Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.176
      publicações
    2. 12.273
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.130
      publicações
    4. 683
      publicações
    5. 4.099
      publicações
    6. 24.476
      publicações
    7. 28.336
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      26.749
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      522
      publicações
    3. 1.026
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      662
      publicações
    5. 1.942
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      682
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.551
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.705
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    RaquelPereira
    Utilizador Mais Recente
    RaquelPereira
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.369
    Total de Tópicos
    129.850
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • pauloaguia
      Sim, o Estado paga juros, tal como exige que lhe paguem a ele quando somos nós que nos atrasamos... Mas creio que não há coimas do lado de lá...
    • RaquelPereira
      Boa tarde, Venho pedir ajuda neste fórum porque honestamente sou um bocado leiga nesta matéria. Deveria provavelmente ter tratado deste assunto mais cedo, mas fiquei com a ideia de que não tinha que declarar nada e só recentemente com o prospecto de me casar neste próximo mês me ocorreu procurar informação sobre o assunto. A situação é a seguinte: Resido e trabalho há cerca de um ano nos Emirados Árabes Unidos sem nunca no entanto ter procedido a uma mudança "oficial" de residência nas finanças ou em qualquer outra entidade. Não possuo casa em Portugal em meu nome, nem qualquer outro bem que não seja de herança conjunta. Gostaria de saber que impostos e/ou obrigações tenho nesta situação. Estou a pensar regressar a Portugal num prazo de 2 a 3 anos, por isso não estou inteiramente interessada em alterar a minha morada fiscal, aliás, gostaria de saber quanto e a que entidades devo pagar imposto, no caso de querer auferir de benefícios se o meu contrato de trabalho não for renovado, como sendo o subsidio de desemprego enquanto procuro um trabalho quando voltar para Portugal. Muito obrigada pela disponibilidade e ajuda em avanço. Raquel Pereira
    • Gecko
      A parte do "rezar" era mais uma figura de estilo Basicamente, no sector imobiliário, seria fazer o que já comecei e que me sugeriram: procurar casas baratas, de preferência penhoradas ou que por qualquer outro motivo semelhante estejam com um preço bastante baixo, dar uma "lavadela de cara" se necessário e alugar. Depois é usar o lucro (e numa primeira fase empréstimos) para continuar com esse investimento e, talvez, diversificar, por exemplo com espaços comerciais ou o aluguer de habitações a turistas, estudantes, etc. No sector automóvel seria começar por baixo e ir subindo. Não sou mecânico mas sei o suficiente para detetar a maioria dos problemas graves ao comprar um carro usado e sei que há pequenos arranjos (polimento de faróis ou pintura, capas de bancos, trocar pedais, volante e manete desgastados, limpeza a fundo, restauro de jantes, etc.) que transformam completamente a aparência de um carro e podem transformar uma compra de 500€ numa venda de 700/800€. Não é irrealista e é um bom ponto para começar. A questão está em comprar o carro certo para não me espalhar ao comprido logo nos primeiros negócios. Depois é ir aumentando o valor das viaturas que compro. Outra opção seria a importação. Por exemplo: Portugal: http://www.standvirtual.com/carros/anuncios/Lexus/CT/P8907409/ Holanda: https://www.autoscout24.com/classified-detail/detail-page/e38aae4b-e858-469f-aea7-f0595ff1eaa2 Este uma vez que é híbrido o ISV que teria de pagar ao chegar a Portugal é pouco mais de 1000€. A isso soma-se a viagem e o transporte, que devem ser mais 1000/1500€, contas "a olho". É arriscado, é necessário escolher bem o que se vai comprar e é preciso um bom capital para investir  mas tem um bom potencial de lucro. Quanto ás antiguidades faço mais por gosto do que por negócio. Claro que se pudesse juntar o útil ao agradável, melhor. Gosto principalmente de antiguidades "á homem": material militar, ferramentas, equipamento médico e cientifico, coisas ligadas ao mundo automóvel, artigos de bar e relacionados com bebidas, artigos de caça, etc. O que faço é ás vezes nas horas livres ir ao OLX e procurar pechinchas, depois por vezes troco as coisas que tenho em casa. Por exemplo, encontro um suporte para tacos de bilhar de que gosto, vendo o meu e compro esse. Nos tempos da faculdade cheguei a comprar três recheios de casas, fiquei com umas coisas e vendi o resto mas a margem de lucro era baixa tendo em conta o espaço que as coisas ocupavam e sobretudo as horas que necessitei para me ver livre de tudo. Foram centenas de e-mails e telefonemas para vender coisas de 1€, 5€, 10€...
    • frugal
      Viva E no caso dos CFD's de S&P e DAX? Obrigado!
    • w2ww
      Venho aqui só deixar uma actualização quanto à situação do XGPD. Acabei por decidir pedir a transferência da posição para o XGLR. Chateia-me um pouco ter de estar a negociar um ETF em libras, mas por agora parece-me a melhor solução. Esta semana já vou começar a preparar o rebalanceamento do meu portfolio!  
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      scpuser
      scpuser
      3
    2. 2
      Mouro Emprestado
      Mouro Emprestado
      3
    3. 3
      atlas
      atlas
      2
    4. 4
      Jaymz
      Jaymz
      2
    5. 5
      D@vid
      D@vid
      2