Pesquisar na Comunidade

A apresentar resultados para as etiquetas 'imobiliário'.



Mais opções de pesquisa

  • Procurar por Etiquetas

    Escrever etiquetas separadas por vírgulas, que representam o tema específico do tópico. Exemplos: "irs", "acções", "descontos", "férias".
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Finanças
    • Créditos
    • Bancos
    • Seguros
    • Imóveis
    • Incumprimento e Penhoras
    • Poupar dinheiro
    • Investimentos
  • Fiscalidade e Trabalho
    • Impostos
    • Segurança Social
    • Direitos do trabalhador
    • Trabalho por conta própria
    • Heranças
  • Geral
    • Apresentações
    • Diversos
  • Fórum
    • Regras

5 resultados encontrados

  1. Olá a todos, Abro este tópico para esclarecer algumas questões que tenho, mas sobretudo na expectativa que seja útil a várias pessoas e possamos trocar algumas impressões, acerca de investimento imobiliário e tudo que lhe está associado. Estou neste momento a ver alguns imóveis numa lógica de investimento no Porto. Pretendo começar por comprar um apartamento, remodelar e alugar (ou vender caso o negócio tenha uma boa rentabilidade)para turismo ou habitação. No entanto vou fazê-lo conjuntamente com um amigo. Por isso surgem-me algumas questões: - Como "formalizar" o negócio.. em nome pessoal de um de nós ou criar uma empresa? - Qual a melhor forma (em nome pessoal vs empresa) para uma otimização fiscal? O negócio será arrendar, mas encaramos a venda como possibilidade.. - Possivelmente preciso de 35k/40k de financiamento. Se fizer a titulo pessoal um crédito habitação será "fácil", mas e se quiser pela possível empresa a criar. que garantias terei que dar e que % representará isso do valor pedido, haverá muita dificuldade em conseguir? Tenho bastantes mais questões acerca deste e outros assuntos complementares que acredito que sejam partilhadas com outros foristas, mas parece-me interessante começar por aqui. Fica o desafio de tornar este um tópico agregador de questões no âmbito do investimento imobiliário.
  2. Bom dia. Tenho neste momento um imóvel alugado (um apartamento a render 500€) e ando a pensar seriamente em expandir o negócio. Agora a questão é saber o que comprar, quando e como... Não tenho muito dinheiro para investir portanto teria inevitavelmente de pedir um empréstimo. Logo, quanto menor for o meu investimento melhor. Essa é logo a primeira questão, onde posso encontrar bons negócios imobiliários? Imóveis penhorados, etc? Como se processa esse tipo de negócio? Depois há a questão de saber o que comprar. Uma habitação ou um espaço comercial? Ou algo que possa ser utilizado com uma finalidade mista, por exemplo um apartamento que possa alugar para escritórios? E há ainda a opção de ser uma casa para alugueres de curta duração, por exemplo para férias ou estudantes. Como posso fazer uma estimativa de qual seria o investimento mais rentável?
  3. Boa noite, Como o título do tópico indica, solicito a vossa ajuda / opinião, sobre qual é que é a rentabilidade mínima que aceitariam para investir em imobiliário (arrendamento). Após consumir alguma literatura estrangeira* sobre este tipo de investimento, verifico que as rentabilidades mínimas rondam os 10% ilíquidos ou 7% líquidos. Na página da proteste, o mínimo exigível encontra-se nos 5% líquidos. Concordam com estes valores? Desta forma e pelas pesquisas que fui fazendo, parece-me que a maneira "possível" de investir é: encontrar um imóvel (bastante?) abaixo do preço de mercado, realizar obras e apresentar uma decoração bonita e por fim arrendá-lo um pouco acima do preço de mercado (supondo que apresenta condições superiores à média). Qual a vossa opinião? Há outras alternativas? Claro que isto será tudo muito subjectivo e dependerá do preço da remodelação, estado das áreas comuns e do próprio edifício, etc. Uma outra questão é sobre o que conheço por alavancagem. Em teoria e de forma sucinta: pede-se um empréstimo a 110% e a prestação é suportada totalmente pelo inquilino. No seguinte cenário: Imóvel 100k. Aplico 50k de capital próprio e 50k através de empréstimo bancário. Imaginêmos que através da renda o inquilo paga a prestação do empréstimo e outros custos acessórios. Poderia eventualmente calcular a rentabilidade aos 50k por mim aplicados? Ou não faz sentido algum? A minha experiência em investimento cinge-se aos mercados financeiros através dos FIGA (essencialmente). Agradeço desde já toda a ajuda que me possam dar. Cumprimentos *(estrangeira porque estou a aprender o Francês e desse modo junto o útil ao agradável)
  4. Caros foristas, Sou um amador nas lides dos investimentos (mobiliários ou imobiliários), mas a verdade é que cada vez mais me faz confusão ter o dinheiro parado nos bancos. Assim sendo, vou tentar descrever a minha situação e ver o que recomendam. Casado, 33 anos, rendimento líquido do casal mensal de 7.000€ 1 habitação com empréstimo (avaliada em 200.000€ e com um valor por pagar de 80.000 €) Poupanças de 150.000€ aplicadas maioritariamente em depósitos a prazo de 2%. Ando com ideias de investir parte do dinheiro em imobiliário... talvez um aparamento para alugar, usando apenas parte do capital que tenho (talvez metade) e mantendo o empréstimo actual dado que o spread é de 0,4%. O que me aconselham? Desde já obrigado!
  5. Boa tarde, Gostaria de saber se neste fórum há alguém que queira ou conheça outrem alguém que esteja interessado em investir em imóveis ( habitação e comércio) para rendimento na zona de Braga. Os imóveis em causa situam-se na zona histórica da cidade, a 1 minuto da praça da República. Cumprimentos,