Leaderboard


Conteúdo Popular

A apresentar conteúdo com maior reputação desde 20-08-2017 em todas as áreas

  1. 6 points
    De uma forma geral é o que o Mouro Emprestado diz. Não quer dizer que não haja, mas eu não vejo um. Normalmente quando encontro um é com base num passado recente espectacular mas que logo passado uns meses o fundo 'morre' e começa a ter under performance. Entretanto com este falatório todo de hedge cambial acabei de descobrir que um dos meus fundos favoritos existe no Best com hedge cambial. Falo do MFS Total Return. Infelizmente a versão com hedge só existe desde finais de 2014 por isso temos pouco material para fazer comparações mas de qualquer das formas aqui vão elas: A versão A1 é a que todos conhecemos, sem hedge. A versão AH1 é a versão que 'descobri', com hedge câmbial. Para verem a diferença uma está com -3% YTD e outra com +7.5% YTD. Tentem descobrir qual é qual Tb fiz a matriz de correlação. Até parece outro fundo, pois "apenas" tem correlação de 0.6 O desvio padrão é semelhante entre ambos (pelo menos por enquanto). Se bem que o MFSTR_A1 parece-me ter uns drawdowns bem mais agressivos. Acho que tudo depende da forma como medem o risco!! Desvios padrões: Drawdowns: Acabei por também fazer um gráfico com o diferencial percentual entre os fundos: Análise com carteira 50/50 Onde diz 'Portfolio' é a carteira 50/50. Um caso de menor desvio padrão mas maior drawdown (em relação à versão AH1) Matrix de retornos anuais Jupiter Notebook com código Python: http://bit.ly/2j9LhFz UPDATE: Versão do post já é a final
  2. 5 points
    Eu não trocava os meus filhos + esposa pela independência financeira, mas tenho a certeza que sem eles neste momento eu já estaria independente; como os tenho resta-me esperar pela reforma. O que me parece abusivo é que alguém que considera que os seus filhos são a coisa melhor do mundo se ponha a partir dai a extrapolar para todos essa ideia que ter filhos é a coisa melhor do mundo, pois certamente não é uma verdade absoluta; nem todos as pessoas gostam dos seus filhos, nem todas as pessoas acham que os proveitos de ter filhos se sobrepõem aos inconvenientes que estes trazem, etc. Cada um deve escolher para si o que quer em conformidade com a sua natureza/vontade, mesmo que essas escolhas sejam consideradas como egoístas (no mau sentido) ou socialmente criticadas. Há uma certa pressão social que incita ao casamento ou a ter-se filhos, e que leva muita gente sem qualquer apetência para ser pai/mãe ou marido/esposa a meterem-se nessas armadilhas das quais só resulta infelicidade para todos os envolvidos.
  3. 4 points
    O SP500 fechou hoje num máximo histórico de 2500 pontos (+11.68% YTD). Celebremos!... Oh wait... USD/EUR -11.94% YTD Bolas!
  4. 3 points
    No título do tópico colocaste " Poupar em Alimentação " .. A questão da poupança não reside tanto nas compras do supermercado em si, tens é que pesquisar na Internet / Livros receitas boas / saudáveis / saborosas que aguentem alguns dias no frigorífico e de preferência "Low-Cost", há sites / foruns disso "à pazada" .. fazer a lista previamente e depois o resultado é poupança no supermercado Há sites que te dizem o custo por ingredientes, no exemplo que dei em cima das almôndegas de feijão preto com molho de tomate basicamente o custo é de 0.40€ lata de tomate pelado + 0.80€ da lata de ~830g de feijão preto, soma-lhe uns cêntimos do sal+pimenta+noz moscada+coentros+salsa+farinha, depois fazes Cous-Cous / Massa / Arroz, soma-lhe a água e gás/eletricidade e basicamente tens para aí 4 refeições ( 5 almôndegas / refeição ) por 2.5€ - 3€ ... ou seja, em praticamente 1 semana almoçaste por nem 1€ / refeição .. O feijão preto é muito nutritivo, tem mais proteína por Kg que um bife de vaca por exemplo .. e não tem gorduras/hormonas etc ( atenção, não sou vegetariano, adoro uma boa picanha por exemplo eh eh ) Eu quando trago almoço para o work ( podia comer fora, mas faço-o porque gosto de cozinhar e ao mesmo tempo poupo € ) tento sempre fazer as tais refeições que aguentem vários dias .. se pesquisares no YouTube ( "5-day prep meal", "week meal prep" ) vais encontrar dezenas de ideias .. tudo saudável, variado e low-cost .. só não poupa na alimentação sem descurar a saúde quem não quiser ..
  5. 3 points
    Eu ainda não sou pai (não excluo essa hipótese) mas vamos ser sinceros, independentemente da maior alegria que um filho traga, esse é automaticamente um factor que irá excluir a maioria dos Portugueses de reformarem-se antecipadamente. Luxos e conforto à parte, provavelmente o dinheiro "será" gasto na mesma sem ser com os filhos, noutros vícios (viagens, carros, etc). Agora duvido que alguém que seja Pai, com salário médio em PT, sem heranças, euromilhoes possa aqui afirmar que poderá reformar-se antecipadamente.
  6. 2 points
    5coroas

    CGD

    A comissão da minha Conta M, foi logo cobrada no dia 2 (num sábado).
  7. 2 points
    Tens por exemplo este: https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?index=S%26P%2B500%C2%AE%2B%28EUR%2BHedged%29&groupField=index&from=search&isin=IE00B3ZW0K18 Acumula dividendos, tem um AUM superior a 2b de Euros (o que deve fazer com os spreads buy/sell sejam baixos) e um fee de gestão anual de 0,45% (inferior por exemplo do que Pictet USA). Está disponível no Best.
  8. 2 points
    Era o que estava a dizer, nos hipers / Pingo Doces e afins, os legumes / frutas não são tão baratos assim .. Eu tenho 1 filho pequeno, maior parte das vezes come o mesmo que nós Outra questão que me esqueci de referir e que se poupa imenso ( mas quando ando na rua constato que as pessoas fazem exactamente o contrário ), é tomar o pequeno-almoço em casa ... é uma poupança brutal .. Num qualquer café da esquina, até por 1 café + pastel de nata paga-se logo 1 - 1.2€ no mínimo dos mínimos ( naqueles cafés que fazem essas promoções ), se formos a falar de galão + sandes / croissant + café paga-se logo à volta de 3€ se não for mais ... 3€ x 5 dias x 4 semanas ( fora a malta que não prescinde de comer fora todos os fins-de-semana ) dá logo à volta de 60€ .... isto por pessoa .. se for 1 casal são 120€ ... se for 1 casal com 1 filho são 180€ +- .... Eu ao pequeno-almoço como sempre um mix de cereais ( Weetabix ~3.6€ + aveia ~0.8€ + Flakes marca-branca ~1.5€ + leite Magro ~0.6€ por 1L ) e cada pequeno almoço fica-me por 40-50 cêntimos e é saudável .. basicamente é o equivalente a 8€ / mês em pequenos-almoços caseiros .. é uma diferença colossal para o exemplo que dei em cima
  9. 2 points
    Capital*(1+tx juro)^num períodos
  10. 2 points
    @Greedy , tenho a ideia oposta. Legumes e algumas frutas da época (não "biológicos") compram-se a menos de 1€/kg, o mesmo não pode ser dito de carne ou peixe. Substituir carne ou peixe num prato por leguminosas fica certamente mais barato. Espinafres e cogumelos podes comprar congelados mais baratos. Talvez os bróculos e couve flôr também, compara (nos congelados comes tudo, lembra-te). O Continente e Pingo Doce, exceto promoções, não costumam ter os melhores preços nesse produtos. Compro mais no Minipreço, os preços base são tendencialmente mais baixos e frequentemente sai um talão de 20% desconto até ao fim do mês. Claro que se quiseres comer melão ou tomate a meio do inverno pagas bem. Há que privilegiar o que é de época, é melhor para a nossa saúde, a saúde do planeta e a nossa carteira.
  11. 2 points
    Algo que nós aqui em casa fazemos e que torna mais saudável e mais economico a nossa alimentação é comer muita fruta, talvez 50% da nossa alimentação diária seja fruta/legumes, seja no seu estado natural, seja em batidos, saladas ou sopas. Comprando estes produtos no mercado municipal, as frutas e legumes, embora não tão "vistosos" como nos supermercados, ficam-nos em metade do preço. Para o trabalho, levo fruta já pronta a comer em tupperwares e vou petiscando sempre que me dá a fome. Nesta altura também apanhamos amoras nos campos durante as nossas caminhadas e congelamos algumas para o Inverno. No Inverno apanhamos cogumelos, castanhas, ...depois urtigas, morangos silvestres, etc, há por aí muita coisa grátis. Além disso planto legumes no quintal e em vasos (mirtilos e morangos). Quanto aos alimentos mais caros, peixe e carne, optamos pelos que não estão tão na "moda" e por tanto mais baratos, e que com alguns condimentos ficam tão saborosos como os outros. Em termos nutritivos não há grandes diferenças, e por exemplo no caso das carnes, muitas vezes os mais baratos como os orgãos dos animais até são melhores do que as partes musculares. O peixe mais pequeno, pode também ser mais saudável, pois não comeu tanto peixe "contaminado" como os maiores. Cavala, carapaus, fanecas, etc
  12. 2 points
    Discussão muito interessante. Cá em casa, mais por uma questão de saúde, temos vindo a substituir a carne e peixe de pratos principais por leguminosas (feijão, grão, lentilhas) secas cozidas em casa e ovos. A sopa está também sempre presente. Estamos a comer peixes de mar com reduzido teor de mercúrio 3 a 4 vezes por semana e frango do campo 1 vez por semana. Evitamos tudo o que tenha açúcar adicionado (com a exceção de chocolate 70%+ cacau), que seja processado / pré-cozinhado / fumado / salgado / etc ou contenha aditivos. Como "doce" optamos por fruta, o referido chocolate negro e frutos secos. Estamos a gastar uma média de 150€/mês em supermercado, incluindo produtos não-alimentares (detergentes, etc). Produtos alimentares é tudo marca branca, os outros nem tudo. Quase tudo comprado em promoção e com os -3% do Cetelem Black. Mais importante, sentimo-nos muito bem, com mais energia. Claro que além da alimentação há também outros fatores, como uma caminhada diária, muita água e evitar stress, mas isso já é demasiado offtopic.
  13. 2 points
    Eu tento (embora nem sempre consiga) nunca comprar por necessidade. Isto é, tento manter a despensa com um stock controlado por forma a não ter que comprar porque acabou algo. Tendo isso em mente, quando vou fazer compras de frutas e vegetais, vejo o que posso comprar por estar em bom preço. Tendo espaço para armazenar, consegues fazer bons negócios. Eis alguns exemplos: - Fraldas - Estou a deixar esta fase mas o objectivo era ter fraldas suficientes até apanhar outra promoção. - Detergentes - Se o preço é "optimo" e tens espaço para armazenar, leva até à próxima promoção - Congelados - Se tiver espaço, aproveita! No início, pode abanar um pouco o orçamento (despesa superior ao previsto mas compensa a prazo) Isto tudo tem que ser complementado por outra regra fundamental que é não estragar comida. Ordenar bem os prazos de validade e condicionar bem os produtos. Se não for eu a controlar, sei que vai haver desperdicio. Boas poupanças
  14. 2 points
    Se queres mesmo poupar drasticamente é estabelecer (e respeitar) a regra de não comprar nenhum alimento que custe mais do que 2 euros por kilo.
  15. 2 points
    250€ para 2 pessoas acho que é muito, ainda por cima se compram marcas brancas ... Pratos económicos, bons, saudáveis e que dão para várias refeições há imensos exemplos ... estufados ... caril ... bolonhesa / almôndegas / lasanha ( confeccionadas ) ... para quem gosta de vegetariano dá para fazer almôndegas / hamburgers de feijão preto ou grão de bico ... Podes fazer 1 panela de pressão de 5-7 litros com sopa, usando 1 couve-flor média, 2 batatas pequenas, cenoura, cebola, alho-francês para a base e depois adicionas os ingredientes que quiseres ( feijão verde, espinafres, ervilhas, coentros, cenoura etc etc ) .. e tens sopa para 1 semana inteira ( com essa base aguenta bem no frigorífico, falo por experiência própria ) por " tuta-e-meia" ...
  16. 2 points
    No final de 2016 tinha cerca de 122 mil clientes e deu cerca de 5M€ de lucros. Secalhar as contas e cartões sem comissões até compensam ao banco, sendo veículo para venda de outros produtos.
  17. 2 points
    Muita actividade neste tópico desde que cá vim. Esta discussão é mais do que saudável! Do meu lado, dei um passo de gigante para ficar financeiramente independente... antes dos 30! Essencialmente comecei a colaborar com uma empresa que garante rentabilidade no mercado imobiliário, só tenho que encontrar os melhores imóveis, comprá-los e entregá-los à empresa. No meio tempo, dediquei-me a isto e abri um pequeno negócio de consultoria com um amigo que faz exactamente isto para outras pessoas. Se alguém quiser rentabilidade assegurada em imóveis que me mande uma mensagem, nós prestamos esse serviço na empresa. Relativamente às minhas receitas, espero até ao fim do próximo ano atingir os 4000€ mensais de rendas, com responsabilidades na casa dos 1300€. Em 2019 reformo-me em definitivo, com rendas mensais na casa dos 7000€ e responsabilidades na casa dos 2500€, além de outros activos que me devem render um total de 1000€ mensais. Nada é impossível. Se tiverem uma visão e a coragem suficiente para a falar, então acontecerá. Boa sorte a todos.
  18. 2 points
    5coroas

    CGD

    E as esganiçadas do BE não dizem nada?
  19. 2 points
    mrosendo

    CGD

    Ferreira de Oliveira ganha 5500 euros por reunião na Caixa Centeno aumenta 500 euros às senhas do presidente da Comissão de Remunerações da CGD. Alguém tem de pagar.... comissões . Corrupção mas legalizada.
  20. 2 points
    Por isso é que é sempre engraçado estes fóruns. Tu defendes que não é assunto nem influencia o caminho para a independência financeira. Eu defendo que é provavelmente a decisão que mais impacto tem em dificultar (ou mesmo impossibilitar) a independência financeira de um casal com rendimentos médios. 12 filhos, Cristiano Ronaldo (que acontece em 0,001% dos casos), etc. são exemplos que confirmam que as famílias hoje, com mais informação apercebem-se da monumental exigência financeira que é ter um filho. O apoio do estado é relativo, porque até pode dar qualquer coisa durante 1 ano, mas vai lá buscar muito mais em IVA dos muitos artigos que teremos que pagar, taxas e taxinhas da habitação maior via IMI, do veículo maior necessário via IUC, etc.. Aliás feitas as contas por cada filho que tiveres "a mais", maior serão impostos que terás que pagar. Até nisso ter filhos prejudica e muito a independência financeira. Se recebes 1000 euros brutos, com um filho e observando o valor médio obtido pelo estudo de Coimbra (450 euros/mês), terias que trabalhar muito mais que 1450 brutos (por que o IRS é progressivo..). Ou então abdicar de muita coisa: qualidade de vida, poupança, etc. Para acomodar as novas despesas. É claro que a dedução de despesas via filho pode diminuir o efeito, teríamos que fazer as contas.... Eu é que não consigo concluir daqui que este assunto é irrelevante para independência financeira de um casal. Para mim é precisamente o oposto dessa conclusão.
  21. 2 points
    ahhhhhhhhhhhhhh jassuuuusssss mas quem é que ainda têm conta na CGD???? Foge disso e escolhe um banco ONLINE! eu uso o activobank mas como voces gostam sempre de varias opçoes, procura neste mesmo forum as secções com outros bancos e escolhe por ti
  22. 1 point
    No grupeer consegues boa rentabilidade liquida, e no robocash apesar dos atrasos rende bem tb, na viventor serve para diversificar e pagam boas taxas de atraso A lenny faz parte da lista das p2p trabalho, so deixa a desejar nos ativos sem buyback, longos atrasos para pagar
  23. 1 point
    Voltei à Viventor porque vi uma boa oferta de 10 a 10,5% até 30 dias. Eles taxam os loans? Se assim for volto a desmobilizar tudo porque para já existem plataformas que oferecem taxad maiores e não nos taxam. Se eles começaram a taxar os loans estou para ver a confusão que será o IRS, onde no inicio deste ano não taxavam e agora já o fazem. Porque é que te preocupa o atraso os loans? Eles pagam o "late payment" por isso está sempre a render e até mais. O problema na Viventor é o facto da maioria dos loans serem espanhóis, ou seja, é o pior mercado de todos. @gustaferra em vez da Finbee não preferes a Lenndy? Até à pouco tempo tinham sede na Lituânia que entretanto mudaram para a Letónia. O único problema que encontrei foi na Paysera, pediam N factores de verificação.
  24. 1 point
    parm

    CGD

    Over and out! Também fechei a conta. Tive algum trabalho burocrátivo a mudar mas está feito e sem custos
  25. 1 point
    Bom dia, o meu nome é Ana Ferreira sou licenciada em Gestão de Empresas. Registei-me neste fórum para tirar algumas dúvidas que tenho e também para ajudar no que puder. Cumprimentos a todos.
  26. 1 point
    sultão

    CGD

    A mim não me cobraram nada. Acabei com a conta, ao fim de 30 anos como cliente.
  27. 1 point
    Pessoalmente não me agrada no PG entrar em Defaulted e depois não ter a hipótese de vender... agora imagina se tens ativos em PG de 2 anos e entrem cedo em Defaulted ? 2 Anos a espera que te compensem até ao fim do prazo sem conseguires ter a chance de vender? Eu agora só compro com Buyback ando-me a desfazer do PG....
  28. 1 point
    3500 - 4000€ estáveis por mês só em juros / rendimentos ? Nas Bolsas esse rendimento garantidamente que não é "estável" ... tanto pode dar 5K num mês como no mês seguinte não dar qualquer rendimento ... e a família tem despesas fixas mensais que não dá para fugir ... Em Depósitos a Prazo era necessário que tivesse uns bons milhões a render a <1% ... Acho que a única alternativa viável para ter um income estável dessa grandeza era apostar em Imóveis, ainda para mais se vão viver na zona de Aveiro tem a Universidade lá .... AirBnB em Aveiro não me parece muito rentável, mas na zona do Grande Porto já é viável ... O "problema" é que para ter esse tipo de retorno líquido por mês, tinha que estar a cobrar cerca de 5000€ ( com recibos electrónicos pagando 28% de imposto ) e para sacar 5000€ / mês em rendas tinha que ter algo do género: 10 imóveis a 500€ cada para arrendar a estudantes em Aveiro ( imóveis de 60 000 - 80 000€, ou seja, 600 000 - 800 000€ de investimento, fora eventuais remodelações ) Ou 8 apartamentos a 500€ cada para estudantes em Aveiro ( 480 000 - 640 000€ investimento ) + 2 Imóveis para AirBnB na zona do Grande Porto ( 400 000 a 600 000€ ) Mas sinceramente, parece-me um objectivo muito ambicioso .. Pode sempre optar por abrir negócio / empresa em Portugal e trabalhar para obter esse rendimento mensal Ou seja, tudo depende de quanto tem efetivamente para investir ... se estamos a falar na ordem de grandeza de 1 milhão € para cima, então esses cenários que coloquei em cima na teoria podem ter validade ... se for muito inferior sinceramente acho que é para esquecer a ideia lol Se o cenário fosse investir em Imobiliário mas alavancado por Crédito, atenção que no caso de o(s) apartamento(s) estarem temporariamente vagos a prestação mensal ao Banco terá que ser paga, ou seja, em vez de 3.5 - 4K / mês necessitaria desse dinheiro + as prestações das casas desocupadas para pagar do próprio bolso e não do inquilino ...
  29. 1 point
    Isso é verdade, mas... ... se não pagares comissões (por exemplo na DeGiro), a questão dos valores mínimos não se põe. É claro que para valores pequenos, mais importante do que investires, é mesmo poupares para depois investir. Por exemplo, um rendimento de 4% sobre 2.000 euros equivale a 80 euros o que, diga-se em abono de verdade, é um rendimento bem pequeno em termos absolutos.
  30. 1 point
    Já agora, para as Finanças, a HPP coincide com a morada fiscal. Se mudou a morada fiscal para o T2 logo após a compra, então essa é a sua HPP.
  31. 1 point
    Se logo a seguir à compra mudou a morada fiscal para o T2, podia ter declarado a compra do T2 logo como HPP - tinha poupado no IMT. A julgar pela pergunta, parece-me que não percebe de que forma é calculado o imposto sobre as mais valias. No exemplo que apresentou teria uma mais valia de 37.000€ (na verdade seria inferior, pois pode ainda deduzir o IMT pago na altura da compra e o custo da escritura, por exemplo - mas fiquemos pelos 37.000€ para exemplo). Desse montante só 50% é que são tributados. Ou seja, o montante que está sujeito a imposto são 18.500€. Isto é independente de a casa ser HPP ou não. Apenas depende do facto de ser residente em Portugal (nº 2 do art. 43º do CIRS). Estes 18.500€ são depois adicionados ao seu rendimento colectável (como rendimentos do trabalho, por exemplo) e, com base no total, é apurado o escalão de IRS em que se encontra e a taxa a aplicar. Por exemplo, se tiver um rendimento colectável (antes das mais-valias) de 30.000€, quer dizer que irá pagar de imposto por essas mais valias o valor de (40.522€ - 30.000€) * 37% + (48.500€ - 40.522€) * 45% = 7.483,24€ (Aproximadamente - sem contar com as deduções, sobretaxa, etc) Relativamente aos requisitos para ter direito à isenção desta tributação, a resposta está no artigo 10º do CIRS:
  32. 1 point
    Quando diz "na falta de um dos pais" quer dizer que ele faleceu? Ou trata-se de uma questão de desaparecimento por vários anos? Se ele faleceu: o cônjuge sobrevivo pode renunciar à herança, caso em que as partilhas são feitas apenas entre os filhos. O cônjuge sobrevivo mantém a propriedade dos seus bens e de metade dos bens comuns do casal (esses não fazem parte da herança do falecido). A qualquer altura pode doar os seus bens aos filhos, com o acordo de todos estes.
  33. 1 point
    3 filhas pequenas (todas menores de 10 anos) e com alguns desafios. Uma intolerante à lactose e outra com intolerante ao leite de vaca e glutém, Uma dica que julgo que ainda não foi referida é analisar cuidadosamente o preço por quantidade (ou preço por unidade de medida). Regra geral, uma embalagem de 5kg (ou litros) costuma ser mais barata que 5 x 1kg (ou litro) mas nem sempre é assim. É mesmo necessário fazer as contas. O cozinheiro/cozinheira faz toda a diferença no preço da refeição. Vejamos este exemplo (não sou nutriocionista pelo que critiquem as quantidades). Refeição de bifes para 5 adultos = 5 x 200g = 1kg. Mesma carne mas em modo "jardineira" (ou similar com cogumelos e vegetais), dá para fazer a mesma refeição com 750g de carne. Não esquecer que os restos são comida e dá para o almoço no dia seguinte no trabalho ou para o jantar seguinte.
  34. 1 point
    The Dumbest Call of the Era - Joshua Morgan Brown - The reformed broker
  35. 1 point
    Em Lisboa as frutarias que conheço podem ter fruta "melhor" (maior, mais bonita), mas não mais barata. Suponho que se estão a tornar um negócio "gourmet", mais caras que no resto do país. Por outro lado, as cadeias de supermercado praticam o mesmo preço em todo o lado. Não me surpreende por isso que noutras zonas do país a situação se inverta. Como só compro fruta em promoção no super, nem me vale a pena passar nas frutarias. No super posso acumular com promoções gerais (exs: "5€ em 20€" do Continente ou "-20% em frutas e legumes" do Minipreço) e pagar com cartão obtendo cashback (-3%).
  36. 1 point
    Tenho uma relação de 60% em dia para 40% em atraso, no robocash andou em 80% em atraso e á pouco dias ficou só 20% em atraso para 80% em dia
  37. 1 point
    Eu normalmente sempre que vou comer a um restaurante nunca fico " wow valeu mesmo o dinheiro " .. o rácio preço / qualidade / quantidade por norma é "normal" mas não me parece justificativo de andar constantemente a ir comer ao(s) restaurante(s) ... Por exemplo, eu gosto de tipos de cozinha muito variadas, desde portuguesa, espanhola, asiática / japonesa, italiana ( cozinho disso tudo ) e de vez em quando, quando vou a um nepalês / indiano e vem a conta fico naquela : " Epá, fazia isto em casa, por muito menos €€€€, mais quantidade e com a garantia de que sei que os ingredientes utilizados são bons e não duvidosos " A única coisa que há muito tempo deixei de fazer porque cheguei à conclusão que não valia o esforço e o €€€ é fazer sushi em casa, demorava 2 horas para fazer uma quantidade decente e fora o custo dos ingredientes e o trabalho em si ... desde há alguns anos que se encomenda Take-Away em muito japonês com bastante quantidade e qualidade por um preço relativamente "justo" .. claro que não é para andar a comer todas as semanas O congelar não é necessariamente mau, eu congelo bastante carne e está sempre impecável quando a cozinho Outra ideia que fiz hoje: omelete ( 3 ovos M ) com cebola, coentros, pedaços de tomate e salada com 1 tomate a acompanhar ..foi quê .. 1.5€ em ingredientes o jantar .. ? lol Há tanta coisa que se pode fazer por peanuts ... compras 1 frasco de molho Pesto verde / vermelho no Pingo Doce ( acho que é 1.25€ ), 1 embalagem de 120g de queijo parmesão ralado ( ~1.5€ ), 1 embalagem de 70g de salmão fumado ( ~2.5€ ), 1 embalagem de 400-500g de bifes frango ( ~2.5€ ), 1 frasco de azeitonas verde descoraçadas ( ~1€ ), 1 embalagem de arroz ( ~1€ ) e podes fazer para aí 6-8 refeições ( tu e a outra pessoa em casa ) com isso tudo .... fusili com pesto + pedaços de frango grelhado + parmesão .... outra de salmão fumado com esparguete + pesto + parmesão .. arroz branco com frango com pesto + parmesão .... somas tudo e tens 6-8 refeições a 1.2€ - 1.5€ por refeição .... ( sem contabilizar o gás e água ) Epá isto parece muito picuinhas chegar a este ponto de detalhe, mas o que é facto é que assim come-se bem ( não é preciso ser salsichas e outras coisas processadas que sao menos saudáveis ) e não se gasta quase nada .. e se for bem confeccionado toda a gente vai ficar satisfeita/ saciada ..
  38. 1 point
    Comece por aqui: https://faturas.portaldasfinancas.gov.pt/
  39. 1 point
    Eu torço pela racha...perdão, pelo racha.
  40. 1 point
    E hoje mais uma ficha no carrossel, à conta do missil NK a passar por cima do Japão. Vamos ver se na sexta-feira há rebound ou quebra de resistências à conta dos dados do emprego nos EUA. Penso que esta semana vai ditar o rumo dos próximos meses. Como dizia o outro: "Ou vai, ou racha". De qualquer das maneiras, eu não mexo nos meus 75% EUA. Ainda me escaldo...
  41. 1 point
    Muitas P2P distinguem juros normais e os juros de Penalização, ou seja, recebes juros de mora também....
  42. 1 point
    - casa ocupada, inquilino sem pagar, processo em tribunais vários anos
  43. 1 point
    Ao fazer o registo algumas P2P pedem comprovativos de morada e outras certificado de residência, isso vai permitir que a P2P em questão não tribute aos não residentes, contudo algumas já estão a tributar aos não residentes caso da FinBee ou a Viainvest nos activos checos.... Nas FAQ das P2P eles dizem que temos de ver no Pais de origem se é tributado ou não, e somos nós, temos de ter essa responsabilidade de declarar os rendimentos... Como os Ativos são empréstimos obrigacionistas em troca de juro, na minha opinião, e mesmo que se reinvista temos de declarar como rendimentos estrangeiros Penso eu no Anexo J.... Na pratica ainda não entreguei rendimentos obtidos no estrangeiro no caso especifico das P2P só para o ano a entregar os rendimentos de 2017 que me preocupo.... Como existe acordos entre países; se lá fora a taxa fora for 0% aqui vai ser taxado a 23%, no caso da FinBee cobra 10% ou 15% ( tenho dp confirmar ao certo) nesta P2P será cobrado a diferença ( 13%). Por exemplo: se ganharam 10mil em juros a retenção seria de 2300€ mas não significa que iria pagar isso no IRS, depois temos as deduções típicas ; despesas saúde etc...e provavelmente pagariam um valor inferior a 2300€. Depois existe opiniões que as P2P é algo novo, que não se faz as retenções e tal, não há cruzamentos de dados, é tudo reinvestido ....etc.... e não faz sentido preocupar em declarar.... eu acho um risco este pensamento.... os manuais de ajuda disponibilizados por certas auditoras é claro no que se trata a rendimentos obtidos através de juros e no IRS já encontrei artigos a dizer o mesmo são reconhecidos como rendimentos obtidos e disponibilizados..... Resumindo, quem investe forte é melhor declarar ou obter ajuda profissional num ROC / auditor a ver se existe alguma maneira de estar isento ou não tenham enquadramento nas P2P, que eu também gostaria de saber.....
  44. 1 point
    Para já tenho canalizado tudo para a remodelação da RP#3. Faltam ainda 2 apartamentos desse prédio e logo a seguir entrego-os à empresa de rentabilidade assegurada, o que dá mais cerca de 550€ mensais de rendas. Em Dezembro tenho tudo concluído e aí vou carregar mais no P2P ou na bolsa se encontrar alguma coisa desvalorizada. Para já tenho passado o tempo todo de volta dos investimentos imobiliários e da empresa que tenho com o meu sócio que felizmente tem dado trabalho. Quanto ao blog, tenho andado bastante doente, e estar em frente ao PC deixa-me enjoado. Vou voltar em força.
  45. 1 point
    Escrevi longos posts sobre este tema e a demonstrar que é possível, a independência financeira, basta, conseguir ser empreendedor, criar valor no naquilo que dedicamos: Seja qual for o instrumento financeiro ( Acções; fundos , imobiliário, construção, trader) / negócio, depois uma alavanca financeira ( Capitais Alheios ou Próprios) ajuda muito atingir os objectivos.
  46. 1 point
    Tal como cá depende do banco... Tem que consultar o preçário de cada um para ter uma resposta. Sendo numa moeda diferente do Euro, aos custos da transferência propriamente dita haverá ainda que somar os custos do câmbio da moeda. Mas se tem de receber dinheiro do estrangeiro com frequência há algumas soluções mais baratas como receber pagamentos através de Paypal (ou similares - uma pesquisa rápida no Google dá várias alternativas); se a origem do dinheiro for sempre do mesmo país, pode averiguar a hipótese de abrir lá uma conta, seja física, seja através de um cartão virtual (http://news.revolut.com/post/151386958792/transfer-23-currencies-globally-with-the-real)
  47. 1 point
    https://www.bancobest.pt/ptg/bestsite/best_docs/PRE_FCD_3_cartoes_debito_credito_particulares.pdf
  48. 1 point
    Julgo que uma coisa não será impeditiva da outra.
  49. 1 point
    http://pt.fundspeople.com/news/dez-anos-apos-a-eclosao-da-crise-do-subprime-em-que-ponto-estao-os-mercados-agora
  50. 1 point
    Só hoje me apercebi que finalmente comecei a receber as prestações do meu primeiro empréstimo na Bitbond. Como podem ver no texto de apresentação deste artigo, o meu primeiro empréstimo foi a um empresário portugues que, vim a saber mais tarde, não estava habituado a trabalhar com transferências de Bitcoin. Assim acabou por atrasar a primeira prestação por 19 dias enquanto esperava pela transferência do banco. Esta situação acabou por ser interessante, serviu para ver o que acontece durante os pagamentos em atraso. Mesmo sem ser membro podes ver os desenvolvimentos na página do empréstimo, onde mostra os avisos da plataforma e as mensagens dos membros que emprestaram dinheiro: https://www.bitbond.com/listings/42ZERDD2TJ