Leaderboard

  1. Pedro Pais

    Pedro Pais

    Administrador


    • Pontos

      11

    • Contagem de conteúdo

      2.092


  2. D@vid

    D@vid

    Utilizador


    • Pontos

      10

    • Contagem de conteúdo

      7.771


  3. MiguLuso

    MiguLuso

    Utilizador


    • Pontos

      4

    • Contagem de conteúdo

      773


  4. Cardoso24

    Cardoso24

    Utilizador


    • Pontos

      4

    • Contagem de conteúdo

      2.072



Conteúdo Popular

A apresentar conteúdo com maior reputação desde 18-05-2017 em todas as áreas

  1. 5 points
    Como os fundos de investimento não são instrumentos de trading, a muita, pouca, ou falta de volatilidade pouco interessa, se eu tenho um fundo de risco 1, haja muita ou pouca volatilidade sei que o meu capital no máximo desvaloriza -0,5% ou valoriza praticamente na mesma proporção, se tenho um fundo risco 4 sei que o meu capital não deverá desvalorizar mais do que -10% e poderá subir nas mesmas proporções, se aplico 10.000€ neste fundo, o máximo de uma perda será na ordem dos 1.000€, isso vai me afectar? muito? pouco? nada? Quem tem de se preocupar com os mercados são os gestores dos fundos, eles é que têm que fazer as escolhas acertadas para que um fundo risco 4 não caia mais que 10%, para isso têm os mandatos de investimento, todos podem colocar tudo em liquidez se for necessário, a nós, basta-nos escolher os fundos, sentarmos no sofá e ver o capital crescer, é apenas isto, acho que há um stress demasiado nos fundos, eu vejo pessoas stressadas sem saberem bem quando entrar, quando sair, quando cai, quando sobe, isto é o trabalho do gestor e é para isso que lhes "pagamos" a comissão de gestão. Situações ideais para fazer fundos, ou reforçar, é tal coisa que não existe, vamos sempre procurar ( sim vamos mesmo procurar, o ser humano tem uma capacidade enorme de ver coisas onde ela não estão, tipo pareidolia ) qualquer coisa para darmos uma "desculpa" pelo não investimento, e isso deve-se ao facto de psicologicamente não termos um factor nos fundos que temos noutros tipos de aplicação, "CAPITAL GARANTIDO", mas se é para ter capital garantido, então temos de nos sujeitar a taxas ridículas de mercado e a não ganhar dinheiro. Em Outubro fazemos 5 anos de tópico, e vamos chegar á conclusão que quem fez os fundos, ou vários dos fundos, da 1ª página, que admito, até há melhores, ganhou efectivamente dinheiro, tanto em acções como obrigações, a importância da diversificação e ajustarmos o risco ao nosso perfil, é algo de importantíssimo. Se até estes sabem como investir... http://www.jornaldenegocios.pt/trading/detalhe/fundo-da-igreja-de-inglaterra-foi-um-dos-mais-rentaveis-do-mundo
  2. 3 points
    E agora para uma perspectiva "totalmente diferente": http://monevator.com/coping-with-the-guilt-of-losing-money/ Agora olhem para a data desse artigo. Bom fim-de-semana and keep saving and investing!
  3. 2 points
    Mas nem vou entrar nesses pormenores, falei de uma forma genérica e para tentar compreender porque se anda neste stress constante de entrar, sair, e ai ai está tudo a cair não vou fazer fundos, e ai ai está tudo a subir não vou fazer fundos porque está tudo nos "máximos", e ai ai isto está calmo de mais, vejam lá que até o VIX mal se mexe este ano é porque vem aí coisa... De forma genérica cada fundo tem o seu mandato de gestão e classe de risco, é para o risco que eu sempre olho, mais do que a rentabilidade, e é preciso se compreender que estamos a nos substituir ao gestor do fundo, andamos a tentar adivinhar o mercado. Como disse a trás, temos de fazer o nosso trabalho que é escolher os fundos dentro da nossa perspectivade de risco e tempo de investimento, zonas geográficas, a diversificação, etc, o resto é deixar andar, a não ser que não estejamos convictos que este ou aquele fundo seja um bom fundo ou fundos que sejam alvo de fusão ou liquidação, mas isso já temos de estar atentos, eu passo dias sem ver o que se passa no mercado, se não entro aqui e vejo os comentários nem sei se as bolsas subiram ou desceram!!
  4. 1 point
