Visitante m.m.a.m.

Bens em união de facto

3 publicações neste tópico

Bom dia a todos.

Estando a ponderar iniciar uma vida em união de facto com a minha companheira, ambos decidimos que isso seria em separação total de bens, para que não viesse a interferir na vida dos restantes membros das famílias já existentes.

Solicitamos alguma explicação sobre melhor a forma de realizar essa nossa decisão e porque meios deve ser feita.

O nosso obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não precisam de fazer nada :)

Só há comunhão de bens no casamento. Não estando casados, cada um tem os seus próprios bens.

Isto não quer dizer que não podem ter bens em comum (por exemplo, podem comprar a casa ou o carro em nome dos dois, se o quiserem). Mas cada um tem a sua parte. Por exemplo se a casa estiver em nome dos dois, se se divorciarem cada um tem direito à sua parte da casa; ou se um falecer, o outro mantém a propriedade de metade da casa enquanto a metade do que faleceu é distribuída pelos herdeiros.

Também não são responsáveis pelas dívidas um do outro nem vão herdar nada um do outro.

Só precisam de fazer alguma coisa se quiserem fugir à regra geral. Por exemplo, podem (devem) escrever testamento a deixar alguma coisa ao companheiro se não quiserem que ele/a fiquem sem nada do que é do outro caso venha a falecer.

Mas sem fazerem nada, cada um tem o que é seu.

Mas pode-me estar a escapar alguma coisa: que tipo de interferência estão vocês a recear?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço a resposta recebida, Obrigado  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead