Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.693
      publicações
    2. 12.808
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.172
      publicações
    4. 993
      publicações
    5. 4.305
      publicações
    6. 24.827
      publicações
    7. 31.515
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      28.247
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      690
      publicações
    3. 1.233
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      775
      publicações
    5. 2.458
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      718
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.738
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.265
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Santos99
    Utilizador Mais Recente
    Santos99
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    14.366
    Total de Tópicos
    137.723
    Total de Publicações
  • Popular neste momento

  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • 5coroas
      Se eu fosse pedir uma redução do tempo que me falta, (coisa que eu gostaria de fazer), o banco aproveitava logo a oportunidade para me subir o spread que é de 0,3%. Eu prefiro portanto ir ganhando aqui ou ali algumas mais valias com os FI e depois ir amortizando o CH. Mas lá está cada um tem a sua situação especifica e é com base nela que poderá agir em conformidade; não sei é se os bancos andam neste momento muito disponíveis para baixar spreads...
    • 5coroas
      Também é uma questão com a qual fico surpreendido; será por não pagarem certas despesas em que o Estado lhes deita a mão e que a mim não, como infantários, livros escolares, abono familiar, consultas médicas, etc, ou também será porque se calhar ganham mais dinheiro do que aquele que declaram, ou porque reduzem muito a quantidade/qualidade dos alimentos que consomem para poderem ter carros para mostrar, férias no Algarve, vicios como o tabaco, ou petiscadas todos os fins-de-semana? Sinceramente não sei, mas talvez haja por aí muito burro (pobreza) vestido com a pele do leão (riqueza exibida). Não estou a criticar os estilos de vida diferentes dos meus; só estou a dizer é que se eu fizesse vida "normal", pouco me sobraria ao fim do mês, pelo que fico admirado como outros que ganham muito menos do que eu o conseguem.
    • gustaferra
      No exemplo, que dei é possível poupar todos os meses, através  investindo e com os rendimentos do trabalho é possível reformar antes dos 66 anos 3 meses, Se tudo se manter estável na vida do casal. Depois pode ocorrer imprevistos que baixem essa valor estimado ( 260 mil) situação de desemprego , Divorcio , invalidez,  mais filhos não planeados, mudar de carro 10 em 10 anos irá baixar o valor estimado,  Como pode ocorrer situações que aumentem esse valor estimado, salários  acima da média , receber o euromilhoes; heranças, investimentos superiores a 6%; conseguir poupanças superiores a 20%....   Agora, se vamos pensar que poupanças e investimentos é só para ricos, e estamos mais preocupados eu ter as ferias de sonho, para meter no facebook e fazer inveja aos amigos e vizinhos , se queremos ter o Mercedes xpto porque o vizinho tb tem 1 mercedes e eu quero ser o Rei da minha rua, estamos a discutir o sexo dos anjos....  Eu pessoalmente, estou marimbando se os meus vizinhos andam de mercedes , suv´s etc... ando de C3 utilitário pago a pronto e sou o Rei da minha rua Faço férias planeadas com antecedência e consigo reservar sítios baratos, evito as auto-estradas se fizer sentido, e faço férias económicas, evito adquirir pacotes de ferias em agências de viagens...  Resumindo dá trabalho poupar recursos e ganhar dinheiro, é muito mais simples gastar por impulso sem planeamento.... Mas se traçamos objectivos para evitar dissabores futuros.... ao longo de 35 anos como dependente e depois como independente financeiramente ja tive alguns apertos, que deixei de os ter quando tracei objectivos...... Mas tb depende da estabilidade emocional e familiar de cada família.... mas se a malta anda por aqui, é porque andam no bom caminho para aprender a ganhar uns extras nos investimentos ou nas poupanças familiares e não me refiro deixar de comer / deixar de ter filhos.... Uma dica para reduzir a divida bancária do credito habitação.... Vejam o spread que possuem, o tempo que falta pagar ao banco, uma simples simulação de uma redução o spread de 0,5% e reduzir 15 anos do tempo e pagar mais 100€ por mes ao banco poupei 20mil de custo de financiamento, e não devo uma fortuna ao banco..... 
    • Greedy
      Sim, é um facto que ter filhos afecta directamente a poupança, o que estava a falar era da ponderação na decisão de " ter filhos e não ter independência financeira Vs não ter filhos e eventualmente* ter independência financeira passado uns anos " O eventualmente* espelha aquilo que coloquei a bold na tua citação, ou seja, a malta que é da opinião que não ter filhos é automaticamente sinónimo de uma poupança brutal e consequentemente a independência financeira num futuro a médio-prazo não é linear. Ou seja, se um filho corresponder a um gasto de X€ anualmente, esse gasto de X€ anualmente num solteiro(a) pode corresponder a uma vida mais boémia como referiste e lá se vai a poupança toda novamente ...   Portanto, mesmo sem filhos as pessoas teriam que ter uma vida igualmente regrada / frugal por forma a atingirem o objectivo da FI, o grande problema é que muita gente ( nomeadamente a geração Millenial que até tem acesso a remunerações elevadas no estrangeiro ) não estão para aí virados ( taxas de poupança > 50% rendimento disponível / mês ) e preferem viver o dia-a-dia e curtir a vida com viagens etc Daí eu ficar de alguma forma perplexo com o estilo de vida e "vícios" da população portuguesa em geral. Como é que a grande maioria gasta como gasta tendo garantidamente rendimentos bastante inferiores aos teus !  Daí os tais ~3.8% de poupança do rendimento disponível e o porquê do elevadíssimo Crédito Mal-Parado na Banca e os Créditos Pessoais e Habitação a disparar novamente, só pode, portanto provavelmente será uma questão de tempo até termos novamente uma crise infelizmente.
    • 5coroas
      Gustaferra, eu concordo que em 30 anos é muito possível acumular esse montante...mas não fazendo uma vida normal. É necessário ser bastante frugal. Sei-o por experiência própria. Eu e a minha mulher, em conjunto ganhamos cerca de 3000 euros mensais, e conseguimos poupar cerca de 40% desse montante, MAS, apenas porque somos muito frugais, talvez mais frugais do que muita gente pobre neste país. Antes de sermos frugais, ou seja não uns esbanjadores mas tão somente quando fomos "normais", acabávamos sempre o mês sem nada poupado e muitas vezes com o saldo negativo. Ainda agora, sempre que surge (e surge frequentemente) uma despesa extra, como uma avaria num automóvel ou no computador, a viagem de finalistas da filhota, uma prenda para um casamento, etc, pouco fica para por de lado nesse mês. Tenho 2 filhos.
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      gustaferra
      gustaferra
      17
    2. 2
      Pedro Pais
      Pedro Pais
      13
    3. 3
      Greedy
      Greedy
      11
    4. 4
      Cardoso24
      Cardoso24
      9
    5. 5
      5coroas
      5coroas
      9