    A aposta foi especificamente sobre o S&P. Na Europa ainda vai havendo alguma ineficiência para alguns fundos conseguirem ir gerando alpha, mas de qualquer das formas não é em market timming. Essa do comprar num dip e vender um pouco mais acima é a versão mais básica de market timing, que como podes imaginar já foi testada de mil e uma formas diferentes por milhares de pessoas. Imagino que não deve ser muito bem sucedida senão estariam multibilionários como o Buffet.
  5. 1 point
    O problema é que estás sempre a olhar para trás. Se tivesse feito isto, se tivesse feito aquilo. Eu não quero saber o que devia ter feito mas o que tenho de fazer. Não sei o que é preciso mais para as pessoas saberem que ng faz bom timming de uma forma consistente. Ao longo de décadas já se fez vários estudos a demonstrar que o investidor amador mais vale estar quieto. Que há perdas, da maioria, por estar a vender e a comprar fundos. O Warren Buffet fez uma famosa aposta há uns anos (de 1 milhão) entre as rentabilidades de hedge funds vs index funds. Adivinhem quem está a ganhar. Os hedge funds não estão só a perder, estão a levar uma coça. HEDGE FUNDS. Entidades com milhões de $, matemáticos, doutorados etc etc Se eles perdem vocês acham que vão ganhar? Santa Paciência, quanta arrogância...
  6. 1 point
    o portfolio que me atraiu mais, faz parte da lista https://portfoliocharts.com/portfolios/ . Provavelmente o autor tem uma visão mais local (US), não sei, estou a especular ) apenas pretendia um portfolio do tipo buy and hold, como foi dito no post anterior.
  7. 1 point
    O N. Rocha referiu a carteira Golden-Butterfly como base para a sua própria carteira. Limitei-me a sugerir alguns ETF que poderiam ser utilizados para construir essa carteira. Alterei as percentagens, também de acordo com as ideias do N. Rocha. O autor da Goden Buttterfly é que poderia responder à questão das Small Caps :). O princípio da construção destas carteiras é, basicamente, o seguinte: investimento a longo prazo "buy-and-hold", com um portfólio diversificado. Não é uma aposta sobre a classe que vai ter maior retorno num futuro próximo. Para teres uma ideia mais precisa sobre o comportamento das várias classes de activos (assets) nestes últimos 20 anos, recomendo a leitura desta página "Callan periodic table of investment returns", da Bogleheads. Provavelmente já a conheces. Vai-te fazer recordar os tempos de estudo de química (se tiveste quimica no secundário), eh eh eh!
  8. 1 point
    Mas será que as empresas conseguem mesmo taxas de 5% no banco ? Vejo empresas com património liquido por ex: 10k e a pedir 25k e a Raize a dar taxas de 6,1%.... ao qual não as entendo...... Tenho duvidas se a banca sequer daria qualquer financiamento seja qual fosse a taxa. A 1º empresa em atraso só pagou 1º prestação e para lá caminha para o incumprimento.... E a Empresa foi classificada B- e o balanço até é razoável. O exercício que fiz foi para simplicar as contas, contudo, basta teres empresas em atraso ou incumprimento a taxa média da tua conta Raize cai se fores rigoroso a calcular a tua taxa de lucro. Mas a ideia é mesmo essa "diversificar", escolher "boas empresas" e encontrar oportunidades de" taxas de juros"
  9. 1 point
    Já não aparece, acho que a classe anterior que ia de 1 a 6 era feita pela Mornigstar, a nova classe já não é, tens sempre de entrar num ficha de um fundo ou ver noutros sites pelo que me parece.
  10. 1 point
    Patanisca o que dizes são fundos de investimento de acções risco 7 onde não existe limite, abaixo disso tens uma protecção maior, nem faria sentido que assim não fosse, eu não posso ter o mesmo risco de drawdowns num fundo risco 4 em comparação com um fundo risco 7, faz o simples exercício, pega em vários fundos, vê a sua classe de risco e vai ver as quedas máximas que tiveram, faz para o ano de 2008 por exemplo, vais ver que se encontram sempre dentro da sua classe de risco. É óbvio que não é só sentar no sofá, mas olha que não é muito mais que isso, depois de escolheres uma carteira, com a diversificação pretendida, que mais tens a fazer? reforçar e porventura algum resgate se o fundo foi alvo de alguma fusão, ou alteração de gestão, mas mais do que isso é meio caminho andado para perder dinheiro. Não pretendo alterar mentalidades e formas de ver as coisas, eu apenas acho um desperdício de tempo e desgaste mental andarem sempre preocupados com os mercados, esse é o papel do gestor do fundo, se é assim, porque não investir directamente em acções?
  11. 1 point
    @N.Rocha 1) Carteira Golden-Butterfly Acções (40%): Total USA (20%) + Small Cap Value (20%) Obrigações (40%): Long-Term (20%) + Short-Term (20%) Ouro (20%) 2) Carteira N. Rocha Acções (60%): World Value (20%) + EMU Small Cap (20%) + Emerging Markets (20%) Obrigações (30%): Euro Government 7-10y (20%) + Euro High Yield Corporate (10%) Ouro (10%) A minha opinião: As duas carteiras são bastante diferentes, logo o risco calculado pelo Portfolio Charts (medido pelo StdDev - standard deviation) há-de ser diferente. As obrigações High Yield são de alto risco e, por isso, têm maior retorno. Eu prefiro ter obrigações de menos risco, deixando o risco superior para as acções. As obrigações de 7-10 anos são de médio prazo, não são de longo prazo. Para longo prazo, temos de usar 10-15 anos ou 15+ anos. No entanto, nunca é demais avisar que quanto maior for o prazo da obrigação maior é o risco no caso de haver um aumento da taxa de juro. Há alguns ETF da carteira N, Rocha que têm distribuição de dividendos: Vanguard Emerging Markets (A1JX51);Ishares High Yield Coprporate Bonds (A1C3NE); iShares Euro Government Bond 7-10yr (A0LGQA). Como já foi falado aqui, é preferível ter ETF que acumulem os dividendos. Uma sugestão como alternativa (mantendo as percentagens da carteira N. Rocha): Acções (60%) - Total USA (40%): IWDA iShares Core MSCI World UCITS ETF (40%) ISIN IE00B4L5Y983, WKN A0RPWH https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?isin=IE00B4L5Y983 - Small Cap Value (20%): ZPRS SPDR MSCI World Small Cap UCITS ETF (20%) ISIN IE00BCBJG560, WKN A1W56P https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?isin=IE00BCBJG560 ou SPDR MSCI Europe Small Cap Value Weighted UCITS ETF (8%) ISIN IE00BSPLC298, WKN A12HU7 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?query=small++cap&groupField=index&from=search&isin=IE00BSPLC298 mais SPDR MSCI USA Small Cap Value Weighted UCITS ETF (12%) ISIN IE00BSPLC413, WKN A12HU5 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?query=small++cap&groupField=index&from=search&isin=IE00BSPLC413 Obrigações (30%) - Long Term (15%) Lyxor EuroMTS 10-15Y Investment Grade (DR) UCITS ETF EUR ISIN FR0010037242, WKN A0DM6N https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?query=FR0010037242&groupField=index&from=search&isin=FR0010037242 - Short Term (15%) Lyxor EuroMTS 1-3Y Investment Grade (DR) UCITS ETF EUR ISIN FR0010222224, WKN A0HGFC https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?query=FR0010222224&groupField=index&from=search&isin=FR0010222224 Ouro (10%) EGLN iShares Physical Gold ETC (10%) ISIN IE00B4ND3602 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?isin=IE00B4ND3602
  12. 1 point
    @D@vid Concordo apenas em parte no que dizes. O que dizes é válido para apenas alguns fundos. Fundos cujas regras permitam a alocação de capital a liquidez é que podem fugir de uma queda acentuada, por exemplo. Mas no caso de fundos de acções, cuja composição da carteira é 100% acções e as suas regras assim o ditam, se houver uma correção, esse fundo comporta-se de forma muito semelhante a acções, logo irá sempre acompanhar o comportamento de um determinado mercado accionista. E se a queda for generalizada, não há muito que o gestor possa fazer. O Fundo tem acções e se todas elas desvalorizarem, não tem por onde escapar. É óbvio que se pode e deve aproveitar momentos de correcção, particularmente em fundos de acções, para aproveitar descidas de preço nas cotações das acções e por consequência na cotação das UP do fundo. Daí se debater neste tópico coisas como timming, análise de mercado e clima económico. Se muita gente tem dinheiro investido em fundos de classes de risco baixas, com mecanismos de defesa contra desvalorização de mercados accionistas ou de obrigações (exemplo de fundos mistos), também há os que procuram a máxima rendibilidade através dos fundos de acções, através da exposição aos mercados accionistas, com tudo o que isso representa. É errado assumir que ao entrar num fundo, independentemente da categoria e do clima dos mercados, entrar e ficar sentado no sofá à espera que valorize sozinho é sempre sinal de obter os melhores resultados. Os fundos têm a sua gestão, mas se fosse mesmo assim com deste a entender (embora saiba que não foi a tua intenção), apenas havia um fundo ou apenas uma categoria de fundos, onde toda gente metia lá o dinheiro e esperava que a melhor casa gestora fizesse o seu trabalho. Mas existem diversas categorias já para que o investidor também possa ter um papel decisor na alocação dos seus activos, seja em diversificação ou em entradas/saídas definidas pelo próprio.
  13. 1 point
    É claramente residente fiscal para o ano inteiro e só deve meter uma declaração de IRS:
  14. 1 point
    Foi essa igreja e umas freiras alemãs para arranjarem um telhado
  15. 1 point
    Há um problema com as pessoas que olham para o Snap com bons olhos. Os curtos tiveram de pagar os dividendos deste mês, deve ter saído bem caro. Vamos a ver a evolução do mercado, e vamos vendo como é que isto se move
  16. 1 point
    @MiguLuso eu também gosto dessas empresas, o problema é que encontrá-las com um desconto enorme é complicado (exemplo BBRY que agora está a voltar ao que foi). A NVDA é uma empresa brutal. E ñ está cara! SNAP será um twitter ou um FB?. A minha primeira impressão assim que vi o seu market cap vs lucros foi short, short, short! Ñ vejo valor valor potencial aos valores em que está. No entanto o mercado gosta deste tipo de empresas e é sempre um risco. Eu pessoalmente vejo os curtos sob outra perspectiva. Isto partindo do principio que a empresa é boa e está numa fase diferente (que é o caso dos CTTs com os recursos que tem gasto no banco). Se os curtos estão e reforçam, algum dia vão ter de fechar a posição porque os juros que estão a pagar compensa com uma boa queda (o que se verificou). Depois se vão recomprar então o preço terá de subir e assim irão criar uma nova tendência e atrair a atenção de novos investidores, aumentando ainda mais a força buy. Já para ñ falar que ñ se fecha posicoes curtas num único dia. Os curtos também erram e qnd o fazem sai lhes caro. Na Ren só mesmo dps do AC. Isso relativamente ao BCP é bem verdade e triste, mas o pessoal é da opinião que só se perde dinheiro qnd se vende...Eu falo no BCP não para LP, nem pensar.
  17. 1 point
  18. 1 point
    Obrigado @MiguLuso finalmente alguém a querer dar vida a este small cap (tópico). "Pelo que percebi tens uma estratégia muito interessante que combina análise técnica com fundamentais, o que é interessante" -> Sim é essa a minha forma de negociar. Observar atentamente várias empresas e se a queda ñ fizer sentido, esperar um buy point em termos técnicos! Também gosto da estrategia Buy&Hold e partilho dessa opinião. No entanto a parte do PER 88, percebo mas é preciso ver caso a caso. Vê o exemplo da TESLA? O mercado pelos vistos gosta mais de uma empresa que torra dinheiro, em virtude de uma estável GE. Vê também a AMZN. O mercado quer empresas "futuristas" com perspectivas. Muito menos em Bull Market essas empresas são para venderem mas sim para acumular, acumular. Gosto muito da NVDA que acordou há menos tempo mas tem um potencial enorme (agora ñ vale a pena). Quanto aos CTTs, fizeste a entrada perfeita, eu também continuo dentro e mesmo com o dividendo no lucro. Aliás se pensarmos em dois anos (manutenção do dividendo) temos garantidos 0.96€. Quanto ao banco pelo que estive a ver, muito em breve o banco estará chegará aos lucros, o que fará com que o receio do mercado em relação ao banco CTT em consumir recursos desapareça. Neste momento o PSI só tem o BCP como banco puro. No caso dos CTTs é um banco que parte com uma vantagem brutal face à concorrência. Se juntarmos o core bussiness (que é estável apesar de ter decrescido um pouco) mais o potencial do banco CTT a dar lucros, os CTTs + Dividendo é um investimento "seguro". Dont kill me for saying that. Tivemos muitos fundos