Visitante Joao Garcia

Citação da Segurança Social

5 publicações neste tópico

Boa noite recentemente recebi um citação da segurança social a dizer que  tenho em divida quase um ano de prestações da segurança social.

O que perfaz um quantia de dinheiro absolutamente ridícula...

No entanto essa divida está errada, porque o que se passou foi que eu sempre fechei actividade nas finanças como trabalhador independente, logo não tenho de pagar os meses em que estou fechado. Mas a SS cobra-me esses meses em que fechei actividade.

O problema agora é como resolver isto? Porque agora isto já entra no domino jurídico.

O que posso fazer?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ir quanto antes ˋa SS, com os comprovativos de abertura e encerramento de atvidade e reclamar o correto processamento das prestaçoes.

De futuro, manter a situaçao debaixo de olho consultando regularmente a Segurança Social direta para confirmar se ha´ dividas e afins.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aconteceu-me exatamente o mesmo. Actividade encerrada em Dezembro de 2011, mas dizem que tenho dívidas a partir de Novembro de 2012 (além de uma prestação de 2005, não sei muito bem porquê).

Enviei em Novembro o comprovativo da tal prestação de 2005 e da cessação de atividade, mas a minha situação continua a ser analisada. "Dívida do executado em processamento". Conheço quem tenha esperado um ano e meio para ver a situação esclarecida.

Na Segurança Social não me puderam dar muitas informações, dizem que só no departamento de dívidas, mas o que me disseram foi que, apesar de o facto de ter cessado actividade ter sido comunicado pelas Finanças à Seg. Social (como deve ser, aliás, nós não temos de informar a Seg. Social, o processo é automático), isso não ficou registado no sistema. Por isso, quando o sistema foi actualizar o valor das contribuições de toda a gente, em Novembro, detectou que eu tinha actividade aberta e começou a cobrar as prestações de novo. Nota-se que é mesmo erro, porque só me começam a cobrar a partir de Novembro, não a partir de Janeiro.

Ou seja, agora tenho duas vezes a actividade aberta no sistema da Seg. Social (2003 e 2014), mas não há registo da cessação de actividade (2011).

Como o Paulo diz, contacte o quanto antes a Seg. Social para ver o que se passou, pode até enviar os comprovativos digitalizados por e-mail. Provavelmente será o mesmo problema (cessação de actividade que não ficou registada no sistema).

Se tem a certeza de que não deve nada, não pague! A mim disseram-me que era melhor aproveitar na altura o perdão dos juros e chegaram a ameaçar-me com penhoras, mas a senhora da Seg. Social confirmou que o erro foi deles, não meu, e que não devia pagar nada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Há uns anos atrás aconteceu-me uma parecida: houve umas mudanças da organização no grupo onde trabalho e basicamente fui transferido de uma empresa para outra.

Uns meses mais tarde, como ganhei o hábito de ir confirmar os meus descontos para a SS a cada meia dúzia de meses, ao entrar na SSDireta, apercebi-me da indicação de que teria prestações em dívida por conta da minha atividade independente - de que deveria estar isento pois já desconto através da minha atividade por conta de outrem.

Contactando a SS disseram-me que a empresa tinha deixado de fazer os descontos. Contactando a empresa disseram-me que tinha sido um problema com a transferência, que na SS não tinha entrado corretamente a informação de que eu tinha sido transferido. Os descontos até estavam a ser enviados mas como a SS não tinha indicação de que eu estava a trabalhar para aquela empresa eram depois ignorados (mas ficavam com o dinheiro).

Enfim, depois veio-se a descobrir que estava quase toda a gente da minha empresa na mesma situação - mas a empresa ou a SS lá corrigiu a situação.

A minha dívida? Pois, um mês depois voltei à SS Direta para ver o ponto da situação e tinha desaparecido tudo. Ou seja, a regularização foi bem feita a partir do momento em que entraram os descontos dos meses em que eu não teria estado a trabalhar por conta de outrem, e sem eu precisar de fazer mais nada.

Mas o passo inicial de reportar que há um problema é necessário - daí dizer que deves ir o quanto antes à SS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado a todos pela ajuda. Eu já fui a segurança social e disseram-me que como já é uma citação já não se pode resolver na segurança social.....( a pessoa que me atendeu não parecia perceber muito do assunto)

E mandou-me para a avenida da republica lá para a sede deles. Mas eu tenho a certeza que aquilo não tem atendimento ao publico.

Lys já agora como é que mandas.te o comprovativo? foi na segurança social? chegas-te a receber a citação em casa por carta registada?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead