Visitante tags1982

75 000 euros - investimento a longo prazo

36 publicações neste tópico

Olá :)

Após muito ponderar, acabei por decidir não aplicar 75000 euros herdados na amortização de nenhum dos meus créditos habitação: habitação :http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=9263.new;topicseen#new

Pedi sugestões de investimento no banco com que mais trabalho que é o BPI e o que me aconselharam pareceu muito pouco aliciante:

conta poupança rendimento: 1%

Seg Capitalização novo aforro Familiar: 2.85% desde o início

e enviaram-me a seguinte informação sobre fundos: http://rep.bancobpi.pt/RepMultimedia/getMultimedia.asp?channel=Multimedia%20-%20BPI%20Investimentos%20-%20Fundos&content=RentabilidadesFundos

Tentei também que com este aumento de património, fossem melhoradas as condições do meu ch (taxa: 2.85%), o que foi negado.

Assim, estou bastante inclinada a procurar outros bancos com melhores condições.

Tanto eu como o meu marido já temos PPR, mas a ideia seria mesmo investir também este montante a longo prazo (poupar para a reforma). Não somos, portanto, totalmente avessos a algum risco. A única premissa seria ter o habitual fundo de emergência para caso de desemprego mais ou menos seguro e mobilizável a curto prazo. De resto, estou aberta a sugestões :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá :)

1. Após muito ponderar, acabei por decidir não aplicar 75000 euros herdados na amortização de nenhum dos meus créditos habitação...

2. Tentei também que com este aumento de património, fossem melhoradas as condições do meu ch (taxa: 2.85%), o que foi negado.

3. Assim, estou bastante inclinada a procurar outros bancos com melhores condições.

Tanto eu como o meu marido já temos PPR, mas a ideia seria mesmo investir também este montante a longo prazo (poupar para a reforma). Não somos, portanto, totalmente avessos a algum risco. A única premissa seria ter o habitual fundo de emergência para caso de desemprego mais ou menos seguro e mobilizável a curto prazo. De resto, estou aberta a sugestões :)

1. Tem mais que 1 CH?

2. Se amortizasse no prazo, pagaria o CH no valor de 98000€ em três tempos...

3. Caso opte por essa hipótese pode ser que o banco aceda...

Se for para depósitos a prazo parece-me que o Banif é o banco que melhor taxa lhe pode oferecer para o longo prazo!...

Se for mais concreta (dos 75000€ quero deixar de lado 25000€ no curto prazo e 50000€ no longo prazo, por exemplo) pode obter respostas mais direcionada para o que pretende...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

cara amiga um bom conselho que te posso dar para aplicar esse dinheiro são os certificados do tesouro ...

" Os CTPM tornaram-se numa aplicação muito interessante, no contexto atual, para quem pretenda capital garantido, baixo risco e uma remuneração acima da média. Além disso, têm elevada liquidez, exceto no primeiro ano. Este produto do Estado foi lançado a 31 de outubro de 2013 e, em apenas cinco meses, já captou 1184 milhões de euros. Paga juros anuais a taxa crescente. 

Em maio, as taxas mantêm-se entre 2,75 no primeiro ano e 5% brutas no quarto e quinto ano. Nos últimos dois anos poderá haver ainda um bónus, caso a taxa de crescimento do PIB seja positiva, correspondendo a 80% dessa taxa.

Assim, de acordo com as previsões do FMI para a taxa de crescimento do PIB português, os CTPM podem render cerca de 3,4% líquidos ao ano, para quem mantenha durante os 5 anos da aplicação. "

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em relação ao deposito a prazo a 10 anos , o melhor banco que oferece as melhores condições é o banco internacional do funchal ...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1. Tem mais que 1 CH?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho pesquisado bastante sobre os certificados do tesouro. Mas aqui a dúvida seria sobre o montante a colocar nesse tipo de aplicação. Tenho lido opiniões que dizem que nunca se deve aplicar mais de 10% do capital em dívida pública....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho pesquisado bastante sobre os certificados do tesouro. Mas aqui a dúvida seria sobre o montante a colocar nesse tipo de aplicação. Tenho lido opiniões que dizem que nunca se deve aplicar mais de 10% do capital em dívida pública....

Depende da divida pública :) não colocaria 10% na divida Dinamarquesa? mais 10% na Alemã? mais 10% na da Finlândia? já dei 30% aplicados em divida pública de baixissimo risco...

Isto só para dizer que não devemos seguir tudo á risca do que dizem de uma forma generalizada, devemos sim sermos nós a aprofundar as coisas, essas opiniões são á moda da DECO :) :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1. Tem mais que 1 CH?

1.1 - Sim, pode ver a explicação aqui : http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=9263.new;topicseen#new

2. Se amortizasse no prazo, pagaria o CH no valor de 98000€ em três tempos...

1.2 - Amortizar no prazo? Não sei se percebi. Pode ver os cenários que me deram no banco para a hipótese de amortização aqui: http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=10509.0

De resto, para ser mais específica, diria que queria 12000 euros a mais curto prazo e o resto a longo. Vou ver os depósitos no Banif que refere.

1.1 - Desconhecia, dai que me estivesse a fazer alguma confusão os dados que referia noutro tópico!...

1.2 - A ideia seria esta: http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=10509.msg94362#msg94362

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou considerar a hipótese dos cert. tesouro seriamente. Não vejo nada em contrário. Aliás, até me parece bom de mais para ser verdade :) As taxas são bem melhores que qualquer dp, o prazo não me incomoda minimamente e pelo que entendi o capital investido é garantido.

