Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.426
      publicações
    2. 12.565
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.161
      publicações
    4. 855
      publicações
    5. 4.207
      publicações
    6. 24.614
      publicações
    7. 29.994
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      27.282
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      639
      publicações
    3. 1.156
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      704
      publicações
    5. 2.240
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      705
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.670
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    21.838
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Matd
    Utilizador Mais Recente
    Matd
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.861
    Total de Tópicos
    133.762
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • PedroPinto
      So para reforcar que esse contrato nao tem valor legal, pois o que esta nele escrito constitui uma ilegalidade (acordar que se quiser recibo tem que pagar a diferenca da retencao na fonte). A retencao na fonte é dever do senhorio e nao é opcional, é obrigatoria! Mas por outro lado, ao assinar essa folha de papel (que nao se deve chamar de contrato) foi acordado com o senhorio essa "condicao", logo do ponto de vista moral penso que se quiser mesmo declarar a renda em IRS deverá primeiro resolver o assunto com o senhorio.
    • carlos2008
      penso que isso é ilegal, como disse o PedroPinto , e além disso a retenção na fonte de rendas apenas é feita por entidades com contabilidade organizada e tu, pelo que dizes, pareces ser uma pessoa particular: não tens que fazer retenção na fonte de nada nem de ninguém. além disso como é dito anteriormente, poderia o teu senhorio ter negociado contigo a tal metade/metade dos impostos dele ( não dos teus, tu pagas uma renda ) e fazer-te um desconto na renda de forma a não haver declaração nas finanças : seria ilegal e um risco para ele ( menos para ti ) , mas enfim... e depois se tu dizes que tens contrato, e admitindo que ele está bem redigido, deverá lá estar o NIF do senhorio, além do teu próprio : se não tiver estes elementos o contrato é apenas uma folha de papel sem qualquer valor legal ou perante as Finanças. o teu inconveniente é não declarares o valor da renda e não beneficiares do desconto correspondente no teu IRS - o inconveniente do senhorio é que se um dia acordares mal disposta e resolveres passar aí pelas Finanças do bairro lhe arranjas um problema que ele terá que resolver com alguns custos e chatices . Recordo-te também que pagando por transferência bancária e guardando os comprovativos esses constituem recibos de renda para todos os efeitos legais - deves guardá-los pois em caso de litigio isso são recibos de renda, faz menção disso no documento de transferência em "nome" - coloca "pagamento de renda", e noto-te que quem está nas tuas mãos é o senhorio e não tu nas mãos dele. Seja como fôr é sempre melhor um bom relacionamento e aconselho a que trates do assunto pela via do diálogo e bom entendimento e não pela via do litígio.
    • Visitante RicardoSantos
      Para quem tinha o ETF de World REIT que foi liquidado, que ETF(s) compraram para substituir?
    • PedroPinto
      O problema é que esse contrato é ILEGAL!  Ao nivel de IRS o unico problema é que nao podera declarar o valor que paga de renda. Se o fizer as financas irao cruzar dados e verificar que nao esta a ser feita retencao na fonte, e o seu senhorio tera problemas com as financas! O que seria correcto era pagar a retencao na fonte (ou negociar com o senhorio, por exemplo metade/metade) e declarar em IRS. Caso esta opcao nao seja do seu agrado a opcao menos má sera entao nao declarar nada em IRS uma vez que tem conhecimento e concordou com o nao pagamento de imposto com o seu senhorio! Para alem do mais penso que tem que colocar o NIF do senhorio ao declarar estes valores no IRS e com certeza ele irá estranhar se lhe solicitar o mesmo...
    • rosarioleote
      Bom dia,   Tenho um carro comercial para venda mas não consigo perceber qual o documento no site das finanças que tenho de passar ao comprador uma vez que vou ter de vender com IVA (quando comprei fiz dedução do IVA) obrigada  
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      atlas
      atlas
      2
    2. 2
      Eurico, o presbítero
      Eurico, o presbítero
      2
    3. 3
      PedroPinto
      PedroPinto
      1
    4. 4
      D@vid
      D@vid
      1
    5. 5
      JRJordao
      JRJordao
      1