Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.066
      publicações
    2. 12.152
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.126
      publicações
    4. 604
      publicações
    5. 4.083
      publicações
    6. 24.428
      publicações
    7. 27.681
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      26.438
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      512
      publicações
    3. 978
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      639
      publicações
    5. 1.860
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      675
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.521
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.565
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    kalki22
    Utilizador Mais Recente
    kalki22
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.205
    Total de Tópicos
    128.291
    Total de Publicações
  • Popular neste momento

  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • pauloaguia
      Declarar tornas recebidas - Anexo G do IRS
      Cada um tem de declarar duas linhas, uma para a parte que herdou do pai e outra para a parte que herdou da mãe. Em cada linha declaram o valor que a casa tinha no momento do falecimento de cada um (creio que consta na declaração do imposto de selo que foi metida na altura), a altura do óbito (que, para todos os efeitos, foi quando passaram a ter direitos sobre a casa), a data de venda, o valor pelo qual o imóvel foi vendido e a que quota parte isso corresponde. Podem ainda declarar despesas e encargos que tenham tido. Para cada linha calcular as mais valias é seguir a fórmula: Mais valias = Valor de venda - (valor de aquisição * coeficiente de atualização) - encargos
      (onde o coeficiente de atualização será de 1,24 para a parte herdada da vossa mãe e 1,07 para a parte herdada do vosso pai). O fisco tributa metade das mais valias (dividam a soma dos valores obtidos no ponto anterior por 2). A quanto é que isso corresponde em termos de imposto, já vai depender do vosso escalão de IRS.
    • pauloaguia
      Residente no Estrangeiro, mas com morada fiscal em Portugal
      Sem dados é difícil dizer com segurança o que é mais vantajoso. Não percebi se o marido está cá em PT ou no estrangeiro também. Admitindo que viveram todos no estrangeiro durante a maior parte de 2015, então podem meter declaração(ões) como não residentes. Os não residentes só são tributados sobre os rendimentos obtidos em Portugal, e só neste caso precisam de meter a declaração de IRS (apenas com os rendimentos obtidos cá).
      Quanto a meter declaração conjunta ou em separado, é provável que valha a pena meter a declaração em conjunto (dado que só um tem rendimentos a declarar). Relativamente à questão de alterar a morada fiscal, sim, ela deve ser atualizada nas Finanças. Estando a viver fora do Espaço Económico Europeu há ainda a obrigatoriedade de designar um representante fiscal (quem vive no EEE não tem essa obrigatoriedade, embora o possa fazer à mesma).
    • Visitante Santos
      Declarar tornas recebidas - Anexo G do IRS
      Olá boa tarde. Agradeço um esclarecimento relativamente ao preenchimento do Anexo G do IRS. Somos 6 irmãos e herdamos um imóvel por via do falecimento dos nossos pais, tendo falecido a mãe em 2002 e o pai em 2008. O imóvel foi vendido em 2015 por via judicial, e através da respetiva venda todos os herdeiros receberam nesse mesmo ano as tornas em dinheiro. Eu gostaria de saber qual o valor que devo declarar e em qual campo devo inscrevê-lo no Anexo G. Eu gostaria de saber como calcular o valor a pagar. Muito obrigado pela oportunidade e pela atenção dispensada ao assunto. Santos
    • Visitante Visitante emigrado
      Residente no Estrangeiro, mas com morada fiscal em Portugal
      estou em situacao igual ao publicado dia 28 Abril. casada, com um filho sem rendimentos em PT so no estrangeiro...mas com casa ao banco em PT. O meu marido recebe de PT (sujeito activo) e eu como sujeito passivo tenho de declarar algum rendimento no estrangeiro? se fizer tributacao conjunta ou em separado (IRS em separado)? Agradecia muito ajuda e conselho neste sentido....Muito obrigada  
    • lowfin
      Novas comissões bancárias - para que banco devo mudar-me?
      outra hipotese é o novo banco dos CTT. nao tenho experiencia com eles, nao sei se funcionam bem mas nao cobram comissões.
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      pauloaguia
      pauloaguia
      6
    2. 2
      atlas
      atlas
      5
    3. 3
      Jaymz
      Jaymz
      2
    4. 4
      D@vid
      D@vid
      1
    5. 5
      Eurico, o presbítero
      Eurico, o presbítero
      1