Ontem fui também ao Activo Banco e disseram-me que poderiam fazer uma proposta conforme o montante a investir e o meu perfil, mesmo sem abrir conta. Pareceram-me muito dinâmicos, mas confesso que me faz confusão ser um banco online  :(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mete isso no ES Liquidez e pronto  ;D ;D obtens uma mais valia anual na ordem dos 1500€ e pronto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou considerar a hipótese dos cert. tesouro seriamente. Não vejo nada em contrário. Aliás, até me parece bom de mais para ser verdade :) As taxas são bem melhores que qualquer dp, o prazo não me incomoda minimamente e pelo que entendi o capital investido é garantido.

É praticamente unanime por qualquer autor sobre investimentos que não se deve colocar mais de 20% da carteira em divida publica nacional. Diversificar é a regra. A garantia é sempre sobre o ponto de vista teórico.

Outra hipotese, o finantia dá 3.25% para montantes acima de 50.000€ em DP.

Além disso, so se mantiver nos CTPM mais de >3 anos é que consegue taxas brutas médias superiores aos depositos de INVEST ou Finantia. (2.75 1º ano, 2º ano 3.24, 3º ano 3.73), média 3.24 TANB

E daqui a tres ano, pode já haver taxas bem mais atractivas noutro tipo de produtos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou um bocado avessa aos bancos online :(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O Finantia não é um Banco Online. Nem dá sequer para consultar o saldo online.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou um bocado avessa aos bancos online :(

Que são os unicos a dar lucros, tirando o santander  ;D

De qualquer forma, para algo tao simples como um DP é abrir conta e esquecer o dinheiro. No invest por exemplo pode fazer tudo presencialmente no centro de investimentos.

É apenas uma ideia, cabe-lhe a si a decisão.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Uma vez que se continua (como há alguns tempos atrás) por aqui a debater a percentagem de capital que se deve ou não deve investir em divida publica, gostaria se possível que alguém esclarece-se as diferenças de risco entre um depósito a prazo 5 anos e os certificados do tesouro poupança mais

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Uma vez que se continua (como há alguns tempos atrás) por aqui a debater a percentagem de capital que se deve ou não deve investir em divida publica, gostaria se possível que alguém esclarece-se as diferenças de risco entre um depósito a prazo 5 anos e os certificados do tesouro poupança mais

Obrigado

Apenas risco? Evento de Crédito do banco no DP e Evento de Crédito na República.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo; Mas, onde será mais provável acontecer esse Evento de Crédito? Na república ou no banco?

É verdade que se for no banco a república protege  em determinadas condições..

E se for na república? O nosso capital ficará protegido no banco?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo; Mas, onde será mais provável acontecer esse Evento de Crédito? Na república ou no banco?

É verdade que se for no banco a república protege  em determinadas condições..

E se for na república? O nosso capital ficará protegido no banco?

Diria que um Evento desses é mais provável num banco, já tiveste casos de bancos a abrir falência, no entanto Portugal também esteve á beirinha, veio a Troika...mas um evento de crédito não é apenas a insolvência, no caso de Portugal o chamado hair cut e reestruturação de divida é considerado evento de crédito.

Claro que uma falência de um estado iria prejudicar em muito um sistema bancário.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Diria que um Evento desses é mais provável num banco, já tiveste casos de bancos a abrir falência, no entanto Portugal também esteve á beirinha, veio a Troika...mas um evento de crédito não é apenas a insolvência, no caso de Portugal o chamado hair cut e reestruturação de divida é considerado evento de crédito.

Claro que uma falência de um estado iria prejudicar em muito um sistema bancário.

Obrigado pela resposta

Estou esclarecido..coloquei a questão porque ao percorrer este tópico parece que fiquei com a ideia que seria muito mais seguro investir em depósitos a prazo que certificados do tesouro

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Uma vez que se continua (como há alguns tempos atrás) por aqui a debater a percentagem de capital que se deve ou não deve investir em divida publica, gostaria se possível que alguém esclarece-se as diferenças de risco entre um depósito a prazo 5 anos e os certificados do tesouro poupança mais

Obrigado

Em ambos os casos os riscos são bastante baixos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Obrigado pela resposta

Estou esclarecido..coloquei a questão porque ao percorrer este tópico parece que fiquei com a ideia que seria muito mais seguro investir em depósitos a prazo que certificados do tesouro

Se juntarmos a isso o chamado FGD pode dar a entender que um DP acabarei por ser mais seguro, no entanto ninguém garante o que pode acontecer caso o FGD tenha de ser acionado no caso de falência de um grande banco.

Seguro, na prespectiva de perda de capital total em caso de falência, são os fundos de investimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo; Mas, onde será mais provável acontecer esse Evento de Crédito? Na república ou no banco?

É verdade que se for no banco a república protege  em determinadas condições..

E se for na república? O nosso capital ficará protegido no banco?

Na grécia os pequenos aforradores foram apanhados pelo haircut da divida publica, ao contrário dos DP.

Pelo menos é a ideia de que fiquei do que li.

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/pequenos_credores_da_greacutecia_apanhados_na_reestruturaccedilatildeo.html

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E obrigações do tesouro? É bastante mais arriscado? Mais uma vez, o longo prazo não me faria confusão...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead