Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.015
      publicações
    2. 12.127
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.124
      publicações
    4. 541
      publicações
    5. 4.069
      publicações
    6. 24.409
      publicações
    7. 27.433
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      25.957
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      510
      publicações
    3. 953
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      617
      publicações
    5. 1.829
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      674
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.499
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.476
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Sir Renberg
    Utilizador Mais Recente
    Sir Renberg
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.057
    Total de Tópicos
    127.262
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • js110
      Declarar Juros + Fundos de Investimento
      Essa informação não faz sentido. A declaração do banco refere-se a fundos resgatados no período de transição, ou seja, devem ser tratados como rendimentos de capitais (Anexo E) e não como mais-valias ao abrigo da nova legislação (anexo G). Se fossem colocados no anexo G seriam novamente tributados. A única solução que vejo é colocar como rendimentos de capitais no anexo E. Como o "Rendimento positivo" apresentado pelo banco é líquido de imposto, deverá a este valor ser adicionado o imposto pago pelo fundo. Assim ficamos com o rendimento ilíquido. Depois bastará declarar o imposto pago pelo fundo como retenção na fonte.
    • pauloaguia
      Não residente, com arrendamento de casa em PT
      Não sei se isso não te pode fazer cair na línea b ) do ponto 1 do artigo do CIRS sobre residência. Na dúvida, talvez fosse melhor pedir a opinião às Finanças...
    • superkinas
      ActivoBank
      na loja tem uma vantagem dão logo cartão na hora, se for site deve ser mais lento. A emissão novo cartão, por culpa nossa são 15 euros + imposto selo
    • Patanisca
      Fundos de Investimento
      Para quem está a preparar-se para entrar nos EUA brevemente, tenham muita atenção a sexta-feira e não se precipitem. Eu estou com cash on-hold. 
    • Visitante aferreira
      Não residente, com arrendamento de casa em PT
      Olá, Estou actualmente a residir e a trabalhar no UK, mas como ainda passo algum tempo em Portugal, cerca de uma semana por mês, estou a planear arrendar um apartamento em meu nome. Sendo que passo menos de 183 dias em Portugal por ano, tenho estatuto não residente. Ao ter um contrato de arrendamento com o meu NIF, existe alguma obrigação em passar a ser considerado residente e ter de apresentar os rendimentos no estrangeiro? Não tenho qualquer rendimento em Portugal. Alguém me pode esclarecer esta dúvida, por favor? Muito obrigado,
      André
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      pauloaguia
      pauloaguia
      12
    2. 2
      atlas
      atlas
      9
    3. 3
      ruicarlov
      ruicarlov
      3
    4. 4
      gastao
      gastao
      2
    5. 5
      USD
      USD
      2