Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.235
      publicações
    2. 12.347
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.133
      publicações
    4. 705
      publicações
    5. 4.112
      publicações
    6. 24.505
      publicações
    7. 28.612
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      26.837
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      528
      publicações
    3. 1.042
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      676
      publicações
    5. 1.973
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      685
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.577
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.767
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Rmpa
    Utilizador Mais Recente
    Rmpa
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.454
    Total de Tópicos
    130.505
    Total de Publicações
  • Popular neste momento

  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • JRJordao
      Pode sempre pegar nos juros pagos pela Poupança Livre e adicioná-los à conta. Fica assim com acumulação trimestral de juros, tal como nos Certificados de Aforro. A taxa de 1% TANB é só para quem domiciliar o vencimento (a partir de 250€) ou 3 despesas em débito direto. Mais detalhes em https://www.bancoctt.pt/as-suas-poupancas/conta-poupanca-livre.html A taxa dos Certificados de Aforro varia (para novos depósitos) mensalmente, com base na Euribor. Por cada depósito (mínimo 100€) vai receber um papelinho (o certificado), que terá que apresentar nos CTT quando quiser levantar. Mais detalhes em http://www.igcp.pt/gca/?id=63
    • ricardomcm
      As taxas de juro são actualmente um problema a nível mundial, não só aqui do rectângulo.   Ainda sobre este assunto hoje: http://observador.pt/2016/08/24/presidente-do-deutsche-bank-critica-taxas-de-juro-baixas/ Não há muito a fazer, a não ser esperar, por isso não se meta em nenhum produto em que seja penalizado se resgatar antes do prazo (opte por prazos curtos, nisto os depósitos promocionais são uma boa opção), porque os juros baixos não vão durar sempre e poderá surgir oportunidade de mobilizar para outro lado mais interessante. Cumps.
    • Jose_Luis_65
      Tudo bem, amigo. Eu  agradeço. Estive há pouco nos Correios e deram lá (outras) 2 alternativas. A conta a que eles chamam "Poupança Livre" e que dá 1% TANB (0,72% Líquidos) e em que eu posso efectuar as entregas/depósitos que quiser, mas tem o aspecto que eu não gostei de que os juros (trimestrais) saem do "monte" e vão para a conta de DO, portanto, não acumulam; o outro produtos de que me falaram, e que vai ao encontro do que eu pretendo, foram os Certificados de Aforro do Estado (que são diferentes do "Poupança Mais"), que têm uma taxa de 0,704% mas em que o juro fica na conta, acumula, situação que me agrada mais. Eis sei que em ambos os casos as taxas são muito muito baixas - e ainda querem que as pessoas poupem... - mas não estou a ver ofertas que sejam melhores e que permitam, como eu pretendo, ir poupando um pouco por mês. Tenho pena que não haja um estímulo às pessoas pouparem. Com taxas de juro assim...
    • apollo86
      Mas também há coisas menos boas no activo, como por exemplo aquela questão dos saldos não baterem certos.  É que ainda este fim de semana me aconteceu e foi chato porque ia de viagem e já não sabia bem o saldo que tinha quando vou a verificar indica me que só tinha 14€ na conta, eu achei estranho porque ia jurar que tinha mais saldo. Conclusão andei a pagar gasóleo e portagens de outra conta que tenho e depois na 2a quando vou a verificar novamente os movimentos indica me que afinal tinha quase 200€!!  Nao fiz mais pagamento nenhum nada e afinal tinha dinheiro suficiente.  Ate telefonei para lá não acho normal isso acontecer, nunca me aconteceu em qualquer outro banco.  Uma coisa é não contabilizar os últimos movimentos e indicar o mesmo saldo como se não tivesse feito movimento nenhum outra coisa é indicar um saldo muito mais baixo sem razão nenhuma! Um ponto negativo!
    • Ricardo Braga
      Boa tarde. Relativamente ao Topico IRS sobre mais valias gostaria de colocar algumas duvidas, passo a explicar: Trata-se de um imovel (chamemos-lhe A) que por falecimento dos pais da esposa passou por herança para o casal (filha e genro) esta herança foi atribuida em 2004. Deste casal, o marido faleceu em 2013 e em 2014 o  imovel passou para a mulher e para os 3 filhos, tendo a mulher 62.5% e cada um dos filhos 12.5%. Não havendo compra do imovel (trata-se de herança), o valor que servirá como base para calculo das mais valias sera o valor patrimonial, correcto? Valor este de 50 000 Eur. O valor de venda estimado é de 120.000 Euros A mulher e os 3 filhos possuem outro imovel (chamemos-lhe "B" ) do qual pretendem apos venda do imovel "A" , usar essa verba para ampliar e renovar o imovel "B". 1ª QUESTAO Para o calculo das mais valias do imovel "A" como é calculado? Para cada um dos proprietarios (mae e filhos) ? Exemplo da mae: Valor patrimonial 50 000 Eur ; valor de venda 120 000 Eur Mais valia total: 70 000 eur, sendo 35 000 eur  os 50% tributaveis, como possui apenas 62.5% do imovel a mais valia respeitante á mae sera de 21 875 Eur? Logo a mae tera de incluir no impresso G este "rendimento", correcto? Exemplo para cada um dos filhos: Valor patrimonial 50 000 Eur ; valor de venda 120 000 Eur Mais valia total: 70 000 eur, sendo 35 000 eur os 50% tributaveis, como cada um dos filhos possui apenas 12.5% do imovel a mais valia respeitante a cada um dos filhos sera de 4 375 Eur? Logo cada um dos filhos tera de incluir no impresso G este "rendimento", correcto? 2ª QUESTAO No calculo das mais valias nao entra o coeficiente de desvalorizaçao da moeda? As heranças sao recentes conforme mencionado mas conforme pode ser verificado o valor patrimonial é muito baixo...logo as mais valias são enormes 3ª QUESTÃO É possivel abater as mais valias do imovel "A" nas obras a realizar no imovel "B" se sim, em que condições?   Grato pela ajuda
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      Lvsitano
      Lvsitano
      4
    2. 2
      5coroas
      5coroas
      3
    3. 3
      grj
      grj
      3
    4. 4
      aligatorsword
      aligatorsword
      2
    5. 5
      PedroPinto
      PedroPinto
      2