Pesquisar na Comunidade

A apresentar resultados para as etiquetas 'investimentos'.



Mais opções de pesquisa

  • Procurar por Etiquetas

    Escrever etiquetas separadas por vírgulas, que representam o tema específico do tópico. Exemplos: "irs", "acções", "descontos", "férias".
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Finanças
    • Créditos
    • Bancos
    • Seguros
    • Imóveis
    • Incumprimento e Penhoras
    • Poupar dinheiro
    • Investimentos
  • Fiscalidade e Trabalho
    • Impostos
    • Segurança Social
    • Direitos do trabalhador
    • Trabalho por conta própria
    • Heranças
  • Geral
    • Apresentações
    • Diversos
  • Fórum
    • Regras

7 resultados encontrados

  1. Boa tarde a todos/as. Recentemente tenho visto nas minhas redes sociais anúncios a esta iniciativa: http://toptraderchallenge.pt/ Para quem não quiser perder tempo a ler isto é um passatempo promovido por um broker chamado Tele Trade Portugal em que entre os dias 5 e 17 de Fevereiro os concorrentes vão negociar numa conta de demonstração havendo prémios para os 4 melhores. Há já algum tempo que tenho andado com vontade de aprender mais sobre o trading e abrir uma conta de demonstração (não necessariamente aqui) para ver como me saio. Agora as minhas perguntas são: qual é a contrapartida? A Tele Trade é um broker de confiança? Já alguém participou em algo deste estilo ou utiliza os serviços da Tele Trade? Obrigado pelo vosso tempo.
  2. Boa tarde, Estava a fazer contas e surgiram-me várias dúvidas no cálculo de rentabilidade de uma carteira de fundos/acções/investimentos... pelo que venho pedir a vossa ajuda para esclarecer estas dúvidas. Pressupostos: 3 activos diferentes subscrição em momentos distintos reforço de um dos activos (AA) Considerando os montantes iniciais, intermédios e finais conforme está na imagem (tentei colocar valores redondos para facilitar as contas e interpretação) 1 - Qual a forma mais correcta de calcular o ganho de um determinado activo no ano do investimento? Exemplo: para o activo AA qual o rendimento no ano 2014 ? (Vfinal/Vinicial) -1 ou ((Vfinal/Vinicial) )^(365/DiasdoInvestimento)-1 2 - Como calcular o ganho num determinado ano quando existem reforços no mesmo activo ou investimento em activos novos? Exemplo: como calcular o ganho no ano 2015 da totalidade da carteira de investimento ? (Vfinal/(Vinicial + Reforco1 + Inv1 + Inv2 )) -1 Desta forma não é considerado o tempo do investimento... apenas valores absolutos... Provavelmente estou a confundir e/ou misturar conceitos .... Deixo o ficheiro para poderem verificar as formulas que usei https://docs.google.com/spreadsheets/d/11Q42_X85TS4TCE5fiOMytSz8OntlZAtQYttMeb1DzGQ/edit?usp=sharing Obrigado
  3. Eu sou um grande adepto da estratégia de crescimento de dividendos. A estratégia diz que devemos investir em empresas que distribuem o seu lucro crescente sobre a forma de dividendos. Se pararmos para pensar, isto faz todo o sentido. Você gostaria de investir em empresas que não aumentam o seu lucro regularmente no longo prazo? Eu acho que não. Certamente eu não investiria. E como parcialmente dono de uma empresa, você não espera receber uma parte justa do lucro gerado pela empresa? Não posso responder por si. Mas eu acho que tenho direito à minha parte. E é nesta parte que me faz continuar a seguir esta estratégia a longo prazo. É muito simples. Eu poupo o máximo que consigo todos os meses e invisto esse excesso em stocks de crescimento de dividendos de alta qualidade. Ao mesmo tempo vou recolhendo os dividendos e reinvestindo criando um efeito de bola de neve durante o processo. Incrivelmente simples e eficiente. Com isto em mente tenho vindo a analisar um grupo de empresas de alta qualidade à procura de oportunidades de investimento. Tentando encontrar empresas que se encontrem desvalorizadas. Tiffany & Co. é uma empresa norte-americana do ramo de comércio de jóias. Foi fundada em Nova Iorque em 18 de Setembro de 1837, por Charles Lewis Tiffany e Teddy Young, chamando-se primeiro Tiffany, Young and Ellis. O nome actual passou a ser usado em 1853, quando