dia de hoje. Usa como dados o montante ainda em divida, o prazo remanescente e a taxa de cada um dos creditos (media da Euribor mais o spread de cada um).

* Para cada caso soma a esse valor o quanto pagas (ou irias pagar) de seguros. E´ importante nao esquecer que este sera´ apenas um indicador - os seguros aumentam com a idade e diminuem com o capital em divida portanto e´ um pouco dificil saber de que forma vao evoluir... e os mais baratos hoje ate´ poderiam ser mais caros amanha, se calhar. Na duvida limita-te a multiplicar o pagamento mensal por 12. Aproveita e divida a conta do Montepio em duas - numa mantendo os seguros actuais; a outra representando o caso de sempre conseguires passar para os tais seguros mais baratos.

* Para o total do BBVA acrescenta as despesas que vais ter que contrair (anuidade do CC, por exemplo) e retira as que vais deixar de ter no Montepio (se deixares de meter dinheiro num PPR que tinhas por causa do emprestimo ou descontinuares o CC, etc). Acrescenta ainda as depesas com a transferencia que o BBVA nao pague (comissao por amortizaçao antecipada, por exemplo).

No final ficas com o custo total caso mantenhas o emprestimo no Montepio e caso optes por transferir para o BBVA. Assim podes objectivamente decidir se vale a pena ir em frente com o emprestimo ou nao.

Independentemente disso, e ja´ que te deste ao trabalho de procurar alternativas, podes sempre usar a transferencia para outro banco como argumento para renegociar melhores condiçoes no te emprestimo com o Montepio ;)

Ainda sobre os seguros - o DL 171/2008 tem, no seu texto o seguinte:

                          Artigo 4.o

      Princípio da intangibilidade do contrato de seguro

  1 — O reembolso antecipado total com vista à transferência do crédito para instituição de crédito diversa, em condições que não afectem os riscos abrangidos pelos contratos de seguro celebrados para garantia da obrigação de pagamento no âmbito do contrato de mútuo, não prejudica a validade dos contratos de seguro, sem prejuízo da substituição do beneficiário das apólices pela nova

instituição mutuante.

  2 — O disposto no número anterior prevalece sobre qualquer cláusula contratual em sentido contrário, ou que de alguma forma agrave a posição do segurado ou do mutuário em função da transferência do crédito.

Isto quer dizer que poderias manter os seguros actuais mesmo em caso de transferencia para outro banco.

Agora, o BBVA pode e´ nao te dar um spread tao bom nesse caso... Mas feitas as contas podia ser que compensasse...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pauloaguia.

Ainda não confrontei o Montepio com esta resposta obtida pelo serviço Homebanking, já converti as mensagens para PDF e vou enviar o e-mail agora mesmo.

Quanto à simulação terei que saber ao certo os valores cobrados pelo BBVA, é que no Montepio nada me faz depender do spread, ou seja, no contrato não havia qualquer produto associado para que o spread ficasse mais baixo, inclusive nem os seguros obrigatórios.

Também estar a transferir o crédito para ouyra instituição, ainda que fique com um spread de 0,35% não me vai compensar se tiver os encargos com Cartões de Crédito e com seguros mais caros. Apesar disto tudo estou indeciso ainda, por uma razão: [o BBVA paga a totalidade da comissão de reembolso antecipado ao Montepio] divide o meu crédito em duas partes e até metade do contrato se eu fizer amortizações não pago comissão de penalização (0,5% do capital amortizado). Julgo que me entenderam?

Se eu tiver um empréstimo de 50.000 € a 30 anos, durante 15 anos poderei amortizar 25.000,00 € sem qualquer penalização.

Será uma ideia boa? Vou fazer as contas no simulador...  ;D ;D ;D ;D ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Basicamente parece-me que estás satisfeito com o Montepio, existindo só o senão da comissão para mudar de seguros. Mas essa situação é facilmente resolvida, porque pura e simplesmente não te vão cobrar dinheiro e caso o façam expões o caso superiorente e em último recurso para o BP.

O confronto das duas respostas obtidas (homebanking e balcão) vão ser-te favoráveis.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor