Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.350
      publicações
    2. 12.481
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.160
      publicações
    4. 835
      publicações
    5. 4.192
      publicações
    6. 24.561
      publicações
    7. 29.458
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      27.165
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      621
      publicações
    3. 1.125
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      711
      publicações
    5. 2.193
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      703
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.631
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    23.051
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    isatrin
    Utilizador Mais Recente
    isatrin
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.754
    Total de Tópicos
    132.713
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • Casusa
      Boa tarde. Num lote de comproprietários de um terreno entre outros há 5 filhos e a viúva que receberam de herança uma fracção desse mesmo terreno, isto à 9 anos atrás. Não fizeram habilitação de herdeiros e a fracção na conservatória do registo  predial ainda está em nome do pai. A questão é se não são obrigados a registar na conservatória o terreno em seu nome? Na A.T. o óbito foi comunicado. Obrigado.
    • Visitante Lidia Carvalho
      Boa tarde, Desde há 10 anos e após o de divorcio, designei a empresa empregadora do pai do meu filho, a ser fiel depositaria da pensão de alimentos do mesmo. Esse depósito, e segundo o que ficou regulado na regulação do poder paternal, deveria acontecer sempre até ao dia 8 de cada mês. Contudo, essa mesma empresa, ao longo destes anos continuamente não cumpre com a data limite de do pagamento da pensão, actuam com uma total displicência sobre o tema, obrigando-me diversas vezes a ter de ser eu a entrar em contacto para chamar a atenção pela falta.O que é que eu posso fazer, para controlar estes permanentes abusos e falta de respeito por parte da empresa em causa, para conseguir que no futuro tratem a pensao de alimentos do meu filho com mais respeito e seriedade. Grata pela atenção,      
    • Cardoso24
      Nunca se deve por tudo no mesmo cesto. Ainda que o Banco Best seja um banco "seguro".
    • YARA
      Já fiz o DP. Como é um valor inferior a 100K estou tranquila. Aproveitar a taxa de 2.50% a 3 meses.
    • JRJordao
      Desde 1994, 120 dias de trabalho, seguidos ou não. Períodos inferiores a 120 dias são somados. Se por exemplo num ano trabalhar apenas 80 dias e noutro (seguido ou não) apenas 40 dias, os dois juntos contam como um ano para efeitos de reforma.
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      Pedro Pais
      Pedro Pais
      5
    2. 2
      D@vid
      D@vid
      3
    3. 3
      nunosbpereira
      nunosbpereira
      2
    4. 4
      Patanisca
      Patanisca
      2
    5. 5
      Jaymz
      Jaymz
      2