Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.011
      publicações
    2. 12.119
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.123
      publicações
    4. 532
      publicações
    5. 4.069
      publicações
    6. 24.405
      publicações
    7. 27.352
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      25.804
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      510
      publicações
    3. 953
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      613
      publicações
    5. 1.820
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      673
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.495
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.459
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    golfinho29
    Utilizador Mais Recente
    golfinho29
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.015
    Total de Tópicos
    126.982
    Total de Publicações
  • Popular neste momento

  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • zzzpt
      Best
      Obrigado também tinha essa ideia 
    • AJOLIVEIRA
      IRS_2ª fase
      Como devo indicar o valor recebido da MEO, através do condomínio, no anexo F ?   muito obrigado
    • seffar
      Fundos de Investimento
      Ao fazer opção pelo anexo J, estando este já fora de prazo, não vai ser obrigado a pagar coima? 
    • atlas
      Fundos de Investimento
      Já agora, diz também a DECO, a pugnar pelo anexo J:   "Desde o início de 2015, os ganhos provenientes dos resgates de fundos internacionais (geridos fora do país, mas vendidos em Portugal) são considerados como mais-valias e tratados da mesma forma do que a venda de ações (categoria G). Se este ano resgatou algum fundo internacional, já não sofreu a retenção na fonte de 28% dos ganhos. Mas, em 2016, quando entregar a declaração de rendimentos de 2015, os resgates destes fundos terão de ser inscritos no anexo J. O imposto a pagar dependerá do saldo global das mais-valias de ações, obrigações e fundos de investimento. Pode optar pela tributação à taxa autónoma de 28% ou pelo englobamento" https://www.deco.proteste.pt/investe/irs-2015-ppr-e-fundos-de-investimento-s5108324.htm   Já agora, diz o Novobanco (o dono do BEST...):   Movimento Modelo 3 - Anexo J Alienações de ações / partes sociais Quadro 9.2.A  Resgates ou alienação de unidades de participação ou liquidação de fundos de investimento Código G20    http://www.novobanco.pt/site/images/xselling/particulares/guiafiscal/PreenchimentoIRS.pdf (vejam o quadro na página 5).   É, aliás, engraçado, que me venham falar da credibilidade de gestores de conta e PFA do Best. Porque se houve uma tipa qualquer que mandou preencher pelo anexo G, a verdade é que no guia fiscal do próprio Best (!!!) mandam pelo anexo J:   "Sempre que obtenha rendimentos desta categoria, o titular encontra-se obrigado à apresentação do Anexo J juntamente com a sua Declaração de Rendimentos".   https://www.bancobest.pt/ptg/bestsite/best_docs/Best_Guia_fiscal.pdf (ver nas páginas 106 e 107).   E assim, temos: - O banco Best, - O banco Big, - O Banco Invest e - a DEco - e o senso comum... a indicar ser o anexo J.   Parece que o Activo (o tal que está em falta com as declarações fiscais...) e uma gestora de conta do Best (que contraria as instruções do seu próprio banco...!!! - que grande especialista fiscal que ela deve ser...!!!) que indicam ser o anexo G.   Eu irei optar pelo anexo J. Cada um faça o que entender.        
    • atlas
      Fundos de Investimento
      O seu dinheiro não está no estrangeiro?   Então quando investe num fundo sediado no Luxemburgo o seu dinheiro não está no estrangeiro? Então está onde? Então se investir num fundo da Pimco o seu dinheiro fica em portugal ou é entregue a uma instituição que se encontra na Irlanda para que essa instituição invista?   (isto até faz lembrar a história do papel comercial do GES, que querem que seja BES porque era transacionado pelo BES).   Se eu tiver ações da Apple e as vender, as mais valias são nacionais ou internacionais? E também não são transacionadas pelos bancos e corretoras portuguesas? Por que é que no caso dos fundos a lógica seria diferente?    No BIG a recomendação é para o anexo J. Até tenho os Nif das entidades emitentes no estrangeiro. Eu vou preencher pelo anexo J. E se depois me vierem chatear, em mostro-lhes a declaração que tenho do Big.    Cá estamos para o que der e vier. E os Tribunal Administrativos e Fiscais também.
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      pauloaguia
      pauloaguia
      6
    2. 2
      carlos2008
      carlos2008
      2
    3. 3
      Mouro Emprestado
      Mouro Emprestado
      1
    4. 4
      Ducas
      Ducas
      1
    5. 5
      Wakka
      Wakka
      1