Toda a actividade

This stream auto-updates   

  1. Hoje
  2. A minha taxa de poupança mensal ronda os 60% em meses normais, Nos meses de subsidio de férias,natal e reembolso de IRS consigo ultrapassar os 70%. O meu salário não é nada de especial, mas as minhas despesas bastante baixinhas e controladas.
  3. Para "viver" não é preciso gastar muito dinheiro. Vou a imensos concertos, percursos e visitas guiadas por apenas o custo da deslocação. Consigo "viver" e poupar em simultâneo. Claro que depende do que cada um gosta de fazer e tem disponível na área de residência. A sociedade "ensina-nos" que para ser feliz e realizado há que consumir, ter o que os outros têm ou queriam ter, fazer o que os outros fazem ou queriam fazer, ir onde os outros vão ou queriam ir. Mas isso vem apenas de uma estratégia de marketing. Depois de décadas de bombardeamento, não é fácil libertarmo-nos dessas ideias pré-concebidas. Recordo como há uns bons anos gostava de passear num centro comercial, passar horas a ver os últimos CDs e DVDs editados, "salivando" pela minha próxima aquisição. Hoje parece-me um desperdício de tempo (e dinheiro) e prefiro de longe um passeio numa agradável zona verde. Não sei bem porquê, talvez devido a alguma saturação, dei um "clique" e comecei a ver a vida de outra forma. Uma forma bem mais saudável e que me possibilita viver com pouco e de forma natural poupar imenso.
  4. Ontem
  5. @FMartins, muito obrigado. São bons conselhos e uma excelente forma de encarar as coisas! Para aumentar a receita eu tenho atividade aberta em informática mas os rendimentos têm sido muito pontuais. Ainda assim, é uma atividade que mantenho e que julgo poder dar-me oportunidades no futuro. A outra hipoótese foi ter-me registado para dar formação numa escola profissional. Estou a aguardar resposta com alguma expetativa uma vez que poderia permitir um aumento interessante e estável de receitas ao longo de um ano letivo. Creio que, reduzindo a despesa do combustível vou mesmo, como aconselhas, concentrar-me em aumentar as receitas. Melhores cumprimentos.
  6. Boa tarde. A questão que queria colocar é a seguinte: Trata-se de 1 herança em que já faleceram os dois conjuges. Não houve partilhas antes. São 12 filhos. O ultimo a falecer deixou testamento a 2 dos filhos da sua quota disponível. No documento de habilitação de herdeiros as finanças já indicam 3/14 para cada um dos dois filhos e 1/21 para cada um dos outros 12. Em termos totais percentuais temos 42,85% do total da herança para os dois beneficiários do testamento e 57,15% para os restantes 12. Está correcta esta distribuição? obrigado
  7. Dr.Pais, em empresa que facture mais de 2M e tenha menos de 50 funcionários , a taxa sobre a venda será de 28%? Cumprimentos
  8. não tem? pede que eles metem cps
  9. desisto novamente
  10. Viva justifica ter seguro a partir de que valor de despesas anuais em médicos? Cumprimentos
  11. Bom dia Virneto, Tens hipotese de aumentar a receita? Um part-time, uma atitvidade remunerada.. algo que te conseguisse alargar a verba de ativos para reduzir o passivo e te diminuisse a pressão e a dependencia de decioses bancárias? Tenta focar nos dois vectores... redução passivo e aumento activos. Mantem-te atento às oportunidades de aumentar rendimentos. Estabelece alguns objectivos de aumento de rendimentos mensalmente, mesmo que pequenos. Passo a passo. Traça objectivos e foca-te neles. Tu já fizeste a primeira parte com grande humildade e coragem e tens isso muito bem feito, já reduziste as tuas despesas e demonstras-te que tens capacidade de por em prática o que decides. Mantém-te atento as oportunidades de aumentar receitas, se te focares também nisso, vais estar atento e começar a ver oportunidades.
  12. Apenas um, muito pontualmente quando chego ao fim do mês curto. No mês passado, por exemlo usei €40. Este mês não vou usar. Uso-o para por combustível. Não para levantar que aí têm comissões enormes.
  13. Uma pergunta. Continuas a usar os cartões de crédito?
  14. Última semana
  15. O mundo tem 50% USA. Considero-os por isso portfolios globais e não americanos. Sobre previsões euro dólar não faço muitas. Há um ano toda a gente dizia que ia para paridade... eu sei lá!! Só posso gerir o que controlo, o que infelizmente não inclui a taxa de câmbio
  16. Ambos têm 50% de alocação aos EUA. A Fed anunciou esta semana que não vai fazer mais do que o que já se previa. Eu não entro mais nos EUA até o par ganhar alguma estabilidade, já que se prevê que o EUR continue a apreciar face ao USD. Portanto aproveitar um Q4 (historicamente dos melhores quarters a par com Q1) com o USD em queda não sei se será proveitoso.
  17. Olá @Cardoso24, obrigado pela sugestão. Não me parece que seja muito viável e não colocarei mesmo ninguém nesta posição. Como ainda não recebi resposta das empresas dos cartões de crédito tenho vindo a criar alguma expetativa sobre uma possível redução dos juros. Aí já teria uma folga. Parece-me que o click mais importante seria mesmo inverter o estado atual e começar a reverter o montante em dívida. E isso eu (acho) que conseguia convertendo o carro em dinheiro e encaminhando o valor da redução dos juros para reduzir no montante em dívida... A questão do part-time tem sido uma área em que tenho vindo a investir. Estou à espera de uma resposta para dar formação, resposta esta que deve chegar agora em setembro. Se não chegar parto para outra. Obrigado mais uma vez.
  18. Dav7, acredito que utilizadores com esse histórico são cada vez mais raros. Percorrendo os vários foruns verifico que os utilizadores já têm alguns empréstimos em atraso.
  19. Não sei se venho tarde mas ao ler todad as sugestões, lembrei-me de uma, ainda que careça de muito boa vontade familiar. Tendo em conta que não teve culpa dessa situacão (foi fiador e correu mal), não tem pais, padrinhos, 2 ou 3 pessoas que dividam esse valor e você lhes pagues, limpando a folha e aliviando a carga brutal psicológica que está e passará? É que pagando a familiares, eu sei que o valor é elevado...seria muito melhor do que tentar evitar a falência pq sinceramente não vejo solução mesmo vendendo o carro. Tem a seu favor o facto de ganhar bem e ter uma situação estável. Pode e deve fazer trabalhos extra, use o facebook ou através de amigos. Eu sei que esta solução é algo improvável mas...
  20. Sem dúvida. Aliás até vemos por este fórum que apesar da "fama" e utilidade que tem é muito pouco usado/explorado. Só uma ínfima parte se interessa por estes assuntos de finanças pessoais. É raro ver pessoas que gostem de poupar e que se mantenham fiéis a um plano. Conheço muitas pessoas no trabalho e fora dele, para uns poupar é mentira, para outros poupam para algo e depois voltam ao "0". Poupar a pensar no futuro ou em "algo" é contra a nossa natureza é preciso ter uma capacidade mental muito elevada para conseguir-mos controlar a forma como o marketing e as pessoas próximas de nós nos bombardeiam com consumo/aquisição de bens supérfluos. É claro que não estou a aconselhar as pessoas a "não viverem" mas... Também sou apologista que depois de um ano de trabalho + taxa de esforço para poupar + tempo dispensido a analisar mercados, que devem recompensar-vos pelo desempenho obtido (ainda que no meu caso eu seja muito exigente, talvez este ano abra uma excepção :p).
  21. O Drawdown de 11% tb está em linha com quedas anteriores. Pode ser que seja boa compra. Honestamente não estou a pensar entrar devido ao preço da UP (alto para mim, uma vez que só queria uma pequena percentagem da carteira). De facto está tudo alinhado para ser bom ponto de entrada. Espero que corra bem
  22. Boa estratégia, parabéns! Conseguir poupança na ordem dos 70%, não é para todos, e mais do cortar, o valor que se recebe faz toda a diferença.
  23. Nas commodities, comparativamente com o SP500, estamos neste momento num dos 3 períodos de grandes saldos que ocorreram nos ultimos 45 anos. Contudo nas commodities não há apenas a energia. Também não se sabe se os saldos ainda ficarão mais baixos. Mas sem duvida há que estar atento pois há aqui potenciais boas oportunidades à espreita.
  24. Sem dúvida que o setor de energia é daqueles que está em grande. Eu entrei numa accão que em poucos dias valorizou 20%, espero mais mas caso não aconteça o Stop está colocado.
  25. Vale o que vale, mas pelo menos nos últimos cinco anos, o NN quase sempre obteve as suas melhores performances no 4.º e no 1.º trimestre (Natal?), logo também por isso pode ser uma boa indicação para entrar agora.
  26. O Best Trading não tem MTC - Lyxor EUROMTS 5-7Y Investment Grade (EUR), penso que a melhor alternativa será o MTX - Lyxor EuroMTS All-Maturity Investment Grade (DR) UCITS ETF
  27. Tens razão, mil perdões por me ter esquecido completamente desse facto Basicamente... Acabam por ser 24 euros anuais, mais Imposto do Selo. Mas como já terás outros produtos, já estás a pagar essa comissão, por isso vais ter um acréscimo nulo no valor das comissões
  1. Carregar mais actividade