Charles Tiffany assumiu sozinho o controle da empresa. Possui 64 lojas no país e 103 lojas espalhadas pelo mundo. A loja matriz está localizada na esquina da Fifth Avenue com 57th Street, em Manhattan, e é um dos prédios incluídos no Registo Nacional de Locais Históricos dos EUA. A loja serviu de locação para inúmeros filmes, entre eles Breakfast at Tiffany's, estrelado por Audrey Hepburn, e Sweet Home Alabama. Hoje em dia a marca é reconhecida como uma das mais respeitadas marcas de jóias de luxo no mundo. Esse factor tem permitido à Tiffany manter o seu modelo de preços premium a longo prazo, prestando-se a margens saudáveis e crescimento de lucro. As jóias são algo que as civilizações têm cobiçado desde o início dos tempos. Acredito que este fenómeno continue indefinidamente. No caso da Tiffany o negócio tem sido um sucesso há quase 180 anos. As Américas representam aproximadamente metade das vendas da empresa e com apenas 300 lojas em todo o mundo existe um grande potencial para crescimento internacional. Esta empresa não se enquadraria no meu portfólio se não distribuísse lucro pelos accionistas na forma de dividendos. Felizmente a Tiffany tem feito isso e além de distribuir tem vindo a aumentar o seu dividendo por 14 anos consecutivos. A taxa de crescimento de dividendo a 10 anos é de 23%. O yield actual é de 2,90%. O rácio de pagamento de dividendo é de 51,7%. As métricas dos dividendos são boas, vamos ver como está o crescimento na última década para tentarmos ter uma ideia de como será o crescimento o futuro. A Tiffany aumentou a sua receita de $2,648 mil milhões para $4,104 mil milhões de 2007 a 2016. Isso dá uma taxa composta de crescimento de 4,99% ao ano. Ao mesmo tempo a empresa aumentou o EPS (Earnings per Share) de $1.80 para $3.59, o que dá uma taxa composta de crescimento anual de 7,97%. A Tiffany tem melhorado a rentabilidade que juntamente com a redução número de acções em circulação impulsionou o crescimento a longo prazo. A S&P Capital IQ acredita que a Tiffany vá apresentar um crescimento anual de 10% nos EPS durante os próximos 3 anos. O grupo vai abrir novas lojas e melhorar a sua plataforma de comércio on-line. O rácio de divida/capital é de 0,27. O PER é de 17,81. Nos últimos 5 anos a Tiffany teve uma média de margem liquida de 10.04% e retorno sobre o património de 15,33%. A Tiffany & Co. tem um modelo de negócio simples baseado na afinidade humana por jóias. Eles oferecem um produto premium e experiência no negócio e acredito que continuem o negócio nas próximas décadas. Recentemente iniciei a minha posição na Tiffany & Co., alguns tropeços recentes fizeram com que o stock caísse 32% ao longo do último ano. Será que a Tiffany vale agora 2/3 do que valia há 1 ano atrás? Não me parece. Parece-me uma empresa de alta qualidade, os fundamentos estão ótimos e parece estar desvalorizada. Mas quanto? Qual será o seu valor justo? Para continuar a ler a análise, entre em: http://frugalistico.com/tiffany_and_co/
  4. Boa tarde a todos, depois de ler bastantes tópicos e suas respostas, deixo algumas perguntas simples, Como e aonde algumas pessoas que aqui escrevem adquiriram conhecimentos para aconselharem investimentos...? Porque quase todos aconselham, mas ninguém publica dados reais e provas desses ganhos..? Será que o mais comum dos humanos sabe que existe sempre risco em todos os instrumentos financeiros que existem no planeta, nos quais fazemos nossas aplicações financeiras, ou isso não interessa e a maior parte das pessoas não passa de investidores de bancada(falam muito do que não sabem)...? Um Abraço
  5. Boas, Queria iniciar a negociação com a Degiro, para aqueles que já a utilizam o que têm a dizer? existe custos de gestão?
  6. Boa tarde, Gostava de fazer 2 perguntas: 1) Quando começa e 2) A partir de que data se inicia a transmissão informação. Cumprimentos António
  7. Bom dia, Preciso da vossa opinião. Li há dias, julgo que no jornal de negócios, que os PPRs ainda davam benefícios fiscais, algo que pensei ter acabado, e que era uma boa opção de "investimento/poupança". Qual é a vossa opinião? obrigada m.elis