Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
geoventus

Crédito Habitação CAJA DUERO

7 publicações neste tópico

Boas tardes a todos.

Gostaria de conhecer a vossa opinião sobre o que a modalidade de crédito habitação da CAJA DUERO q permite spead de 0 no primeiro ano e 0,25 nos anos seguintes.

Porém eles indexam a Euribor a 12 meses. N sei se isso será uma desvantagem ou se é indiferente consoante o comportamento da referida taxa.

Por outro lado, gostaria de saber se o banco (CAJA DUERO) pode aumentar o spread sem que as condições (minhas) se alterem, nomeadamente no que se refere à relação com o banco (cartões, domiciliação.....).

obrigado a todos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um spread desses é raro nos dias que correm... A diferença entre a Euribor 12M e a 3M, por exemplo, está provavelmente mais baixa que a diferença desse spread para os praticados por muitos bancos hoje em dia...

Há 2 desvantagens da Euribor 12M:

* costuma estar mais tempo acima das outras do que abaixo. Mesmo quando desce abaixo das suas congéneres de prazos mais curtos, a diferença é pouco significativa. Neste caso esse spread muito baixo pode ajudar a compensar a diferença.

* A taxa só é revista ao fim de um ano. Por exemplo, quem tem Euribor 12M e viu a sua taxa revista em Outubro e Novembro fica durante um ano com uma taxa altíssima, relativamente ao resto do mercado. Em compensação tinham estado 1 ano até aí a gozar de uma taxa bastante mais baixa que os demais empréstimos, que foram tendo sucessivas revisões em alta. No total, se calhar a diferença não é tão grande como isso, depende um pouco da sorte.

Uma vez fixado, o banco não pode alterar o spread fora das condições que para isso estejam estipuladas no contrato. A única hipótese de o fazer é no âmbito de uma renegociação do contrato e aí és livre de aceitar ou não...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quando a euribor atingir os minimos vai valer a pena uma euribor 12M porque depois disso ela só terá uma opção:subir

Fui ao site deles e vi que a próxima revisão da euribor vai ser em Abril. Com a taxa euribor como está duvido muito que depois de abril ainda ofereçam a euribor 12M.

Neste momento ofereçem isso pa a taxa é de 4 e tal por cento mais spread , que este sim está muito bom

Abraços

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado a todos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas tardes novamente...

A minha questão coloca-se desta forma:

o banco com o qual pretendo contratualizar o empréstimo permite um prazo de empréstimo de 47 anos, o que num empréstimo de 50 000 euros coloca a prestação perto dos 160 euros. Isto permitir-me-ia efectuar amortizações sabendo que até 25% do valor em dívida não são tributadas pelo banco.

Porém o que será mais vantajosa, esta situação ou colocar um prazo de empréstimo mais reduzido, por volta dos 20/30 anos.

Já agora o que pensam destes números:

Despesas do banco iniciais de 700 euros :'(

Montante- 50.000,00€;

Prazo- 564 meses;

Valor da prestação: 161,70€;

Valor Seguro Vida(2 cabeças): 19,18€ (mês);

_______________________________________________________

Montante- 25.000,00€;

Prazo- 564 meses;

Valor da prestação: 80,85€;

Valor Seguro Vida(2 cabeças): 9,60€ (mês);

*Spread- inicial durante 12 meses de 0% e a partir daí 0,25% (se o rácio do valor do financiamento vs valor da avaliação for igual ou inferior a 80%), se for superior 0,65%

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em primeiro lugar não vale a pena andar a espalhar a mesma mensagem por tópicos diferentes, ainda por cima na mesma secção. Não é por isso que vai ter mais atenção. Já eliminei as mensagens repetidas.

Relativamente a esta segunda questão, acho o seguinte:

* Se o banco não cobra penalização pelas amortizações antecipadas então é indiferente pagar pela via normal ou pagar o mesmo valor sob a forma de amortização extraordinária. Mas confirma se esses 25% do capital em dívida são calculados no início de cada ano, por exemplo, ou a partir do momento em que deveres menos de 37.500€ passas a pagar... Nesse caso já não é indiferente.

* Digo que é igual se pagares o mesmo. Na prática a maior parte dos bancos impõem um limite mínimo para a amortização extraordinária que corresponderá ao montante amortizado em várias prestações. Isso quer dizer que no entretanto o teu capital em dívida é muito maior do que seria com um prazo mais curto e prestações mais altas e, por esse motivo, vais pagando muito mais de juros. Há um tópico aqui onde alguém fez simulações desse género, vale a pena procurares...

Pessoalmente eu reduziria o prazo até onde me sentisse confortável a pagar (admitindo uma eventual subida dos juros nos próximos tempos). Para além disso, podes ir fazendo amortizações extraordinárias à mesma...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gracias e desculpa a duplicação.

É q o grande dia vai ser amanhã e estou um pouco ansioso até pq já tive muitos e graves problemas com o construtor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0