Fóruns

  1. Finanças

    1. Créditos

      Créditos habitação, automóvel, pessoal, ao consumo e afins

      13.715
      publicações
    2. 12.927
      publicações
    3. Seguros

      Seguros de saúde, automóvel, vida, multi-riscos, acidentes pessoais e todos os outros

      1.174
      publicações
    4. 1.002
      publicações
    5. 4.310
      publicações
    6. 24.882
      publicações
    7. 31.906
      publicações
  2. Fiscalidade e Trabalho

    1. Impostos

      IRS, Segurança social, IMT, IMI e simuladores fiscais

      28.302
      publicações
    2. Segurança Social

      Subsídios, pensões, abonos e outras contribuições de carácter social

      702
      publicações
    3. 1.256
      publicações
    4. Trabalho por conta própria

      Trabalhadores independentes, ENIs e micro e pequenas empresas

      797
      publicações
    5. 2.506
      publicações
  3. Geral

    1. Apresentações

      Quem és, de onde vens e para onde vais?

      721
      publicações
    2. Diversos

      Para falar de tudo o resto

      10.763
      publicações
  4. Fórum

    1. Regras

      Regras do fórum

      2
      publicações
  • Estatísticas de Utilizadores

    22.357
    Total de Utilizadores
    217
    Mais Online
    Antoniocoach76
    Utilizador Mais Recente
    Antoniocoach76
    Registado
  • Estatísticas do Fórum

    14.447
    Total de Tópicos
    138.518
    Total de Publicações
  • Tópicos em Destaque

  • Tópicos Recentes

  • Publicações

    • master-chief
      Uff muita questão tecnica   Ai o ponto 4, podes ver no site da segurança social os escaloes da segurança social   Ponto 2, se procurares os escaloes do IRS já vais ter alguma ideia
    • spirit
      Nao sou residente em Portugal e estou a estudar a possiblidade de abrir actividade (CAE 68200) para arrendar imóveis que me sejam doados e declarar os respectivos rendimentos na categoria B do IRS. Tenho algumas dúvidas que gostaria de ver esclarecidas: 1) Em princípio optaria pelo regime simplificado, visto que os rendimentos seriam menores (cerca de 20000€) que o limite de 200000€. 2) Imaginando que teria 20000€ de rendimentos anuais, quanto pagaria de IRS? 3) Pelo que percebi, ao abrigo do art. 9.º, n.º 29, do CIVA, estatei isento de IVA, visto que os imóveis a arrendar sao para fins habitacionais ou para fins comerciais mas apenas o imóvel ("paredes nuas") sem serviços ou equipamentos incluídos. Confirmam? 4) Como trabalhador independente e sem outra actividade em Portugal, estaria obrigado a contribuir para a SS, apesar de poder ter 1 ano de isençao visto que seria a 1a vez que abriria actividade. Correcto? De quanto seriam estas contribuiçoes? 5) Alguns imóveis sao para fins comerciais, mas pelo que sei os arrendatários têm pequenos negócios (nao tenho a certeza se têm contabilidade organizada). Teria eu ou eles que fazer alguma retençao na fonte? 6) Estaria sujeito ao pagamento especial por conta? 7) Em termos de mais valias penso que nao haveriam grandes problemas no futuro, porque os imóveis seriam afectados à actividade depois de me serem doados e portanto o seu VPT (valor patrimonial tributável) seria actualizado e eventuais mais valias futuras ao desafectá-los da actividade nao seriam tao grandes. Partilham desta opiniao? 8) Algo mais a considerar que eu nao esteja a par?   Obrigado desde já!
    • a_silva89
      Viva, não, não cheguei a realizar o investimento, só em conta "demo". Está a custar-me encaixar a ideia de ter de declarar movimento a movimento que o computador faça.
    • Visitante Anonimo
      Boa noite. Tomei conhecimento deste fórum e espero que ajude.  De forma breve, outra pessoa fez um pedido de crédito a cofidis sem a minha autorização  sendo que nunca assinei nenhum documento para tal,apesar de já haver um primeiro crédito em meu nome e conhecimento.   Apesar do valor da prestação  estar associado a conta pessoal da mesma, a titularidade do crédito está em meu nome.  Entrei em contacto com a cofidis,que deu me a conhecer da situação.sendo que desconhecia pedi que reportassem a situação e enviarão uma cópia do contrato que supostamente está em meu nome,aconselharam a ir às autoridades visto tratar se de uma fraude.  Como devo proceder? Pois descobri que quem fez isso foi alguém da família. Existe forma de resolver a situação, sem lesar a mesma?  Obrigada.   
    • Antoniocoach76
      Boa Tarde, estou a pensar  reabrir a actividade pois tenho mudar de vida porque não consigo trabalho (55anos). Quando fechei a actividade em novemb. 2016 ( eu trabalha a RV) depois passei para trab temporário mas desempenhava a função no mesmo sitio. Apesar de encerrado recebi a carta da SS a dizer que continuaria a pagar os 62, xx
      Ficarei a pagar o mesmo que pagava em Novembro passado para a SS ? (  62,xx, se reabrir ?O O rendimento ate ira ser inferior.  Vou passar de RV para Factura/Recibo compra e venda material escritório.
      Vou seguramente facturar menos 10.000,00 ficarei isento de IVA pelo artigo 53.
      Alguém me pode ajudar ? SFF
  • Utilizadores Populares

    1. 1
      Virtua
      Virtua
      6
    2. 2
      D@vid
      D@vid
      3
    3. 3
      5coroas
      5coroas
      2
    4. 4
      lowfin
      lowfin
      1
    5. 5
      JRJordao
      JRJordao
      1