Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.275
      publicações
    2. 12.379
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.136
      publicações
    4. 726
      publicações
    5. 4.125
      publicações
    6. 24.526
      publicações
    7. 28.922
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      26.929
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      565
      publicações
    3. 1.060
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      683
      publicações
    5. 2.029
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      687
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.585
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.858
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    João Ribeiro
    Utilizador Mais Recente
    João Ribeiro
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.539
    Total de Tópicos
    131.158
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • Josefernando
      Não estou na vossa situação não fiz esses clns, no entanto reafirmo o que disse, a questão das falhas graves na montagem e comercialização dá pano para mangas, porque primeiro de tudo estamos a falar de que bancos? como foi montando os produtos em cada banco ( emitente )? como foi comercializado em cada banco? o site fala em Deustche e Best, mas houve outros, pelo menos pelas noticias na imprensa.                           Imaginemos o seguinte cenário, o Best ( BESI ) montou mal o produto ou foi mal comercializado, há recarssimento aos investidores, mas prova-se que no Deusche foi tudo bem feito, como fica?                         Continuo na minha, se há papeis assinados, se os clientes não fecharam os olhos e viram os sinais de alerta nas fichas, então reafirmo que vão gastar dinheiro para nada, mas cada um sabe de sí, vamos esperar para ver no que isso vai dar, mas desejo tudo do melhor.
    • master-chief
      nao é um ano de isençao para a SS? Lanço outra questao a quem souber   IVA   Comprar tudo no primeiro trimestre, ou comprar ao longo dos trimestres, para recuperar o IVA?

      Falaram-me que se comprar tudo no primeiro nao vou buscar provavelmente todo o IVA que paguei   Eu pensava que seria feito o "apanhado" dos 12 meses e no final do ano via-se se pagava ou recebia o iva
    • MissPastel
      Ok. Muito obrigada pela explicação.
    • ruicarlov
      Os regimes de casamento podem realmente ter importância em quanto o cônjuge herda, mas para o seu caso em particular é indiferente. Deixe-me dar um exemplo: se os dois tivessem casados com comunhão de bens, metade dos terrenos pertencia automaticamente à esposa, mesmo em vida do seu tio. Após a morte deste, apenas a metade dele é que ia ser distribuída pelos herdeiros, nos quais se incluía a mulher, que recebia uma parte adicional para além da metade que já detinha. Num casamento com separação de bens, os bens continuam a pertencer ao seu tio até que este faleça. Nessa altura faz-se a divisão pelos herdeiros. Em caso de haver mais do que um herdeiro, a mulher sai mais beneficiada no regime de comunhão do que no de separação de bens. Mas quando o único herdeiro é a mulher, o regime de casamento torna-se indiferente. Quanto à questão de o cônjuge aparecer duas vezes, se ler o resto do artigo 2133º, está lá explicado isso. Havendo descendentes e cônjuge, os bens são repartidos entre eles, e os ascendentes não recebem nada. Mas se por acaso não houver descendentes, os ascendentes ficam ao mesmo nível do cônjuge, ou seja, a herança passa a ser repartida entre esses membros. Por outras palavras, o cônjuge só fica com a herança totalmente para si se não houver nem descendentes nem ascendentes. É por isso que é chamado duas vezes, para cobrir as duas situações.
    • pfonseca
      Não sei se alguém saberá responder a isto. A minha carteira tem 5 ETF: 3 da bolsa de Amesterdão e 2 da Xetra (Alemanha). Acho que deves decidir que posições queres ter na tua carteira, e então escolher o broker.
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      Patanisca
      Patanisca
      1