a reforçarem durante a queda e ainda o aparecimento de curtos. Quanto ao atendimento nos balcões, ja foste a algum? Quanto à NOS e apenas do ponto de vista técnico está apenas num ressalto. Para mim enquanto ñ romper os 6 eur é short. Para alguém que queira entrar numa possível reversão (5.64 +-). Quanto à REN estou à espera de um falso break no rompimento dos 3 eur. Quanto aos fundamentais nada a dizer é daquelas que vale buy&hold por muitos motivos. Dividendo + baixa volatilidade. Este é que é uma verdadeiro depósito a prazo Navigator e Semapa (atacar máximos históricos, ninguém fala nela é discreta mas cumpre). Para volatilidade BCP ou ME? A ME está numa retração saudável e expectável. Espero posteriormentr uma nova leg up. BCP ñ tenho posicão mas ñ está tão mau como já esteve. Vale a pena ficar atento para um bom trade com target nos máximos anteriores.
  19. 1 point
    Acordei agora novamente depois de ter andado por aqui em 2013 com a minha estratégia de fundos de investimento. Na altura investir no BPI e saí com bastante lucro. Pelo que percebi tens uma estratégia muito interessante que combina análise técnica com fundamentais, o que é interessante, No meu caso sigo uma estratégia de Buy & Hold, pelo menos enquanto os fundamentais forem interessantes e saio no caso de não gostar do que vejo ou vir que existe um PER de 88 para quem comprar a acção àquele preço. No entanto quero saber a tua opinião sobre a NOS e os CTT. Nos CTT estou dentro desde os 5€ (gostava de a ter apanhado nos 4,74€ mas não podemos ter tudo ). Vejo os fundamentais e gosto muito de ver se os investimentos no banco CTT compensam ou não, assim como nas mudanças que estão a fazer. Contactei por diversas vezes o gabinete dos investidores e não gostei muito. Parecem uma empresa pública e respondem como se eu fosse cliente, não um investidor. Basicamente responderam muito vagamente e não responderam ainda à questão 4. Já recebi um papel para abrir conta no Banco CTT mas aparentemente o Homebanking não é tão bom como o do Activobank, por isso ainda não quero abrir conta. Acho que estão a tentar crescer sem ter um bom produto para crescer. _________________________________________________ Em relação à NOS, ando há procura de um ponto de entrada, dado que adoro que eles tenham quase o monopólio todo da distribuição do cinema em Portugal (através da NOS Audiovisuais). Enquanto cai, mais gosto porque isso significa que o preço a pagar por acção é cada vez menor. Por outro lado, não gosto de entrar sem haver alguma mudança de tendência, dado que não se deve apanhar uma faca que está a cair _________________________________________________ Para a JM, depois de ter visto o Biedronka em primeira pessoa, e de ver algo igual ao Lidl, vou questionar a JM com algumas questões que tenho. Para além disso acho que ela está muito cara agora e vou esperar uma forte correcção para entrar _________________________________________________ Tens visto a REN e a Navigator?
  20. 1 point
    Realmente tens aí uma questão interessante, que eu vou questionar diretamente à Raize. EDIT: Já encontrei algo que andava à procura há algum tempo. O nº 16 das condições gerais diz: Portanto ganham uma comissão quando conseguem o financiamento, apenas uma vez. Mas algo que me assusta bastante são os 50€ POR semana POR prestação em atraso. No meu caso, e pela minha interpretação: A Eurotruck não pagou a prestação no dia 10, logo já tem de pagar 50€ porque já se atrasou uma semana. A Pneus União tem 5 prestações em atraso e, tendo em conta a data de hoje: 18 semanas em atraso pela prestação de 14 de Janeiro - (50*18=900); 13 semanas em atraso pela prestação de 14 de Fevereiro - (50*13=650) 9 semanas em atraso pela prestação de 14 de Março - (50*9=450) 5 semanas em atraso pela prestação de 14 de Abril - (50*5=250) 1 semana em atraso pela prestação de 14 de Maio - (50*1=50) Tudo somado dá 2300€. Como esta empresa pediu 12500€, 2300/12500=18,4% do empréstimo já foi para custos. Em casos particulares a Raize demora muito a responder aos e-mails que envio. Ou seja, aparentemente não QUEREM disponibilizar mais informação aos investidores (eles até podiam, dado que têm a informação do lado deles). Para além disso, não ficou esclarecido se eles sabem que bens são disponibilizados na garantia pessoal. Das plataformas P2P com buyback guarantee não tenho conhecimento quase nenhum, portanto não te consigo responder da melhor forma. Do conhecimento que tenho, se muitos empréstimos entrarem em Default e os utilizadores forem falar com a plataforma, isso pode dar problemas. Mais uma vez não tenho o conhecimento suficiente para responder e corrijam-me se estiver errado. Falando de plataformas P2P estrangeiras, eu só entrei na Bondora e já vendi todos os empréstimos saudáveis dado que a Bondora começou a alterar as condições dos investidores.
  21. 1 point
    Hã? Oi? 2017 está a ser (estranhamente) dos anos mais calmos desde há muito tempo. The Stock Market Is Weirdly Calm. Here’s a Theory of Why.
  22. 1 point
    Na Mintos já tinha lido sobre a Creamfinance e alguns riscos. Sobre essa misturada entre a Mintos e loan originators ainda não. Temos de acompanhar de perto. Felizmente na maioria das plataformas tenho pouco capital investido. Até hoje não notei nenhuma falha na Mintos (nem nos pagamentos, nem nos loan originators).. por isso fico na dúvida. De qualquer maneira tem aqui os links das reports da Mintos de 2016 https://blog.mintos.com/annual-report-2016/ https://www.mintos.com/en/about-us/investor-relations/ Nós portugueses graças ao BES sabemos que isto vale o que vale. Mas sempre dá para ir acompanhando. As contas são auditadas pela Ernst & Young. (de vez em quando também dou uma olhadela a este fórum: http://p2pindependentforum.com/thread/8851/mintos-results-2016 ) ( http://p2pindependentforum.com/thread/6835/warning-invest-mintos-before-reading )
  23. 1 point
    Vejam esses artigos a por em causa as plataformas mais conhecidas: http://mintos-independent-review.blogspot.pt/2016/10/peer-to-peer-lending-platform-mintos.html e https://kristapsmors.com/2017/05/18/would-i-invest-127k-eur-in-p2p-platforms-bondora-mintos-twino/ O que acham sobre essas opiniões ?
  24. 1 point
    Eu próprio também já li que essas plataformas não estão a contabilizar possíveis provisões nas contas, pelo que poderão vir a estar falidas caso toda a gente fique sem pagar de um mês para o outro. Como ainda não existe um Stress test a essas plataformas como existe nos bancos europeus, não é possível saber quem tem razão. Eu concordo contigo, mas temos de pensar que a Raize está a competir com os bancos Portugueses. Se os bancos Portugueses cobram uma taxa de 8% a 10% (já para empréstimos de alto risco), se a Raize pedir mais, não vai ter mercado nenhum. _____________________________________________________________ Eu escolhi investir através desta plataforma e não me queixo. Tenho dois empréstimos em atraso e sabia os riscos do meu investimento. No entanto, se continuar a ver empresas com erros de contabilidade semelhantes aos que tenho andado a encontrar, rapidamente vendo o meu portefólio no mercado de sessões e salto fora.
  25. 1 point
    Eu também não percebi. Lá fora e em mais que uma consegue-se 11%+ com BB. A raize tem de que olhar para a concorrência se quiser se massificar.
  26. 1 point
    Porque razão é que se paga manutenção de conta, quando existe no mercado pelo menos 4 alternativas em que não se paga? AB, CTT, Best, BiG, Carregosa...
  27. 1 point
    Partilho sim, já o fiz alguns posts atrás, está aqui o link do Dropbox: http://ganha-facil.eu.pn/Raize.html Mas aviso já que é algo muito básico
  28. 1 point
    Se pode, não deveria. As menos-valias não podem ser subtraídas aos dividendos, porque são rendimentos de categorias diferentes. Mas podem ser declaradas para terem efeito em anos posteriores, caso existam mais-valias.
  29. 1 point
    AR PPR é um fundo que é meio obscuro para mim, não investiria nele mas tem a melhor performance e isso é inegável. O NB PPR tem uma média de 6,61% ao ano desde que começou em 1991, não posso olhar apenas para uma performance em apenas 1 ano nos fundos, o Leve PPR Duo é um seguro. Tinha um PPR no BPI ( BPI PPR Acções ) na altura em que fiz o CH, mas resgatei tudo. Esbarrei com isto no Best, engraçado... vem mesmo numa altura em que os ataques informáticos estão na ordem do dia:
  30. 1 point
    Não terá sido algo que foi liquidado?
  31. 1 point
    Na FIN está escrito “Mobilizações antecipadas totais ou parciais com penalização de 50% dos juros.” Por exemplo, caso tenha €2000 investidos a 1 ano e levante €1000 ao fim de 6 meses, vou receber: €1000 x (1,75% x 50% - 28%) x 180dias / 365dias = €3,11 + €1000 = €1003,11 Os restantes €1000 ao fim dum ano: €1000 x (1,75% - 28%) = €12,60 + €1000 = €1012,60 É isto?
  32. 1 point
    Acho que é melhor pedir a um contabilista que o ajude, pois julgo que não estará bem a compreender o seu preenchimento.
  33. 1 point
    Não sei o que lhe diga... O que recomendo é que preencha o anexo devidamente. Se for preciso prestar algum esclarecimento, lá terá de ir à AT.
  34. 1 point
    A liquidação é uma espécie de venda forçada, visto assim de forma muito liberal. A mais ou menos valia será apurada entre o valor da aquisição e os valores recebidos aquando da liquidação.
  35. 1 point
    A retenção de IRS é irrelevante. Essa declaração não terá nada de especial, é só preencher o valor base (€1.000) e o imposto liquidado à taxa normal (€230). O resto deve ser relativamente simples. Alguma dúvida em particular?
  36. 1 point
    Para além da sugestão do Pedro Pais, especialmente a leitura completa do tópico "ETFs (Exchange-Traded Funds)", sugiro a leitura atenta dos seguintes artigos do David Almas (Observador): 1) Onde investir em 2017. Depósitos, certificados, fundos e ações para fazer crescer o dinheiro 2) De quantas ideias precisa para maximizar a sua poupança? Aqui tem 31 3) Duzentos euros. É o suficiente para a sua carteira de longo prazo 4) Gosta de fundos de investimento? Vai adorar os fundos cotados Não coloque o seu dinheiro em lado nenhum antes de saber responder às questões do D@vid. Tenha calma, pense bem e siga as duas máximas do investimento: i) Não invista (investimento de risco) com dinheiro que vá precisar, pois não é de capital garantido ii) Não invista em nada que não compreenda perfeitamente
  37. 1 point
    Alguém tem novidades sobre a DeGiro? Que tal têm corrido as experiências?
  38. 1 point
    Por favor depois publica aqui a tua experiência, para todos conhecermos um pouco melhor como funcionam.
  39. 1 point
    O Pedro e o Blog desenvolveu uma parceria com o José Pereira (consultor da Decisões & Soluções, <a href="http://www.pedropais.com/forum/index.php?action=profile;u=175">CFinanceiro</a> no fórum) que possibilita aos leitores do blog/fórum acesso <u>gratuito e sem compromisso</u> aos serviços de consultoria de crédito habitação. Para mais informações consulta http://www.pedropais.com/parcerias/credito-habitacao-parceria ou deixa uma mensagem.
  40. 1 point
    Não conheço tais empresas e aconselho a informares-te muito bem antes de enviar qualquer documentação pessoal. Se queres que te diga, a forma mais indicada de limpares o teu nome é falares com o Banco de Portugal e expores a situação. Claro que terás de regularizar possíveis dívidas que tenhas e afins, mas não há cá milagres...
  41. 1 point
    De certeza? Qual é o impedimento legal? E se, por exemplo, tiver uma procuração?
  42. -1 points
    Olá. Alguém me sabe dizer a que entidade se referem os movimentos nos extratos com descrição "BX VALOR 02 TRANSACCO"? Sei que o BX VALOR 03 é da Via Verde, mas e o BX VALOR 02? Obrigado.
  43. -1 points
    Ola ja que estamos nesse assunto sera que eu consigo denuciar uma pessoa que nao esta a passar recibo de arrendamento , sendo ue nao estou num quarto ? Ou seja. Eative com o meu namorDo no quarto que ele arrendou e aa senvoria quando me viu disse que nao me queria la . so porque sim. assim do nada E nao so . mas gostava de saber se eu sendo dw fora posso denucia-la
  44. -1 points
    oi para quem vive no euro deve ter carteira em euros alguma vantagem de ter dollars? só se for diversificar abrc
  45. -1 points
    Eu tenho uma divida ao Citibank à 10anos deixei de pagar pelas amiacas e à serca de 2 anos que não me chatiavao agora voltarão com amiacas de ir para tribunal .