Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.246
      publicações
    2. 12.374
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.133
      publicações
    4. 716
      publicações
    5. 4.114
      publicações
    6. 24.514
      publicações
    7. 28.673
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      26.861
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      533
      publicações
    3. 1.055
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      677
      publicações
    5. 1.983
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      685
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.579
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.796
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Paula V
    Utilizador Mais Recente
    Paula V
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    13.475
    Total de Tópicos
    130.677
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • superkinas
      http://www.jornaldenegocios.pt/mercados/bolsa/detalhe/manuel_champalimaud_investe_mais_23_milhoes_nos_ctt.html
    • jose paulo
      comprei por 70000€ e vou vender por 120000€ terei de pagar mais valias? e quanto poderá ser o imposto sobre as mais valias?obr
    • Paula V
      Gostaria que alguém me esclarecesse relativamente a duas questões relacionadas com este tópico: Em 2015 obtive rendimentos de trabalho dependente em Portugal entre 1.1.2015 e 31.08.2015, e rendimentos de trabalho dependente na Alemanha entre 01.09.2015 e 31.12 2015. Entreguei em Portugal a declaração com o anexo J. Como consequência, tenho uma conta astronómica de imposto para pagar. As Finanças juntaram tudo e taxaram-me como se eu tivesse trabalhado sempre em Portugal. De facto, fui residente fiscal o ano todo, tendo a minha mudança de residência fiscal produzido efeitos apenas a 6.1.2016. Não tive oportunidade de me deslocar atempadamente ao consulado e, como tal, resultou numa residência fiscal em Portugal para o ano todo. A pergunta é a seguinte: posso reaver parte do imposto que tenho que pagar, através da entrega de algum formulário (mod 24 RFI??, por exemplo), uma vez que as finanças portuguesas somaram tudo ou, pelo facto de ter sido residente fiscal todo o ano terei de pagar e nada mais posso fazer? Um última dúvida: Em 2017 terei de entregar novamente IRS em Portugal pelo facto de a mudança de residência fiscal apenas ter produzido efeitos a 6.1.2016? Não tenho, em 2016, qualquer tipo de rendimentos em Portugal, sou oficialmente não residente de dia 6.1.2016 em diante e possuo um apartamento que uso apenas quando me desloco para férias.  
    • Mouro Emprestado
      Diz quem? Isso é daqueles mitos que depois na realidade não se verifica. Sem dúvida que é difícil a um FIGA bater um ETF sobre o SP500 (dado que se trata de um mercado muito eficiente), mas quando entramos em activos mais específicos (tipo energia, mercados emergentes), não sei se será verdade.
    • Wakka
      Sinceramente não sei como funciona, mas quando introduz a despesa do lar no e-fatura, é pedido o contribuinte da pessoa que frequenta o lar?
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      ruicarlov
      ruicarlov
      1
    2. 2
      darkvader
      darkvader
      1
    3. 3
      JRJordao
      JRJordao
      1
    4. 4
      pfonseca
      pfonseca
      1